Paige hacker Q13 News reprodução youtube
Foto: Reprodução/Youtube

O juiz Robert S. Lasnik, do Tribunal Distrital de Seattle (EUA), condenou na quarta-feira (4) por crime cibernético a hacker Paige Thompson, uma americana transgênero de 37 anos que roubou poder de computação de empresas e milhares de pessoas para minerar criptomoedas em nuvem.

De acordo com o Departamento de Justiça (DOJ), Paige passará os próximos cinco anos com tornozeleira eletrônica, uma condenação que foi refutada por parte da Procuradoria local.

Publicidade

“Não é assim que se faz justiça”, disse o procurador Nick Brown, que achava que a sentença deveria ser mais rígida. Ele ressalta que ficou desapontado porque Paige roubou informações de 100 milhões de contas, o que causou “mais de US$ 250 milhões em danos a empresas e pessoas”.

A publicação do DOJ aponta que Paige baixou dados de mais de 30 entidades de forma ilícita, incluindo o banco Capital One, crime mais argumentado pelos procuradores que pediram sete anos de prisão para a ré.

“Os crimes foram totalmente intencionais”, diz um trecho da posição da Procuradoria. “Thompson foi motivada a ganhar dinheiro às custas de outras pessoas, para provar que era mais inteligente que outros e se gabar na comunidade de hackers.”

Hacker foi presa em 2019

A hacker havia sido considerada culpada em junho deste ano, após um julgamento de sete dias. Sua prisão, contudo, ocorreu em 2019 após denúncia de uma empresa. O FBI passou então a investigar o caso em chats e fóruns de internet onde Paige se gabava dos seus feitos.

Publicidade

Ela relatava em bate-papos que tinha desenvolvido uma ferramenta que escaneia contas da Amazon Web Services e identifica contas “mal configuradas”. Conforme apurou os agentes, seu acesso ilegal às contas permitiu que ela implantasse um software de mineração de criptomoedas, recebendo as moedas extraídas diretamente em sua carteira.

O procurador ressaltou que Paige cometeu sete crimes federais com seu esquema de invadir contas de armazenamento de dados em nuvem para seu próprio benefício. “Seus crimes cibernéticos criaram ansiedade para milhões de pessoas que estão justificadamente preocupadas com suas informações privadas. Essa conduta merece uma sentença mais significativa”, ressaltou.

Por sua vez, o juiz do processo, Robert S. Lasnik, explicou a decisão sob o argumento de que Paige teria dias difíceis na prisão devido a seu status transgênero e problemas de saúde mental que sofre — segundo o DOJ, a americana também era conhecida por ser uma pessoa “instável”, desde que foi presa pelo FBI.

Mas o caso ainda não se encerrou. Paige ainda terá que arcar com o prejuízo que deu a empresas e pessoas. Para isso, o juiz Lasnik agendou uma audiência para 1º de dezembro a fim de determinar o valor da restituição que ela terá que pagar às vítimas.

Publicidade

Um vídeo compartilhado no canal Q13 News no Youtube mostra detalhes sobre quando Paige foi presa:

Quer negociar mais de 200 ativos digitais na maior exchange da América Latina? Conheça o Mercado Bitcoin! Com 3,8 milhões de clientes, a plataforma do MB já movimentou mais de R$ 50 bilhões em trade in. Crie sua conta grátis! 

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Ethereum (ETH) decola 20% com expectativa para aprovação de ETFs nos EUA

Manhã Cripto: Ethereum (ETH) decola 20% com expectativa para aprovação de ETFs nos EUA

A animação dos investidores fez aumentar em 219% o volume de negociação do Ethereum nas últimas 24 horas
Fachada da GameStop em Tyler no Texas

Memecoin da rede Solana com tema GameStop sobe 1.900% e desperta febre do GME

A memecoin GME decolou na segunda-feira (13), entregando retornos consideráveis, superando os das ações da GameStop
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin abre semana em alta de 2,8%; Grandes investidores do Japão e EUA ganham exposição ao BTC

Manhã Cripto: Bitcoin abre semana em alta de 2,8%; Grandes investidores do Japão e EUA ganham exposição ao BTC

Wells Fargo dos EUA e a Metaplanet do Japão anunciaram novos investimentos no Bitcoin
Imagem da matéria: Gnosis (GNO) dispara 20% após lançamento de plano para reviver o token

Gnosis (GNO) dispara 20% após lançamento de plano para reviver o token

Um programa de crescimento com aporte milionário de fundo cripto está sendo votado neste momento pelos usuários do GNO