Antonio Neto Ais
Antonio Neto Ais, líder da Braiscompany

Em uma live realizada na noite de segunda-feira (9), Antonio Neto Ais, criador da Braiscompany, afirmou que os atrasos nos pagamentos que tem ocorrido junto aos clientes da empresa são culpa da corretora de criptomoedas Binance. Segundo o empresário, a corretora tem colocado travas em saques e liquidações da empresa.

“A Braiscompany vem sofrendo travas sistêmicas da Binance desde novembro. Quando tem um pedido de depósito, ela quer saber a origem do dinheiro, quer provas como prints de conversas. Isso vai contra tudo que defendemos de descentralização”, disse Neto Ais.

Publicidade

O empresário afirmou que irá acionar a Binance na Justiça para que as supostas travas parem de ocorrer. Ele afirmou que irá buscar um pedido de liminar nesse sentido.

A live foi realizada no canal de Instagram do advogado especializado em criptoativos Artêmio Picanço.

Durante a live, o criador da Braiscompany disse que 80% dos trades da empresa são feitos por meio da Binance e quase todo o capital em posse da companhia é usado na rotina de negociações.

Nesse momento da conversa, Picanço rebateu que a prática considerada mais segura no mercado é guardar boa parte dos ativos em uma cold wallet e operar com menores quantias em hot wallets.

“Para dar o retorno que damos, precisamos operar com agressividade. De outra forma daríamos um retorno de 2%, e não sei se é isso que os clientes querem”, respondeu o empresário.

Publicidade

Picanço ressaltou que uma pessoa física com conta verificada pode movimentar US$ 8 milhões por dia na corretora e isso no acumulado do mês geraria um volume gigantesco. Ais Neto disse: “Eu digo para você que tem R$ 1 milhão na Binance. Tente sacar tudo de uma hora para e outra e veja o que acontece. Não vai conseguir.

O dono da Braiscompany disse que possui cerca de 10 mil clientes e R$ 600 milhões sob gestão e que apenas 1% estão sofrendo com atrasos. Quando questionado sobre qual seria o dia limite para o acerto, Ais Neto voltou a falar da corrretora: “O dia que a Binance quiser não é uma data que existe no calendário”.

Como recado para os investidores preocupados, Ais Neto afirma que a empresa não irá abrir mão da multa para quebra de contrato e deixou aberta a possibilidade de quem deixar o negócio só consiga o valor de volta através da Justiça.

“Quem estiver incomodado, quebre o contrato e saia. Não abrimos mão da multa, quem esteve no ano conosco ganhou quase 80% de lucro. Então mesmo pagando a multa, irá sair com lucro de 50%. Peça o distrato e se for o caso acione o advogado. A Braiscompany tem prédios e um jato no seu nome, vá atrás de empenhar esses bens”, disse.

Publicidade

Braiscompany atrasa pagamentos

No final de 2022, a Braiscompany parou de pagar alguns clientes. O último pagamento de 2022, programado para acontecer no dia 30 de dezembro, ainda não foi feito para parte dos clientes do grupo, chegando a semanas de atraso.

Um investidor que tem R$ 15 mil presos na Braiscompany e que pediu para não ter seu nome divulgado, mostrou ao Portal do Bitcoin o e-mail em que a empresa justifica o atraso citando “inconsistências nos endereços de algumas carteiras”.

No e-mail, o cliente era obrigado a informar novamente seu endereço de Bitcoin (BTC) e Tether (USDT) de destino dos pagamentos, bem como enviar um vídeo de si mesmo confirmando as informações. Ele cumpriu todas essas solicitações na segunda-feira, mas até esta quinta não recebeu o pagamento prometido.

Antes, no dia 20 de dezembro, começam a surgir nas redes sociais reclamações sobre atraso de pagamentos da Braiscompany.

Ao checar o perfil da Braiscompany no Instagram, há diversos comentários de clientes desde o dia 20 de dezembro que tentam entender por que os rendimentos mensais de dezembro, que deveriam ter caído no dia 20, não foram pagos. 

O email da Braiscompany

A Braiscompany enviou para um cliente um e-mail para justificar o atraso pela estreia do aplicativo Brais App no dia 28 de dezembro. O grupo diz que para se preparar para o lançamento, precisou realizar “integrações e atualizações no sistema”. 

Publicidade

“Informamos que os pagamentos dos índices de remuneração de amanhã 20/12/22 serão efetuados no prazo de até 72h. Isso ocorrerá para que possamos sincronizar os nossos pagamentos com o nosso aplicativo”, diz um trecho do e-mail enviado no dia exato que os pagamentos começaram a atrasar.

No esquema de “locação de criptoativos” da Braiscompany, o investidor faz um aporte inicial na empresa em bitcoin e é obrigado a deixar os fundos presos com o grupo por um ano. Enquanto isso, a empresa paga rendimentos mensais para os clientes até que seja liberado o saque do aporte inicial com o fim do contrato de um ano.

Posicionamento Binance

A Binance enviou uma nota de posicionamento, mas não falou especificamente sobre a Braiscompany.

Leia abaixo a nota na íntegra da Binance:

“A Binance, maior provedora global de infraestrutura para ecossistema blockchain e maior corretora de criptomoedas do mundo, reforça seu compromisso com a proteção e a segurança dos usuários, que são prioridade para a empresa. Como líder de mercado no Brasil e no mundo, a Binance realiza investimentos constantes em novas ferramentas e processos para continuar contribuindo para o desenvolvimento do setor cripto de forma sustentável e segura, o que inclui o programa de compliance mais robusto do setor de fintech, que incorpora princípios e ferramentas de análise para prevenção a ilícitos financeiros.

A Binance reitera que não realiza quaisquer ações em contas que não sejam devidamente embasadas nos termos e condições, contratos e políticas vigentes e aceitos por todos os usuários. 

Além disso, a Binance atua em total colaboração com as autoridades para coibir que pessoas mal intencionadas utilizem a plataforma.”

*Texto atualizado às 15h04 para inclusão da nota de posicionamento da Binance

  • Já pensou em inserir o seu negócio na nova economia digital? Se você tem um projeto, você pode tokenizar. Clique aqui, inscreva-se no programa Tokenize Sua Ideia e entre para o universo da Web 3.0!
VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Ethereum em staking alcança 27% do suprimento com o início das negociações de ETF se aproximando

Ethereum em staking alcança 27% do suprimento com o início das negociações de ETF se aproximando

“Definitivamente, não precisamos de tanto ETH em staking,” disse o proeminente pesquisador de Ethereum Evan Van Ness ao Decrypt
Imagem da matéria: R$ 2,8 bilhões foram perdidos em fraudes e hacks de criptomoedas no 2º trimestre

R$ 2,8 bilhões foram perdidos em fraudes e hacks de criptomoedas no 2º trimestre

Isso é quase o dobro do valor roubado no segundo trimestre de 2023
Sigla ETF ao lado de moeda dourada de Ethereum

ETFs de Ethereum na semana que vem? Veja a projeção de quando os fundos devem estrear nos EUA

Mercado aguarda ansioso desde maio pela estreia dos ETFs de Ethereum à vista nos EUA
Imagem da matéria: 7 altcoins que estão superando a recuperação do mercado de criptomoedas

7 altcoins que estão superando a recuperação do mercado de criptomoedas

A temporada das altcoins está começando? Embora as criptomoedas de primeira linha estejam de lado, algumas altcoins registram ganhos impressionantes de até 11% hoje