Imagem da matéria: Hacker desastrado destrói US$ 1 milhão em criptomoedas após roubo
Foto: Shutterstock

Um hacker conseguiu explorar uma vulnerabilidade em um projeto DeFi chamado Zeed e cunhar tokens extras no valor de US$ 1 milhão. No entanto, em raro acontecimento, ele direcionou os tokens roubados para um contrato inteligente de autodestruição antes de sacar os fundos, ou seja, ‘perdeu’ tudo.

Em resumo, o invasor enviou os tokens roubados para um “contrato de ataque”, que é um smart contract capaz de executar a exploração encontrada de forma rápida e automática. Como o contrato é irreversível, é impossível recuperar os fundos.

Publicidade

O caso foi detectado pela empresa de segurança focada em blockchain BlockSec que compartilhou o caso no Twitter na quinta-feira (21). Com a exploração, o preço do token zeed foi zero, como mostra a imagem compartilhada pelo Cryptoslate.

Dados de blockchain revelam que o contrato de ataque continha US$ 1.041.237,57 em YEED, o token nativo da Zeed, alocado na BNB Chain e que a autodestruição ocorreu às 7h15 de ontem. 

“Curiosamente, o invasor não transfere os tokens obtidos antes de autodestruir o contrato de ataque. Provavelmente, ele/ela estava muito animado”, comentou a BlockSec. 

A empresa de segurança PeckShield também publicou no Twitter sobre o assunto, compartilhando uma imagem que descreve melhor a situação e com o seguinte comentário: “Interessante. O hacker mata o contrato, mas esquece de transferir o lucro”.

Até o fechamento do texto, a conta da Zeed no Twitter não comentou sobre o caso.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Criador da pirâmide BlueBenx, Roberto Cardassi é preso em Portugal

Criador da pirâmide BlueBenx, Roberto Cardassi é preso em Portugal

Cardassi e a BlueBenx pararam de pagar os milhares de clientes em 2022, deixando um prejuízo estimado em R$ 160 milhões
Imagem da matéria: Jogador que traiu Iza perdeu R$ 50 mil na pirâmide Braiscompany

Jogador que traiu Iza perdeu R$ 50 mil na pirâmide Braiscompany

Yuri Lima entrou na Justiça alegando ter aplicado R$ 50 mil na Braiscompany, pirâmide financeira que ruiu em dezembro de 2022
Imagem da matéria: Entenda o que causou o apagão cibernético ao redor do mundo

Entenda o que causou o apagão cibernético ao redor do mundo

Problema em software da CrowdStrike afetou sistemas da Microsoft e derrubou computadores ao redor do mundo
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Ethereum oscila em grande dia de estreia dos ETFs

Manhã Cripto: Ethereum oscila em grande dia de estreia dos ETFs

Os ETFs à vista de Ethereum finalmente vão estrear hoje nos EUA