Influencer Carol Dias
Foto: Instagram

“Meu dinheiro que estava investido em Terra Luna virou pó”, disse a influenciadora de finanças Carol Dias, em seu último vídeo no Youtube, postado na quarta-feira (08). A dona do canal ‘Riqueza em Dias’ está entre youtubers famosos que apostaram na falida criptomoeda, agora chamada Terra Classic (LUNC).

Conforme a influencer descreve no vídeo, entre os dias 04 e 12 de abril deste ano ela fez duas compras de LUNC: na primeira, comprou na cotação de R$ 527,00 e na segunda a R$ 422,00. Os aportes totalizaram 9 LUNCs, que na época chegaram a valer R$ 4.431. Agora, elas “simplesmente viraram pó” — 9 LUNCs valem atualmente menos de R$ 0,01.

Publicidade

“Eu não só sempre acerto, meu amor, eu errei. Era um projeto promissor, alguns investidores acreditaram e eu também acreditei, mas errei. E nessa brincadeira eu perdi aí aproximadamente quase R$ 4.500,00”, ressaltou.

Após revelar o prejuízo, Dias falou sobre gestão de risco, apontando que de seu patrimônio investiu 0,20% em LUNC, por se tratar de um projeto novo e sem história.

“É um valor que pro meu patrimônio, pessoal, foi ok. Então esses R$ 4.500 doeu? Doeu! Mas é um pequeno valor perante todo o meu valor patrimonial”, disse ela, depois de acrescentar que não faz recomendação de compra em seus vídeos.

Polêmicas

Sobre a Terra Luna 2.0, a influenciadora disse que não vai apostar de novo. Um dos motivos de não acreditar mais no projeto seriam as polêmicas recentes que envolvem o nome do criador da Terra Labs, Do Kwon. “Eu não vou comprar. Vou continuar investindo em outros projetos”, disse.

Publicidade

Ao final, Carol Dias mostrou seus investimentos totais em criptomoedas, que totalizam R$ 282 mil — 6,8% do seu patrimônio. Sem detalhar, citou Bitcoin — que foi seu primeiro investimento em cripto —, Ethereum, Solana, Avalanche, Binance Coin e The Sandbox. Ela também mostra a rentabilidade de sua carteira cripto, de 389%.

Carol Dias, cujo canal do Youtube tem cerca de 200 mil inscritos, foi citada em uma reportagem do Portal do Bitcoin no dia 11 de maio por fazer parte de um grupo de influencers de criptomoedas que fizeram vídeos positivos sobre o projeto de Do Won.

Neste grupo, que viu de perto a morte da LUNC, está Augusto Backes, um dos principais nomes na área de influencers de criptomoedas no Brasil; Mateus Rapini; Lucas Amendola; Jonatã Moraes; Edson Ferreira; Bruno Chaves e David Torquato.

VOCÊ PODE GOSTAR
pilhas de moedas douradas à frente da bandeira da Colômbia

Maior banco da Colômbia lança corretora de criptomoedas

A plataforma Wenia visa atrair pelo menos 60.000 clientes em seu primeiro ano de operação
Imagem da matéria: Binance demitiu funcionário que descobriu manipulação milionária de cliente da corretora, diz jornal

Binance demitiu funcionário que descobriu manipulação milionária de cliente da corretora, diz jornal

Uma semana antes da demissão, o funcionário produziu um relatório afirmando que a DWF Labs lucrou milhões através da manipulação de mercado de seis tokens
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin recua para US$ 64 mil; CEO da Binance clama para que “colega querido” seja libertado da prisão

Manhã Cripto: Bitcoin recua para US$ 64 mil; CEO da Binance clama para que “colega querido” seja libertado da prisão

Richard Teng fez uma publicação para pedir que as autoridades da Nigéria libertem Tigran Gambaryan
Imagem da matéria: Reguladores afirmam que Coinbase não pode obrigá-los a criar regras “do zero” para setor de criptomoedas

Reguladores afirmam que Coinbase não pode obrigá-los a criar regras “do zero” para setor de criptomoedas

Em um processo judicial, a SEC argumentou que a Coinbase não pode exigir que o regulador escreva novas regras para o setor cripto