Imagem da matéria: Hackers invadem hospital em São Paulo e pedem resgate em bitcoin
(Foto: Shutterstock)

A rede de computadores do hospital Santa Casa de Pirajuí, no interior de São Paulo, foi atacada por cibercriminosos nesta segunda-feira (30) e os hackers exigiram o pagamento de ‘resgate’ em bitcoin, conforme publicação do Estadão nesta quarta-feira (01).

De acordo com a rede de notícias, a instituição se recusou a fazer a transferência dos bitcoins e o sistema não foi liberado pelos criminosos, o que causou a perda de dados de todos os pacientes e vários outros serviços ambulatoriais foram prejudicados.

Publicidade

A Santa Casa, que fica a 400 km do centro de São Paulo, teve, então, que reiniciar as atividades à moda antiga, ou seja, as fichas de papel, visto que toda a rotina diária da clínica era informatizada.

Ainda não se sabe quando o sistema será restabelecido mas uma coisa é quase certa, tudo terá que ser redigitado no sistema, inclusive a reinstalação de programas essenciais para funcionamento de equipamentos como os de Raio-X.

O hospital informou que todos os serviços foram prejudicados e que o atendimento tende a ser mais demorado até que o sistema volte ao normal. O caso foi registrado no departamento da Polícia Civil de Pirajuí.

Como aconteceu

De acordo com o G1, no período da tarde da segunda feira, alguns funcionários notaram uma tela incomum nos computadores.

Publicidade

Era uma mensagem, em inglês, que pedia para que a vítima entrasse em contato através do e-mail informado para receber instruções sobre a transferência de bitcoins. Os criminosos também deram um prazo para o pagamento que foi de 24 horas.

Acionada rapidamente, a Polícia Civil fez o registro da ocorrência e pediu para que a administração do hospital não efetuasse o pagamento.

Renato Debreix, responsável pela empresa que gerencia o sistema computacional da instituição, disse que a prioridade é resolver o problema do Raio-X.

“Teremos de reinstalar todos os sistemas operacionais para que a rede de computadores volte a funcionar”, disse Debreix.

De acordo com o delegado César Ricardo do Nascimento, os investigadores estão à procura dos cibercriminosos que, se encontrados, responderão por crime de invasão de dispositivo e extorsão.

Publicidade

Caso semelhante

Em meados de março deste ano, hackers também fizeram um sistema municipal inteiro refém. Isto aconteceu na cidade de Atlanta, Estado da Geórgia, nos Estados Unidos. Na ocasião os cibercriminosos pediram US$ 51 mil em Bitcoin para ‘devolver’ o comando dos computadores.

Os criminosos fizeram o ataque usando um ransomware de nome SamSam. Esse tipo de programa restringe o acesso ao sistema infectado e cobra um resgate para que este possa ser restabelecido.

A prefeita Keisha Lance Bottoms disse, durante o ocorrido, que o ataque foi o maior do tipo na história da cidade de Atlanta.


Compre Bitcoin no Celular

A BitcoinTrade é a melhor plataforma para operar criptomoedas do Brasil.
Compre Bitcoin, Ethereum e Litecoin com segurança e liquidez, diretamente pelo app.
Baixe agora e aproveite, acesse: www.bitcointrade.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Anic de Almeida Peixoto Herdy é casada com herdeiro da Unigranrio

Herdeira é sequestrada em Petrópolis e criminosos exigem resgate em Bitcoin

Técnico de informática amigo do casal conversou com sequestradores por entender de criptomoedas e foi preso por suspeita de envolvimento
Imagem da matéria: '101 Perguntas sobre Bitcoin': Editora Portal do Bitcoin lança livro sobre a criptomoeda mais famosa do mundo

‘101 Perguntas sobre Bitcoin’: Editora Portal do Bitcoin lança livro sobre a criptomoeda mais famosa do mundo

A obra discorre os princípios técnicos da moeda até suas implicações socioeconômicas no contexto atual, de modo a proporcionar um entendimento profundo ao público geral
Celular com logo do Pix sob bandeira do Brasil

Pix: Um catalisador para o futuro das finanças descentralizadas no Brasil? | Opinião

Para o autor, o Pix, combinado com os princípios das finanças descentralizadas e conceitos de dinheiro programável, poderia abrir caminho para uma nova era de inovação financeira
moeda de bitcoin dentro de armadilha selvagem

CVM faz pegadinha e descobre que metade das pessoas cairia em golpe com criptomoedas

Junto com a Anbima, a entidade criou um site de uma empresa fictícia que simulava a oferta de investimentos com lucros altos irreais