Espen Jorstad posa para foto com pilha de dólares durante torneio de poker WSOP 2022
Foto: Divulgação/WSOP

O norueguês Espen Jorstad se tornou o mais novo campeão do torneio mundial de poker WSOP, depois de nove longos dias de competição em Las Vegas, EUA, levando para casa US$ 10 milhões pela conquista. No entanto, há cerca de dois meses, ele havia perdido 95% do seu patrimônio com o colapso da criptomoeda LUNA, do projeto Terra, um prejuízo que, segundo ele, foi em torno de US$ 1 milhão.

Jorstad, contudo, não ligou até o momento as duas histórias, mas uma publicação em sua conta no Instagram no início de junho deixou claro que, apesar das dificuldades, ele seguiu em frente.

Publicidade

No post, ele conta que no mês de maio, enquanto participava do European Poker Tour, em Mônaco, tanto seus investimentos em criptomoedas quanto em outros empreendimentos estavam indo bem até o choque da LUNA. Segundo ele, seu portfólio contava com um patrimônio de mais de US$ 1 milhão, mas seus tokens LUNA estavam bloqueados para staking.

“Como a maioria desses tokens tinha períodos de bloqueio que variavam de semanas a meses, não havia como sair das minhas posições quando a casa de cartas começou a desmoronar e acabei perdendo aproximadamente 95% dela [LUNA]”, contou Jorstad, que também mantinha outras tokens em carteira, com TerraUSD (UST) e Anchor Protocol (ANC), também ligadas ao Terra.

Como resultado, o jogador disse que iria pegar leve nas apostas WSOP justamente por estar amargando na época um patrimônio “significativamente menor” e que não iria deixar seu ego de grande apostador tomar conta da ocasião. “Vou apenas gostar de jogar o WSOP”.

Com a vitória no torneio, no entanto, conforme explicou, Jorstad agora não só tem US$ 10 milhões na conta, mas também se tornou o primeiro norueguês a vencer o WSOP, passando à frente do compatriota Felix Stephensen, que terminou como vice-campeão em 2014.

Publicidade

“Meu objetivo tem sido chegar à cena High Roller (jogadores que apostam alto) e jogar mais torneios de US$ 25 mil e coisas assim. Eu já decidi, mas agora tenho um caixa maior, preciso estudar bastante se sou bom o suficiente para jogá-los”, disse Jorstad ao site oficial WSOP.

Ele acrescentou que não desistiu das criptomoedas e que vai continuar investindo no mercado, tanto cripto quanto “de ações de tecnologia, provavelmente”.

O segundo lugar do WSOP 2022, que teve mais de 8.000 participantes, ficou com o australiano Adrian Attenborough, que recebeu US$ 6 milhões, e o terceiro com o argentino Michael Duek, que levou pra casa US$ 4 milhões.

Em maio deste ano, o mundo das criptomoedas veio abaixo. O projeto Terra desabou – o token LUNA, que valia quase US$ 90, foi para virtualmente zero em poucos dias – e levou junto o mercado, com perdas superiores a R$ 1 trilhão.

Publicidade

Quer negociar mais de 200 ativos digitais na maior exchange da América Latina? Conheça o Mercado Bitcoin! Com 3,8 milhões de clientes, a plataforma do MB já movimentou mais de R$ 50 bilhões em trade in. Crie sua conta grátis!

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: MB estreia no ranking de Exchange Benchmark em 1º lugar no Brasil

MB estreia no ranking de Exchange Benchmark em 1º lugar no Brasil

O relatório semestral, realizado pela CCData, é considerado uma estrutura robusta para classificar a atuação de exchanges do Brasil e do mundo
Imagem da matéria: Memecoin que usa nome de Trump rouba R$ 410 mil de investidores

Memecoin que usa nome de Trump rouba R$ 410 mil de investidores

Endereço despejou uma enorme quantidade do token TrumpAI, recebeu R$ 410 mil em WETH e derrubou o preço em 100%
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin abre semana em alta de 2,8%; Grandes investidores do Japão e EUA ganham exposição ao BTC

Manhã Cripto: Bitcoin abre semana em alta de 2,8%; Grandes investidores do Japão e EUA ganham exposição ao BTC

Wells Fargo dos EUA e a Metaplanet do Japão anunciaram novos investimentos no Bitcoin
Sunny Pires surfando

Surfista brasileiro recebe patrocínio em criptomoedas de comunidade web3

Sunny Pires, de 18 anos, embarca neste mês em expedição à Nicarágua com apoio da comunidade web3 Nouns