Imagem da matéria: Mercado Bitcoin vira multichain e libera acesso à stablecoin USDC emitida na rede Stellar
(Foto: Shutterstock)

A partir de quinta-feira (19), os clientes do Mercado Bitcoin, maior plataforma de ativos digitais da América Latina, terão acesso à stablecoin USDC emitida na rede Stellar, que oferece transações mais baratas quando comparada à blockchain Ethereum.

É a primeira vez que o Mercado Bitcoin suporta um mesmo ativo em múltiplas redes, beneficiando seus clientes, que poderão escolher sua rede preferida. Antes, a USDC estava disponível somente na rede Ethereum, onde qualquer operação feita recentemente – seja compra, tomada de empréstimos, remessas ou emissão de ativos – dificilmente sai por menos de US$ 10, podendo disparar conforme a demanda e o volume das transações na blockchain.

Publicidade

Ao utilizar a rede da Stellar, os custos de transação são reduzidos para, em média, $0,0002 e a validação das transações é realizada entre 1 e 6 segundos, a tornando praticamente 50 mil vezes menos custosa e 60 vezes mais rápida, se comparada à sua versão na rede Ethereum.

Porto seguro

“O USDC é uma stablecoin baseada em um ativo real, o dólar americano, com lastro um para um. Isso facilita sua utilização para fins de proteção cambial e “porto seguro” durante tempos de alta volatilidade”, ressalta Reinaldo Rabelo, CEO do Mercado Bitcoin.

Desde 2014, a rede Stellar oferece transações seguras e baratas. No primeiro trimestre de 2022, já processou, em média, US$ 8,6 milhões por dia em pagamentos. Atualmente, também tem sido uma das redes mais escolhidas para pagamentos, tokenização e emissão de ativos reais.

“O USDC na Stellar oferece aos clientes do Mercado Bitcoin tanto uma valiosa interoperabilidade como um dólar digital verdadeiramente sem fronteiras”, disse Denelle Dixon, CEO da Stellar Development Foundation.

Publicidade

“À medida que continuamos nossa missão de criar acesso equitativo ao sistema financeiro global, essa integração é um importante passo, mutuamente benéfico. O Mercado Bitcoin é uma das maiores exchanges de ativos digitais do hemisfério sul, com potencial para trazer volume e liquidez significativos para a rede Stellar”, complementa.

Até o final de 2022, a rede lançará novos contratos inteligentes que irão permitir a criação de inúmeras aplicações, o que aumentará ainda mais a possibilidade de uso da USDC dentro da Stellar.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin se estabiliza e ETFs captam US$ 130 milhões, maior entrada em quase um mês

Manhã Cripto: Bitcoin se estabiliza e ETFs captam US$ 130 milhões, maior entrada em quase um mês

Os ETFs de Bitcoin não registravam uma captação tão grande de fundos desde 7 de junho
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin se estabiliza em US$ 57 mil enquanto governo alemão segue vendendo criptomoedas

Manhã Cripto: Bitcoin se estabiliza em US$ 57 mil enquanto governo alemão segue vendendo criptomoedas

Carteira controlada pelo governo da Alemanha enviou mais de US$ 28 milhões em BTC para corretoras nesta manhã
Imagem da matéria: Alemanha termina de vender US$ 3,4 bilhões em Bitcoin

Alemanha termina de vender US$ 3,4 bilhões em Bitcoin

O governo alemão esvaziou suas carteiras Bitcoin depois de enviar bilhões para corretoras e formadores de mercado nos últimos dias
Imagem da matéria: Cocriador da Samourai Wallet deve sair da prisão em breve e se declarar inocente

Cocriador da Samourai Wallet deve sair da prisão em breve e se declarar inocente

Defesa e promotoria debatem se réu pode esperar julgamento em Portugal onde morava ou se deve ficar em Nova York