Imagem da matéria: Manhã Cripto: Traders realizam lucros e Bitcoin (BTC) cai para US$ 40 mil; FTX revela plano para pagar credores
Shutterstock

As maiores criptomoedas aceleram as perdas nesta segunda-feira (18), em dia de menor apetite por risco entre traders de criptomoedas e ações. Parte dos investidores reage a declarações de autoridades do banco central americano, alertando que o mercado não deve esperar cortes de juros tão cedo. 

No espaço cripto, investidores transferiram cerca de US$ 860 milhões em bitcoins para exchanges, em provável realização de lucros, mostram dados do IntoTheBlock

Publicidade

Bitcoin recua 2,9% em 24 horas, para US$ 40.787,40, segundo dados do Coingecko.    

Em reais, o BTC perde 2%, negociado a R$ 204.496,23, de acordo com o Índice do Portal do Bitcoin (IPB).   

Ethereum (ETH) tem baixa de 3,7%, cotado a US$ 2.133,48.  

As principais altcoins também passam por uma correção, entre elas BNB (-3,4%), XRP (-5,4%), Cardano (-8,5%), Dogecoin (-7,4%), TRON (-4,1%), Chainlink (-0,8%), Avalanche (-11,2%), Polkadot (-7,3%), Polygon (-8,3%) e Shiba Inu (-9,6%).  

Solana (SOL) elimina os ganhos em sete dias e mergulha 7% depois de ser impulsionada pelo rali da memecoin Bonk, baseada na blockchain. 

FTX divulga plano para pagar credores 

A FTX, exchange cripto que colapsou no ano passado, anunciou sua proposta para devolver bilhões de dólares a clientes e credores e encerrar o processo de recuperação judicial. 

Publicidade

Mas o plano de reorganização não deixou claro se a FTX pretende relançar a extinta corretora de criptomoedas e quanto os credores podem esperar receber de volta, informou a Bloomberg

proposta, que será votada no ano que vem, prevê a distribuição de bilhões de dólares em dinheiro, já que muitas das criptomoedas da massa falida da empresa foram liquidadas.  

Não é o caso da Solana, cujo recente rali valorizou o portfólio da FTX, que conta com 55,8 milhões de tokens SOL, mostram dados do CoinGecko. Como base no preço da criptomoeda na última sexta, esses ativos agora valem US$ 4,2 bilhões, comparados a US$ 1,16 bilhão no começo do ano. 

Outro dado apontado pelo The Block é que o plano revisado da FTX contém um dispositivo pelo qual os ativos digitais de credores e clientes seriam calculados com base no valor em dinheiro em 11 de novembro de 2022, data do pedido de recuperação judicial. 

Publicidade

Exchange Ankex fecha as portas 

A Ankex, uma exchange de criptomoedas aberta no ano passado pela empresa de custódia Qredo e sob o comando do ex-CEO da Genesis Trading, Michael Moro, suspendeu as operações, segundo o The Block, que cita pessoas a par do assunto. 

Uma crise de caixa na startup de infraestrutura cripto Qredo estaria por trás da decisão de encerrar o projeto lançado em versão beta há seis meses. A Ankex foi promovida como uma exchange de derivativos híbrida que combinava ferramentas centralizadas e descentralizadas. 

Procurado pelo The Block, um porta-voz da Qredo não comentou. 

Enquanto isso, a Coinbase, maior exchange cripto dos EUA, planeja enfrentar a SEC novamente nos tribunais, desta vez para contestar a recusa da agência reguladora em estabelecer novas regras para a indústria cripto no país.

Outros destaques das criptomoedas 

A Tether, emissora do USDT, maior stablecoin do mundo, tem enviado cartas ao Comitê de Assuntos Bancários, Habitacionais e Urbanos do Senado dos EUA e ao Comitê de Serviços Financeiros da Câmara, para destacar seu “compromisso com a segurança e relações de trabalho estreitas com autoridades de cumprimento da lei”. Segundo o CEO da Tether, Paolo Ardoino, a empresa “incorporou recentemente o Serviço Secreto dos EUA em nossa plataforma e está em processo de fazer o mesmo” com o FBI, diz a carta mais recente. 

A plataforma NFT Trader disse que um hack afetou “antigos contratos inteligentes”, o que permitiu a um invasor roubar tokens não fungíveis (NFTs) avaliados em milhões de dólares, entre eles das coleções Bored Ape Yacht Club e Mutant Ape Yacht Club, de acordo com o The Block. A NFT Trader alertou usuários para revogarem o acesso a dois contratos inteligentes comprometidos. O hacker que liderou o ataque exigiu pagamentos de resgate para devolver os NFTs roubados. 

Publicidade

O CEO da OpenAI, Sam Altman, reforçou seu apoio à Worldcoin, na esteira da notícia de que o projeto estaria em busca de um financiamento de US$ 50 milhões. A Worldcoin pretende criar uma identidade global e uma rede financeira. Em sessão virtual de perguntas e respostas organizada pelo banco de investimento FT Partners na quinta-feira (14), Altman disse: “Em um mundo com muita IA, saber quem é humano é cada vez mais importante”, reportou a Reuters

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: 7 altcoins que estão superando a recuperação do mercado de criptomoedas

7 altcoins que estão superando a recuperação do mercado de criptomoedas

A temporada das altcoins está começando? Embora as criptomoedas de primeira linha estejam de lado, algumas altcoins registram ganhos impressionantes de até 11% hoje
farao do bitcoin glaidson

Justiça do Rio inicia julgamento da GAS Consultoria na próxima semana

Na próxima quarta-feira, a 1ª Vara Criminal Especializada de Combate ao Crime Organizado do Rio de Janeiro irá ouvir testemunhas
Joe Biden posa para foto

Biden vira sobre Kamala: mercados de criptomoedas esperam que o presidente seja indicado

Apostadores de criptomoedas no popular mercado de previsões Polymarket novamente favorecem Joe Biden como candidato dos democratas
Imagem da matéria: Mercado Bitcoin deixa ABcripto por diferença de valores e possível entrada futura da Binance

Mercado Bitcoin deixa ABcripto por diferença de valores e possível entrada futura da Binance

“Não queremos estar lá quando a Binance estiver associada, porque estamos no espectro totalmente oposto”, diz CEO Reinaldo Rabelo