Ilustração deuam pessao defendendo uam moeda de bitcoin gigante
Foto: Shutterstock

O mercado de criptomoedas sente o impacto da ofensiva regulatória dos EUA contra a Binance e opera com perdas na manhã desta terça-feira (28), na contramão das bolsas europeias e índices futuros em Nova York que, apesar da cautela, avançam na expectativa de que o pior da crise bancária já passou. 

A Binance é alvo de um processo de 74 páginas aberto pela Comissão de Negociação de Contratos Futuros de Commodities dos EUA (CFTC), que acusa a maior exchange cripto do mundo de se esquivar das responsabilidades de registrar devidamente sua oferta de derivativos no mercado americano. 

Publicidade

A corretora sofreu outro revés, com a suspensão temporária da compra da plataforma de crédito cripto Voyager pela Binance.US, seu braço nos EUA. 

O Bitcoin (BTC), que chegou a cair abaixo de US$ 27 mil na madrugada, registra queda de 2,9% nas últimas 24 horas, negociado a US$ 27.054,85, segundo dados do Coingecko. Em reais, o BTC recua 3,8%, para R$ 141.813,60, de acordo com o Índice do Portal do Bitcoin (IPB).   

O Ethereum (ETH) perde 1,6%, cotado a US$ 1.730,47.  

As principais altcoins são negociadas em terreno negativo, com destaque para BNB (-5,3%), Cardano (-0,6%), Dogecoin (-1,4%), Solana (-2,6%), Polkadot (-1,6%), Shiba Inu (-1,6%) e Avalanche (-0,7%). 

XRP rema contra a maré e sobe 3,8%. Mais cedo, o token emitido pela Ripple disparava 8%, atingindo o maior nível em 5 meses. Traders ficaram animados em uma menção a grandes moedas digitais como “commodities” no processo da CFTC contra a Binance, o que poderia favorecer a empresa em sua disputa com a SEC, que considera o XRP um valor mobiliário, de acordo com o CoinDesk

Publicidade

O token nativo da Polygon (MATIC) recua 2,5% nas últimas 24 horas. A blockchain lançou na segunda-feira (27) sua tão esperada rede Polygon zkEVM. Para marcar a ocasião, os desenvolvedores da Polygon convidaram o cofundador do Ethereum, Vitalik Buterin, para enviar a primeira transação da rede – que foi uma mensagem oculta. 

Processo contra Binance 

“Com o processo da CFTC contra o CEO da Binance, Changpeng ‘CZ’ Zhao, e sua exchange por supostas violações dos regulamentos de derivativos, o mercado acompanha atento como a pessoa mais poderosa do universo cripto responde as acusações”, destaca análise da Bloomberg. 

O resultado poderia ajudar a moldar o futuro da indústria cripto, à medida que os principais players lidam com o urgente dilema: resistir à pressão regulatória cada vez mais agressiva do governo dos EUA ou cooperar na tentativa de salvar as operações na maior economia do mundo. 

A CFTC pode exigir que a Binance encerre as operações nos EUA como parte de um possível acordo, disse a gestora de investimentos Bernstein em relatório nesta terça-feira

Publicidade

A Binance.US é uma parte menor da operação total e representa menos de 5% das operações globais da corretora, de acordo com o relatório. 

Dado que as negociações de criptomoedas são globais, a Bernstein espera que a Binance procure “salvaguardar seu negócio internacional dominante, que é sua vaca leiteira e onde trabalhou em licenças na Europa, África e Austrália”, destacam os analistas Gautam Chhugani e Manas Agrawal. 

São muitas as acusações contra CZ: o processo acusa o executivo de possuir 300 contas dentro da Binance, enquanto a corretora teria conduzido “esforços superficiais” para impedir americanos de usarem serviços não autorizados. 

Além disso, a corretora também enviaria alertas de potenciais ações regulatórias para clientes com contas VIP. 

Resposta de CZ 

Um porta-voz da Binance chamou as ações da CFTC de “inesperadas e decepcionantes”, dizendo que a exchange “fez investimentos significativos nos últimos dois anos para garantir que não tenhamos usuários dos EUA ativos em nossa plataforma”, incluindo mais dinheiro gasto em ferramentas de conformidade e aumento de pessoal nessa área. 

A primeira resposta de CZ foi tuitar “4”, uma aparente referência a uma postagem anterior com os quatro pontos a serem seguidos neste ano. O item 4 dizia: “Ignorem FUD, notícias falsas, ataques, etc.” FUD é o jargão em inglês no mercado cripto para “Medo, Incerteza e Dúvida”. 

Publicidade

Depois da reação inicial, o fundador da Binance publicou um longo texto no blog da empresa no qual ecoou o porta-voz da Binance sobre os esforços de conformidade e cooperação com os reguladores, acrescentando que o processo da CFTC “parece conter uma descrição incompleta dos fatos e não concordamos com a caracterização de muitos dos problemas alegados na queixa”. 

Impacto no mercado 

Investidores e especialistas estão divididos quanto ao efeito da investida da CFTC nas negociações de criptoativos. 

“Não há dúvida de que isso pode ter um grande impacto nos mercados de criptomoedas eventualmente. No entanto, esse tipo de batalha pode durar muito tempo, então seu impacto imediato não deve ser muito forte. Basta olhar para a pressão de hoje no Bitcoin. Sim, caiu 3%, mas dado que subiu mais de 40% em apenas duas semanas, a queda de hoje (27 de março) não é real”, disse à Bloomberg Matt Maley, estrategista-chefe de mercado da Miller Tabak + Co. 

