Imagem da matéria: Investidores perderam US$ 7,7 bilhões em golpes com criptomoedas em 2021, mostra Chainalysis
Foto: Shutterstock

A explosão de “puxões de tapete” no ecossistema de finanças descentralizadas (DeFi) no último ano ajudou a subir para US$ 7,7 bilhões o dinheiro perdido em golpes de criptomoedas em 2021, de acordo com a empresa de dados em blockchain Chainalysis.

O relatório “Crypto Crime Report” para 2022 mostra que as receitas de golpes aplicados no meio cripto em 2021 subiram 81% em comparação ao ano anterior.

Publicidade

Os “puxões de tapete” (“rug pulls”), fraude em que os desenvolvedores de um projeto fogem com o dinheiro dos investidores, totalizaram 37% de toda a receita roubada, uma alta de 1% em comparação a 2020. Só nesse tipo de golpe, US$ 2,8 bilhões em criptomoedas foram roubadas em 2021.

A Chainalysis destacou o fato de que auditorias de código — que podem encontrar as vulnerabilidades que levam projetos DeFi a zerar seus pools de liquidez — não são uma exigência para aqueles que querem listar seus tokens em exchanges descentralizadas (DEX) e, por isso, as fraudes predominam no setor DeFi.

Valor total e anual de criptomoedas recebidas por golpistas
Valor total e anual de criptomoedas roubadas por golpistas (Fonte: Chainalysis)

Apesar de receitas de golpes com criptomoedas em 2021 representarem um aumento significativo em comparação a 2020, ainda estão bem abaixo dos números registrados em 2019, ano em que os investidores perderam US$ 10 bilhões em fraudes.

Embora o número de depósitos para endereços de esquemas de investimentos tenha caído de 10,7 milhões em 2020 para 4,1 milhões em 2021 — sugerindo que houve menos vítimas individuais —, a quantia roubada de cada vítima subiu.

Publicidade

Assim como nos anos anteriores, grande parte das criptomoedas enviadas de endereços de esquemas acabaram em famosas corretoras de criptomoedas, um fato que não foi ignorado por políticos e reguladores, conforme a senadora Elizabeth Warren pressiona por uma maior regulação da indústria.

Destino de fundos que saem de endereços de golpes de investimento com criptomoedas (Imagem: Chainalysis)
Destino de fundos que saem de endereços de golpes de investimento com criptomoedas (Fonte: Chainalysis)

No entanto, existem evidências de que o setor cripto está amadurecendo; a relação entre preços cripto e atividades de esquemas parece ter sido rompida.

Enquanto ciclos de alta anteriores em 2017 e 2020 passaram por uma alta na atividade de golpes, correspondendo com um fluxo de usuários novos (e ingênuos) ao ecossistema das criptomoedas, 2021 teve menos atividades de esquemas mesmo com a disparada de preço de grandes criptomoedas, como o bitcoin (BTC) e ethereum (ETH).

Valor de esquemas recebidos vs. preço do ETH e do BTC (Imagem: Chainalysis)
Valor de esquemas recebidos vs. preço do ETH e do BTC (Fonte: Chainalysis)

Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Token Notcoin atrasa e não será lançado com o halving do Bitcoin; entenda

Token Notcoin atrasa e não será lançado com o halving do Bitcoin; entenda

O Notcoin, jogo viral baseado no Telegram, lançará seu token na The Open Network um pouco mais tarde do que o esperado, após o halving do Bitcoin
Miniaturas de homens em cima de moeda de Bitcoin gigante fazendo medição pela metade

Halving do Bitcoin mostra que a criptomoeda ainda tem espaço para subir, afirma Bitfinex

O preço do Bitcoin caiu essa semana, mas a Bitfinex afirma que o comportamento de grandes investidores é similar a 2020 — antes da grande corrida de alta
Imagem da matéria: Bitcoin deve cair mais após o halving, avalia JPMorgan

Bitcoin deve cair mais após o halving, avalia JPMorgan

Avaliação do JPMorgan é que o Bitcoin está sobrecomprado e que o mercado já precificou o halving nos últimos meses
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin sobe 5% e supera US$ 64 mil antes do halving; Ethereum e altcoins acompanham o rali

Manhã Cripto: Bitcoin sobe 5% e supera US$ 64 mil antes do halving; Ethereum e altcoins acompanham o rali

Após mais um dia de forte volatilidade, Bitcoin e outras criptomoedas voltam a subir faltando poucas horas para o halving