Lupa mostra nome da Coinbase em um monitor de computador
(Foto: Shutterstock)

A Coinbase, maior corretora americana de criptomoedas, anunciou nesta quinta-feira (25) que sua declaração de registro para proposta de listagem em Bolsa foi efetivada pela Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC). O formulário S1, primeiro passo para empresas conquistarem seu espaço no mercado de ações, já está oficializado no regulador.

Com o registro, a Coinbase agora abre suas finanças para o público e fica mais perto da tão sonhada Oferta Pública Inicial ( IPO). Suas futuras ações — de Classe A — vão levar o símbolo ‘COIN’ e devem ser listadas na Nasdaq Global Select Market, informou a companhia em comunicado.

Publicidade

A empresa também confirmou que está sendo auxiliada por três instituições financeiras — Goldman Sachs; JP Morgan; Citigroup. No entanto, informou que o referido na SEC ainda não entrou em vigor porque depende da análise do regulador e posterior comentários sobre o preenchimento do S1.

“Esses valores mobiliários não podem ser vendidos nem ofertados sem que antes a declaração S1 entre em vigor”, explicou a empresa, possivelmente para evitar falsas ofertas de ações da Coinbase.

Ações da Coinbase

Na semana passada, informações dos bastidores da Nasdaq apontavam que a Coinbase poderia estar valendo US$ 77 bilhões. Isso porque no mercado secundário da Nasdaq, onde a empresa quis ser avaliada, suas ações estavam sendo negociadas acima dos US$ 300. 

A conta fecha se for considerada as 254 milhões de ações que a companhia pretende oferecer ao público e instituições. Com essa avaliação, a empresa poderia valer mais que a Intercontinental Exchange (ICE), dona da Bolsa de Valores de Nova York (NYSE).

Publicidade

Segundo o Axios.com, o movimento começou no mês passado com a venda de ações no ‘fka Second Market’, onde foram oferecidas até 1,8 milhão de ações em lotes semanais. O objetivo, disse o site, era ajudar a Coinbase a determinar um preço de referência para sua IPO.

Conforme detalhou, o lote inicial de 75.000 ações foi vendido em 29 de janeiro por US$ 200 por ação e naquele período ficou estimado um valor aproximado de mercado em torno dos US$ 50 bilhões;

Mais tarde, a US$ 300 por ação, quase R$ 80 bilhões. Vale lembrar que há cerca de três anos a Coinbase se auto-avaliou em US$ 8 bilhões.

VOCÊ PODE GOSTAR
Ilustração de moeda NOT dourada com logotipo do jogo Notcoin do Telegram

Notcoin desvaloriza 11% após o término da reivindicação do airdrop de NOT

Equipe da Notcoin disse que irá compartilhar detalhes sobre como os stakers de nível ouro e platina podem ganhar recompensas extras
moeda cardano ADA com graficos ao fundo

Charles Hoskinson diz que hard fork ‘Chang’ será marco na história da Cardano

Agendado para este mês de junho, a atualização Chang levará a Cardano para a versão 9.0
Smartphone com logotipo Kraken na mão com site desfocado como plano de fundo

Kraken revela ter perdido R$ 16 milhões em “bug crítico”

A corretora de criptomoedas afirma ter sido extorquida pelos pesquisadores de segurança que descobriram a falha
Imagem da matéria: Com gestão de R$ 350 milhões, BLP Crypto traz novo sócio e passa a se chamar B2V Crypto

Com gestão de R$ 350 milhões, BLP Crypto traz novo sócio e passa a se chamar B2V Crypto

A B2V Crypto registra mais de 5 mil cotistas em seus fundos de investimento