Imagem da matéria: Mercado Bitcoin estreia campanha com ator do Porta dos Fundos no intervalo Jornal Nacional
Foto: Shutterstock

O Mercado Bitcoin começa nesta quarta-feira (6) uma campanha com o comediante Rafael Infante, um dos fundadores do Porta dos Fundos, para reforçar por meio do humor uma posição de autoridade em criptomoedas no Brasil.

A propaganda irá estrear durante o intervalo do Jornal Nacional desta quarta, na TV Globo. A empresa dá uma cutucada em outros players do mercado: no vídeo uma pessoa tem uma transação de criptomoedas interrompida pelo fato de já ser seis horas da tarde – as corretoras tradicionais acomapanham o horário de abertura e fechamento da Bolsa de Valores (a B3, por exemplo, abre 9h30 e fecha 18h15).

Publicidade

Rafael Infante então surge para dizer que a corretora opera 24 horas por dia, os sete dias por semana. A empresa tem investido fortemente em veículos de massa. Recentemente, fez uma inserção publicitária no SBT, durante o intervalo da partida de semifinal da Copa Libertadores da América entre Atlético Mineiro e Palmeiras. Na ação, o narrador da partida explicava ao público o que são as criptomoedas e como investir.

“O interessante dessa campanha é que ela usa o humor para chamar a atenção para uma questão bastante séria: onde você coloca o seu dinheiro quando decide investir em criptomoedas? A resposta é óbvia: na mão do especialista. O Mercado Bitcoin tem uma história de oito anos no mundo dos ativos digitais. A gente praticamente nasceu com o Bitcoin”, explica Ana Antunes, head de Marketing do Mercado Bitcoin, do Grupo 2TM, que controla a corretora. 

Assista ao vídeo:



VOCÊ PODE GOSTAR
Antônio Ais posa para foto ao lado de carro

Criador da Braiscompany, Antônio Neto Ais é solto na Argentina

O benefício de prisão domiciliar valerá até que o processo de extradição para Brasil seja resolvido
Antônio Neto Ais e Fabrícia Campos, casal que lidera a Braiscompany (Foto: Reprodução/Instagram)

MPF faz nova denúncia contra donos da Braiscompany e doleiro por lavagem de dinheiro

Antônio Neto e Fabrícia Farias realizaram operações financeiras de grande porte com características de lavagem de dinheiro em pleno colapso da pirâmide
Imagem da matéria: Herdeiro paga R$ 2,2 milhões em Bitcoin para resgatar vítima de sequestro em Petrópolis, mas é enganado

Herdeiro paga R$ 2,2 milhões em Bitcoin para resgatar vítima de sequestro em Petrópolis, mas é enganado

Ao todo, vítima gastou quase R$ 5 milhões nos pagamentos: além do envio de Bitcoin, foram 40 depósitos bancários
Sunny Pires surfando

Surfista brasileiro recebe patrocínio em criptomoedas de comunidade web3

Sunny Pires, de 18 anos, embarca neste mês em expedição à Nicarágua com apoio da comunidade web3 Nouns