Imagem da matéria: Coinbase pode valer quase US$ 80 bilhões com oferta de ações, diz Coindesk
Foto: Shutterstock

A maior corretora de criptomoedas dos EUA, Coinbase, pode valer US$ 77 bilhões caso as ações forem negociadas a US$ 300 cada. Isso porque é nesse preço aproximado que elas estão passando de mãos no mercado secundário, segundo informações dos bastidores da Nasdaq.

De acordo com o Coindesk, pessoas familiarizadas com o assunto disseram que na semana passada cada ação da Coinbase estava sendo negociada no mercado secundário acima dos US$ 303. Ainda sem uma data definida para a Oferta Pública Inicial, estima-se que a exchange deva oferecer 254 milhões de ações.

Publicidade

Com essa avaliação, a empresa poderia valer mais que a Intercontinental Exchange (ICE), dona da Bolsa de Valores de Nova York (NYSE).

“Na primeira semana estava a US$ 200 por ação; na segunda, US$ 301 e na terceira US$ 303. Então você pode ver os preços estão se revelando” disse ao site uma pessoa de dentro da exchange. Procurada para comentar os rumores, a Coinbase se absteve de responder.

O mercado privado da Coinbase está executando uma carteira de pedidos anônimos antes da listagem pública direta da empresa, uma data para a qual ainda é desconhecida, diz o site. A venda, explicou, permite que ex-funcionários e investidores tirem algum proveito quando as ações forem liberadas para negociação.

IPO da Coinbase

Tais expectativas, contudo, podem não se confirmar, visto que a avaliação do valor de uma empresa passa por todo um processo. No entanto, disse uma fonte ao site, a venda secundária de ações patrocinadas pela Coinbase nas últimas três semanas viu “quantias significativas” mudarem de mãos.

Publicidade

“Não é um punhado de ações sendo negociadas por US$ 300 cada. Cada semana são dezenas de milhões de dólares, uma quantia considerável”, acrescentou.

A Coinbase anunciou que estava preparando sua IPO ainda no fim de janeiro, quando revelou a intenção de se tornar uma empresa de capital aberto. Segundo informações na época, a corretora adiantou que seria feita uma proposta de listagem direta (direct listing) de suas ações ordinárias Classe A.

A Direct Listing é diferente do tradicional IPO, pois a empresa vende as ações diretamente ao público sem passar por intermediários. Vale lembrar que em dezembro de 2020, a corretora já havia feito um comunicado ao mercado — alguns meses depois de ter consultado bancos de investimento e escritórios de advocacia.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Vasco oferece experiências especiais para detentores de fan token na apresentação de Philippe Coutinho

Vasco oferece experiências especiais para detentores de fan token na apresentação de Philippe Coutinho

Coutinho será apresentado em São Januário neste sábado em evento exclusivo
Imagem da matéria: Bittensor paralisa blockchain após suposto vazamento de chaves privadas de carteiras

Bittensor paralisa blockchain após suposto vazamento de chaves privadas de carteiras

US$ 8 milhões em tokens TAO já foram desviados por hackers
Imagem da matéria: Jovem executiva usa tokenização para financiar MBA de R$ 570 mil na França

Jovem executiva usa tokenização para financiar MBA de R$ 570 mil na França

Yasmin Hund conseguiu toda a verba necessária para passar um ano na França fazendo MBA, tudo graças à tecnologia blockchain
Imagem da matéria: Notcoin: Jogo viral do Telegram anuncia "recomeço" e distribuição de milhões de tokens

Notcoin: Jogo viral do Telegram anuncia “recomeço” e distribuição de milhões de tokens

Depois de dar o pontapé inicial na tendência de jogos do Telegram, o Notcoin está anunciando seus próximos passos, incluindo uma possível parceria com a coleção de NFTs Lost Dogs