Elizabeth Warren, senadora democrata de Massachusetts, novamente virou o centro das atenções por seus comentários sobre o crescente setor de Finanças Descentralizadas (ou DeFi, na sigla em inglês) e o papel das stablecoins nesse nicho.

Em uma audiência do Comitê de Bancos, Habitação e Assuntos Urbanos do Senado nessa terça-feira (14), Warren descreveu stablecoins como “a forma vital do ecossistema DeFi”, onde são usadas para negociação entre diferentes moedas, além da tomada e concessão de empréstimos de dinheiro fora do sistema bancário regulamentado.

Publicidade

Stablecoins são criptomoedas que afirmam serem lastreadas 1:1 a moedas, como o dólar americano, ou seja, diferente do bitcoin (BTC) ou de muitas outras criptomoedas no mercado, seus preços devem permanecer estáveis.

Warren também afirmou que stablecoins apresentam riscos a consumidores e à economia, pois estão “sustentando uma das partes mais duvidosas do mundo cripto, DeFi, onde clientes estão menos protegidos de sofrerem golpes”.

Segundo Warren, DeFi são “onde a regulação é bastante ausente e (nenhuma surpresa) onde fraudadores, trapaceiros e vigaristas se misturam entre investidores de meio período e traders iniciantes de criptomoedas”.

“Nossos reguladores precisam levar a sério a repressão antes que seja tarde demais”, afirmou ela.

Na mesma audiência, o senador Sherrod Brown, colega de partido de Warren, classificou stablecoins como “dinheiro mágico”, afirmando que não são descentralizadas nem transparentes.

Publicidade

“Se você põe seu dinheiro em stablecoins, não há garantia de que você o terá de volta”, alertou o senador de Ohio.

A guerra contínua de Warren contra as criptomoedas

Os comentários recentes de Warren sobre DeFi e stablecoins são apenas os mais novos de sua crítica contínua sobre a ampla indústria de criptomoedas.

Em julho, Warren enviou uma carta à secretária do Tesouro Americano Janet Yellen, pedindo por mais supervisão da indústria.

“Todos os sinais de alerta estão piscando”, disse Warren na época. “O hype, a volatilidade, as ferozes afirmações que são falsos. Conforme o mercado cripto cresce, também crescem os riscos de nossa estabilidade financeira e economia.”

Este mês, em conformidade com a popular narrativa de mudança climática, ela também criticou a empresa nova-iorquina de mineração de bitcoin Greenidge Generation, levantando preocupações sobre seu impacto no meio ambiente.

Publicidade

Antes disso, em entrevista à CNBC, Warren havia afirmado que “uma das coisas mais fáceis e menos danosas que podemos fazer para combater a Crise Climática é reprimir criptomoedas que geram desperdício ambiental”.

Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
javier milei presidente da argentina

Milei é criticado por propor regulação cripto: “Sofrerá as consequências de não entender o Bitcoin”

“Javier Milei cometeu grande erro. Ele nunca reservou um tempo para entender o Bitcoin e irá sofrer as consequências”, disse Max Keiser
moedas de bitcoin e ethereum sobre mesa envernizada

Manhã Cripto: Bitcoin recua para US$ 70 mil e Ethereum desacelera após maior salto em mais de um mês

Traders de criptomoedas pisam no freio nesta terça-feira (9) depois do rali do Ethereum durante a madrugada
Imagem da matéria: Dogwifhat (WIF) cai 15% em meio à fase de baixa das memecoins

Dogwifhat (WIF) cai 15% em meio à fase de baixa das memecoins

Dogwifhat (WIF) caiu dois dígitos durante a noite e continua a se distanciar de sua máxima histórica
Foco em uma moeda dourada de Ethereum (ETH)

ETF de Ethereum tem 50% de chance de ser aprovado em maio, diz JP Morgan

O gigante bancário é o último a reduzir suas expectativas em relação à revisão das propostas da SEC para oferecer fundos vinculados ao preço do ETH