Imagem da matéria: Investidores já estão negociando memecoins inspiradas no ETF do Bitcoin, mas na rede Solana
Foto: Shutterstock

Era praticamente inevitável.

Poucos instantes após a aprovação histórica pela Comissão de Valores Mobiliários (SEC) de um ETF de Bitcoin à vista nos Estados Unidos, os traders da rede Solana aproveitaram a oportunidade para criar uma série de memecoins com tema de ETF, que imediatamente atingiram altas incríveis, para logo depois começarem a desinflar.

Publicidade

ETF, uma memecoin baseada na Solana que brinca associando a sigla ETF a “Electric Turkey Frier”, estreou no market maker automatizado (AMM) Raydium às 18h (horário de Brasília) da quarta-feira (10), no exato momento em que a decisão da SEC sobre ETFs de Bitcoin era amplamente divulgada.

Assim que a aprovação foi publicada no site da SEC minutos depois, esse token ETF disparou incríveis 30.800%, chegando a uma avaliação de mais de dois centavos de dólar.

Nas duas horas que se seguiram à estreia da moeda ETF, o token acumulou US$ 775 mil em volume de negociação, de pouco mais de 1.900 carteiras cripto exclusivas.

Não é de se surpreender, porém, que logo após a vitória triunfante dos ETFs de Bitcoin, a memecoin tenha começado a flutuar descontroladamente. Ela perdeu grande parte de seus ganhos e atualmente tem uma capitalização de mercado que gira em torno de US$ 93 mil. Atualmente, a moeda possui liquidez no valor de US$ 23 mil. 

Memecoins como a ETF sofrem rotineiramente com o que chamamos de “rug pull” por seus criadores anônimos, que retiram a liquidez e deixam os investidores na mão.

Publicidade

Mas essa realidade sombria não arruinou o espírito das memecoins esta noite. Outro token criado na quarta-feira na rede Solana, o BTCETF, também registrou grandes altas e baixas nas últimas horas.

Criada ontem de manhã (há muito tempo, no contexto das memecoins), o BTCETF disparou cerca de 43.000% após o anúncio da SEC, atingindo o recorde histórico de dois centésimos de centavo. Os entusiastas do setor DeFi injetaram US$ 540 mil na moeda até o momento. Em poucos minutos, o BTCETF começou a despencar e agora tem uma capitalização de mercado de US$ 69 mil e apenas US$ 12 mil de liquidez. 

As memecoins costumam se aproveitar das notícias de última hora para bombear tokens questionáveis com níveis de risco extremamente altos.

Em novembro, uma moeda que comemorava a morte de Charlie Munger, odiador declarado das criptomoedas e vice-presidente da Berkshire Hathaway, arrecadou milhões antes de cair a zero. Um token “CZ” criado depois que o fundador da Binance, Changpeng Zhao, se declarou culpado de violar as leis americanas de combate à lavagem de dinheiro, teve um pico de 18.000% apenas alguns dias antes.

*Traduzido por Gustavo Martins com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Os NFTs ficaram para trás com boom do Bitcoin – mas a Animoca ainda acredita nos tokens

Os NFTs ficaram para trás com boom do Bitcoin – mas a Animoca ainda acredita nos tokens

Na Paris Blockchain Week, o presidente da Animoca Brands, Yat Siu, discutiu a regulamentação da SEC, o ressurgimento do mercado de NFT e as finanças de sua empresa
Vitalik Buterin

Criptomoeda Railgun dispara mais de 100% após Vitalik Buterin dar apoio ao projeto

A criptomoeda Railgun passou a disparar na manhã desta segunda após Vitalik Buterin fazer uma postagem apoiando o projeto
Celular com logotipo da BInance

Binance lista 6 novos pares de negociação com USDC e lira turca

A corretora também vai incluir os novos pares em seu serviço de robôs de negociação (trading bots)
bonk memecoin solana

Memecoins disparam de preço enquanto Bitcoin permanece estável

O Bitcoin foi a maior notícia do fim de semana, mas o entusiasmo em torno do halving não alimentou um aumento nos preços — pelo menos ainda não