Investidores institucionais estão comprando metade de todos os novos Ethereum (ETH) minerados

A Grayscale agora detém 1% de todo o supply circulante.

Ethereum opera em alta (Foto: Shutterstock)


A Grayscale, maior plataforma de investimento institucional dos EUA, está comprando metade dos Ethereum (ETH) minerados até agora neste ano, em nome de seus investidores. Em 24 de abril, havia comprado 48,4% de todas as moedas mineradas desde o início de 2020.

A Grayscale comprou 756.539 ETH desde o início deste ano. A quantidade de ETH minerada no mesmo período é 1.563.245 ETH.

Grayscale’s Ethereum Trust permite que investidores institucionais comprem títulos que acompanham o valor do Ethereum – com um ágio de 400%. Com isso, os investidores obtêm exposição ao Ethereum sem ter que possuir nenhum. Para fazer isso, a Grayscale precisa manter grandes quantidades de Ethereum como garantia.

O Ethereum é a segunda maior criptomoeda por valor de mercado. Como o Bitcoin, os mineradores precisam realizar cálculos complexos em um algorítimo de Proof of Work para extrair novas moedas. No entanto, a criptomoeda está sendo transferida para um novo sistema de Proof of Stake, que distribuirá novas moedas proporcionalmente àqueles que já possuem grandes quantias.

Com a entrada de novo Ethereum, a Grayscale agora detém 1,1% de toda a oferta circulante. Esse não é um problema com seu algoritmo de consenso atual, mas será mais um problema quando mudar para o sistema de Proof of Stake

Hipoteticamente, se a Grayscale adquirir 50% da oferta circulante do Ethereum, ela poderá atacar a rede, podendo censurar transações e desfazê-las temporariamente. Com apenas um por cento, ainda está muito longe de chegar perto desse número, mas seu recente e rápido aumento nas compras pode leva-lo nessa direção.

A Grayscale é de propriedade do Digital Currency Group, um grupo de investimento que tem vínculos com centenas de projetos em todo o ecossistema cripto. Seu fundador, Barry Silbert, foi um dos apoiadores do Ethereum Classic (ETC), durante seu hard fork, que hoje é conhecido como Ethereum.

Em 2018, Silbert afirmou que o Digital Currency Group possuía 25% de seu balanço no Ethereum Classic, com zero no Ethereum. Ele disse que, além das cinco moedas em que investiu – incluindo Bitcoin, Zcash, Decentraland e Zencash – todas as outras criptomoedas estão indo para zero, incluindo Ethereum.

*Traduzido e republicado com autorização da Decrypt.co

Compre Bitcoin na Coinext 

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br