Novo logotipo da exchange Huobi, HTX
Shutterstock

A exchange de criptomoedas HTX e o protocolo Heco Chain, ambos negócios pertencentes ao empresário chinês Justin Sun, foram alvo de hackers nesta quarta-feira (22) e tiveram prejuízo de cerca de US$ 100 milhões com o roubo de vários tokens.

No X, antigo Twitter, Sun disse que cobrirá qualquer perda sofrida pelos usuários dos serviços invadidos.

Publicidade

O hack veio à público por volta das 8h da manhã com um alerta da empresa de segurança blockchain PeckShield, que publicou uma lista dos ativos desviados.

As perdas maiores foram em Ethereum (ETH), com o roubo de US$ 19 milhões, seguido por HBTC (token sintético do Bitcoin, nativo da antiga Huobi) com S$ 8,8 milhões.

Justin Sun publicou sobre o assunto cerca de uma hora depois, alertando que as plataformas suspenderiam depósitos e saques temporariamente e que “todos os fundos em HTX estão seguros”.

“Estamos investigando os motivos específicos do ataque hacker. Assim que concluirmos a investigação e identificarmos a causa, retomaremos os serviços”, acrescentou.

A empresa de segurança Blockchain Cyver disse ao CoinDesk que a brecha para o ataque foi um suposto vazamento de chave privada, que permitiu que seus titulares acessassem a bridge Heco, que permite aos usuários transferir tokens entre a rede Ethereum e a Heco Chain.

Publicidade

Série de roubos nos projetos de Justin Sun

Há cerca de dez dias, a exchange de criptomoedas comandada por Justin Sun, Poloniex, sofreu um hack em uma de suas carteiras, registrada como Poloniex 4 no Etherscan, plataforma de dados onchain. O prejuízo estimado do ataque foi de cerca de US$ 63 milhões.

Na ocasião, Sun disse que “a Poloniex mantém uma posição financeira saudável e reembolsará integralmente os fundos afetados”.

Em setembro, um ex-funcionário da então Huobi passou a ser investigado pela polícia por um suposto hack em carteiras iToken, antes conhecida como Huobi Wallet.

Segundo informações do jornalista chinês Colin Wu, na época, o ex-colaborador teria configurado um vírus trojan no sistema, fazendo com que chaves privadas fossem reveladas.

Com os ataques de hoje, sobe para quatro o número de projetos ligados a Justin Sun que foram alvos de ataques recentemente.

VOCÊ PODE GOSTAR
logo da solana em celular

Chance de ETF de Solana ser aprovado é maior sem Gary Gensler na SEC, diz VanEck

A ausência de um mercado regulamentado de futuros de Solana é “coisa do Gensler”, disse Matthew Sigel, chefe de pesquisa de ativos digitais da VanEck
Imagem da matéria: Ethereum sobe 2,3% e faz traders que apostavam na queda serem liquidados em US$ 20 mi

Ethereum sobe 2,3% e faz traders que apostavam na queda serem liquidados em US$ 20 mi

Um total de US$ 20 milhões em contratos de venda e US$ 1,9 mi em contratos de compra de Ethereum foram liquidados nas últimas 24 horas
Imagem da matéria: Kavak vai tokenizar R$ 30 milhões para financiar operação de venda de carros usados no Brasil

Kavak vai tokenizar R$ 30 milhões para financiar operação de venda de carros usados no Brasil

A startup mexicana de compra e venda de carros usados Kavak concluiu, em parceria com a Liqi, a tokenização de R$ 5,4 milhões em notas comerciais
Imagem da matéria: PF derruba quadrilha que enviou R$ 1,6 bilhão para exterior com uso de criptomoedas e doleiros

PF derruba quadrilha que enviou R$ 1,6 bilhão para exterior com uso de criptomoedas e doleiros

Estima-se que foram importados para o país mais de 500 mil telefones celulares pela organização criminosa nos últimos cinco anos