Imagem da matéria: Livro que defende uso militar do Bitcoin vira best-seller na Amazon
Shutterstock

Para muitos leitores, uma tese de pós-graduação não soa como um best-seller. Mas um longo artigo acadêmico sobre Bitcoin escrito por um major da Força Espacial dos EUA emergiu como uma escolha popular na Amazon.

Softwar – ainda sem lançamento no Brasil – afirma que o Bitcoin tem potencial para desempenhar um papel importante no cenário geopolítico mundial como uma solução de nível militar para proteger informações – muito diferente do uso monetário que a rede do Bitcoin tem atualmente.

Publicidade

Escrito por Jason Lowery, o relatório representa o ponto culminante da pesquisa acadêmica que ele conduziu no Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) durante uma bolsa de estudos de 6 meses patrocinada pelo Departamento de Defesa. O título completo da obra é Softwar: A Novel Theory on Power Projection and the National Strategic Significance of Bitcoin.

A breve biografia de Lowrey sobre a Amazon afirma que ele aconselhou vários altos funcionários dos EUA sobre a política relacionada ao Bitcoin em órgãos relacionados ao presidente, Secretário de Defesa e Joint Chiefs of Staff.

Softwar chegou ao primeiro lugar na categoria de obras sobre moedas digitais da Amazon e atualmente está em segundo lugar em ambos os livros sobre tecnologia e engenharia.

Uso do Bitcoin como arma

O tomo de mais de 350 páginas baseia-se no conhecimento de vários campos, como antropologia e ciência da computação, para estabelecer e explorar a “Teoria da Projeção de Poder” de Lowery.

Publicidade

Essencialmente, Lowery postula que o sistema de proof of work (PoW) do Bitcoin pode ser aproveitado de forma militar para impor restrições a outros países e indívíduos de forma não letal, por meio de uma grande quantidade de trabalho computacional na forma de números esmagadores.

“O resultado final é que o Bitcoin pode representar um protocolo de “guerra suave” ou ciberdefesa e não apenas um sistema digital P2P”, afirma o livro. “Enquanto a maioria dos softwares só pode restringir logicamente os computadores, o Bitcoin pode restringir fisicamente os computadores.”

A seção de agradecimentos do livro acena para alguns dos evangelistas mais fiéis do Bitcoin, incluindo Michael Saylor, da MicroStrategy.

Ferramenta de poder

Em seu artigo, Lowrey também escreve que reservas insuficientes de Bitcoin mantidas em nome do governo dos EUA podem representar uma ameaça à segurança nacional do país se a rede for utilizada como uma ferramenta de segurança cibernética.

Publicidade

“Se os EUA não considerarem estocar reservas estratégicas de Bitcoin, ou pelo menos encorajar a adoção do Bitcoin”, disse ele, “os EUA podem perder um poder estrategicamente vital […] e retroceder no domínio do poder global”.

Dado que a tese de Lowrey foi publicada em fevereiro e os EUA anunciaram que venderam US$ 215 milhões em Bitcoin apreendido no mês passado, talvez o FED – o BC dos EUA – não esteja na mesma página que o autor.

Das mais de 200 avaliações que Softwar recebeu na Amazon, a maioria deu ao livro cinco estrelas.

Mas algumas críticas dizem que o texto de Lowrey tem um excesso de “pensamento positivo”, “argumentos baseados em opinião” e citações do filme Matrix que “diminuem a seriedade do assunto”.

VOCÊ PODE GOSTAR
CEO do MB Reinlado Rabelo em evento da CVM na USP

“A Bolsa é sim lugar de startups”, diz CEO do Mercado Bitcoin em evento da CVM

Reinaldo Rabelo participou do evento do “Tecnologia e Democratização dos Mercados de Capitais no Brasil”
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin recua para US$ 64 mil; CEO da Binance clama para que “colega querido” seja libertado da prisão

Manhã Cripto: Bitcoin recua para US$ 64 mil; CEO da Binance clama para que “colega querido” seja libertado da prisão

Richard Teng fez uma publicação para pedir que as autoridades da Nigéria libertem Tigran Gambaryan
Joe Biden posa para foto

Biden expulsa mineradora cripto chinesa de área próxima a base militar: “Risco de espionagem”

O governo afirma que a MineOne possui equipamentos especializados de origem estrangeira potencialmente capazes de facilitar atividades de vigilância e espionagem
Imagem da matéria: Hacker se arrepende e planeja devolver R$ 365 milhões roubados de investidor de Bitcoin

Hacker se arrepende e planeja devolver R$ 365 milhões roubados de investidor de Bitcoin

O autor de um golpe de “envenenamento de endereço” parece estar pensando duas vezes depois de roubar US$ 71 milhões de um grande investidor