Live da CPQD debate identidade digital por meio de blockchain

Live da CPqD debate identidade digital por meio de blockchain
Foto: Shutterstock


O Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações (CPQD), entidade com sede na cidade de Campinas (SP), vai promover uma live na próxima quarta-feira (08) às 17h para discutir o uso da tecnologia blockchain na identidade digital.

Intitulada “Blockchain: o papel da Identidade Digital Descentralizada no novo cotidiano”, o evento faz parte de uma série de lives da CPqD chamada “Reflexões sobre o novo cotidiano: tecnologia, segurança e inovação”. 

Segundo a entidade, o objetivo da ação é explorar os desafios enfrentados até o momento e as tendências para o cenário pós-pandemia, considerando as transformações digitais correntes, como Open Banking e a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD).

“Em nossa realidade, as interações são cada vez mais digitais, e a presença física será cada vez menos necessária para atestar a veracidade de quem somos e das nossas informações. A Identidade Digital Descentralizada, através de redes Blockchain, permite tudo isso de maneira muito mais segura e autônoma”, diz a página da organização.

O evento vai contar com a participação dos especialistas em blockchain:

  • Karen Ottoni, diretora na Hyperledger em New York, com atuação também por setores na Índia e na Etiópia;
  • Reynaldo Formigoni, gerente de soluções blockchain do CPQD, com extensa experiência em telecomunicações, pesquisa e desenvolvimento.

Nas lives anteriores, a CPqD abordou a Inteligência Artificial (IA); os riscos nos meios digitais em meio à pandemia do coronavírus; e as Cidades Inteligentes (Smart Cities).

Os interessados em participar devem se inscrever por meio do link https://bit.ly/2C01s2e

Sobre o CPqD

O CPqD foi fundado em 1976. A instituição é um dos maiores centros de pesquisa da América Latina e atua na pesquisa, desenvolvimento e suporte de diversos setores — industrial, agrícola, telecomunicações, financeiro, energia elétrica, corporativo e administração pública.

Com foco na inovação em tecnologias da informação e comunicação, a instituição mantém um portfólio abrangente de soluções que são utilizadas nos mais diversos segmentos de mercado no Brasil e no exterior.