Stephane Ouellette, CEO da FRNT Financial, minimizou o peso do processo da CFTC:  “Apesar deste anúncio continuar a narrativa sobre os reguladores dos EUA serem antagônicos às criptomoedas, assumindo que os negócios da Binance não eram secretamente altamente dependentes dos clientes de varejo dos EUA (há poucas evidências publicamente disponíveis para sugerir que eram), isso sem dúvida tem um impacto limitado sobre o modelo de negócio da empresa”, escreveu em e-mail à Bloomberg. 

Os baixos níveis de liquidez do Bitcoin também amortecem o efeito da notícia nos mercados, apontam traders, mas clientes aceleraram os saques na Binance na esteira das acusações. 

Liberdade condicional de Bankman-Fried 

O domínio da Binance só cresceu desde o colapso da FTX, exchange cripto que pediu recuperação judicial em novembro passado. 

Acusado de fraude e de desviar fundos de clientes, o cofundador da FTX, Sam Bankman-Fried, conseguiu fechar um novo acordo para permanecer em liberdade, como um telefone sem acesso à internet, de acordo com a Reuters

E uma reportagem do Financial Times revela que o relacionamento entre a Alameda Research, braço de trading da FTX, com alguns executivos da plataforma de crédito cripto Genesis incluía a possibilidade de investirem em criptomoedas que Bankman-Fried ajudou a lançar, com um desconto antes que os tokens fossem emitidos. 

Publicidade

A FTX e a Alameda, agora sob nova administração, não responderam a um pedido de comentário. A Genesis não respondeu aos pedidos de comentário do FT. Um porta-voz do Bankman-Fried não quis comentar. 

Outros destaques das criptomoedas  

A Coinbase, maior exchange cripto dos EUA, incentivou desenvolvedores que trabalham com sua nova blockchain, a Base, a criar stablecoins que rastreiam a taxa de inflação para preservar o poder de compra, de acordo com a Bloomberg.

A Coinbase disse que está particularmente interessada nas chamadas “flatcoins”, um tipo de stablecoin que acompanha os índices de inflação. Na visão da corretora, explorar o potencial dessas moedas digitais é “mais importante do que nunca” em meio à crise do setor bancário. 

Mickey Mouse deixou o metaverso, segundo o Wall Street Journal. A Walt Disney fechou sua unidade de narrativa de última geração e experiências do consumidor, a pequena divisão que desenvolvia estratégias para o metaverso, disseram pessoas com conhecimento do assunto ao WSJ. A decisão faz parte de uma reestruturação mais ampla que deve resultar na demissão de aproximadamente 7 mil funcionários em toda a empresa nos próximos dois meses. Todos os cerca de 50 funcionários da divisão perderam o emprego, disseram as pessoas, com exceção de Mike White, que comandava a unidade. 

A Gucci anunciou uma parceria com a Yuga Labs, empresa por trás dos tokens não fungíveis (NFTs) da coleção Bored Ape Yacht Club, conforme a Exame. Com o acordo, a marca de luxo vai poder usar as estampas dos “macacos entediados” em novos projetos, que ainda não foram divulgados. A intenção é “derrubar as fronteiras entre o físico e digital”, segundo o anúncio. 

NFTs têm sido usados como passes de acesso para espaços digitais e eventos ao vivo, oferecendo vantagens a usuários. Agora, a gigante de venda de ingressos Ticketmaster pode levar esse recurso a um público muito maior com o lançamento de uma ferramenta que permite aos artistas oferecerem acesso especial a entradas para shows e eventos para donos de NFTs qualificados, informou o Decrypt. 

Enquanto isso, o governo do Reino Unido decidiu dar um passo atrás em sua estratégia para os NFTs. O Tesouro britânico cancelou os planos de lançar um token não fungível que fazia parte de uma oferta mais abrangente para tornar o país um centro mais atraente para a inovação cripto, conforme o The Block.

O plano – inicialmente proposto pelo então ministro das Finanças e atual primeiro-ministro Rishi Sunak – foi anunciado no começo de 2022. Na época, o governo também trabalhava para encaixar as stablecoins dentro de uma estrutura regulatória com o objetivo de serem usadas como forma de pagamento reconhecida. 

VOCÊ PODE GOSTAR
Fachada da GameStop em Tyler no Texas

GameStop e AMC desabam com fim da euforia do retorno de Roaring Kitty

As ações memes da GameStop e AMC caíram drasticamente após a abertura dos mercados dos EUA na quinta-feira, recuando pelo menos 15%
Imagem da matéria: Minerador sortudo de Bitcoin resolve bloco sozinho e fatura R$ 1 milhão

Minerador sortudo de Bitcoin resolve bloco sozinho e fatura R$ 1 milhão

Minerador solo completou o bloco 843.231 do Bitcoin usando software da CKpool
Policial algemando suspeito durante a noite

Suspeito de roubar quase R$ 10 milhões da Pump.fun é preso em Londres

Jarett Dunn, ex-funcionário da plataforma Pump.fun, foi preso na Inglaterra acusado de golpe de quase R$ 10 milhões
Foco em uma moeda dourada de Ethereum (ETH)

Aprovação do ETF de Ethereum pode acontecer antes do esperado, diz Coinbase

Maior exchange de criptomoedas dos EUA, a Coinbase está confiante de que a SEC aprovará ETFs de Ethereum à vista muito em breve, apesar do pessimismo mais amplo