Imagem da matéria: Governo anuncia vencedores de Hackathon de tokenização do Tesouro; confira
(Foto: Shutterstock)

O Governo Federal anunciou nesta segunda-feira (11) os vencedores do Hackathon Web3: Tokenização do Tesouro Nacional, que tinha foco em soluções para tokens baseados em ativos do Tesouro e ferramentas de Web3.

Foram mais de 600 pessoas inscritas, formando 64 equipes que disputaram um dos cinco desafios propostos em diferentes categorias. O desenvolvimento das soluções foi feito entre os dias 17 de novembro e 5 de dezembro, com o prêmio total do evento chegando a R$ 138 mil.

Publicidade

O grande vencedor geral do Hackathon, que levou o prêmio de R$ 25 mil, foi a equipe Code Creators com o projeto “Solução para tokenização do Tesouro Nacional”, uma proposta de desenvolver tecnologia para casos de uso utilizando títulos públicos tokenizados para diferentes aplicações.

Dentro da proposta, o grupo pensou em uma solução para tornar simples a utilização de investidores, que dentro do site do Tesouro Direto poderiam comprar os títulos já tokenizados, adicionando de forma simples suas carteiras digitais para que recebam os ativos.

Explicação sobre funcionamento da proposta para tokenização do Tesouro Nacional (Reprodução YouTube)

Em segundo lugar ficou a equipe Guizo com o projeto “Green Bonds para créditos de carbono”, focado em ONGs e pequenos proprietários de terra que queiram gerar créditos de carbono.

Já o terceiro colocado geral foi a equipe Vale das Araucárias, com o projeto “TSR Oráculo”, atacando o problema de falta de transparência no mercado secundário de títulos. Para isso, eles propuseram criar um oráculo que pegaria dados de corretoras e colocaria na blockchain.

Publicidade

Vencedores dos desafios

A competição também foi dividida em diferentes categorias, marcadas por desafio de 1 a 5. Confira abaixo os projetos vencedores em cada uma:

  • Desafio 1 (segmento “Varejo – (G2C) Governo a Cidadão”)

Desafio com foco no desenvolvimento de tecnologias para casos de uso relacionados a títulos públicos tokenizados para aplicações em Tesouro Direto e Mercado Secundário.

Vencedor: equipe LoopiPay, com o projeto “TPFChain”, uma plataforma para emissão, gestão, liquidação e mercado secundário de títulos públicos federais.

  • Desafio 2 (segmento “Parceiros Institucionais – (G2B e G2G) Governo a Empresa e Governo a Governo”)

Desafio para desenvolvimento de tecnologias para casos de uso que envolvem títulos públicos tokenizados para aplicações em Ofertas Públicas e Mercado Secundário.

Publicidade

Vencedor: equipe Apollo 9, com o projeto “T-Drex”, focado em gerar eficiência e aumento de liquidez para o mercado secundário do Tesouro.

  • Desafio 3 (segmento “Parceiros Institucionais – (G2B e G2G) Governo a Empresa e Governo a Governo”)

Desafio para desenvolvimento de tecnologias para caso de uso de tokenização de transferências especiais, como repasse de recursos para Estados e Municípios, para promover otimização, transparência e rastreabilidade.

Vencedor: equipe Tesouro em bytes, com o projeto “TransfereChain”, um sistema que utiliza blockchain para efetuar transferências especiais para beneficiários, como Estados e Municípios, com o DREX e aplicando condicionantes de repasse.

  • Desafio 4 (segmento “Segmento Infraestrutura Tecnológica – Processos Internos e Interoperabilidade”)

Desafio para desenvolvimento de tecnologias para casos de uso de automação de monitoramento, controle e precificação online de títulos públicos.

Vencedor: equipe Auto Info, com o projeto “centralização da informação e precificação inteligente dos títulos públicos”, usando blockchain para facilitar o acesso à informações de títulos e maior transparência.

Publicidade
  • Desafio 5 (segmento “Segmento Infraestrutura Tecnológica – Processos Internos e Interoperabilidade”)

Desafio para teses, standards e oportunidades relacionados à interoperabilidade com o Sistema de Registro e Controle da STN, entre soluções da web2, web3 e DREX.

Vencedor: equipe Ararajuba, com o projeto “transformando o controle de títulos públicos”, focado em simplificar pagamentos, automatizar liquidações e otimizar processos com um sistema híbrido Web2 e Web3.

You May Also Like
Imagem da matéria: Saiba quais serão os próximos passos do Banco Central para regular o setor cripto

Saiba quais serão os próximos passos do Banco Central para regular o setor cripto

Banco Central deve realizar uma nova consulta em breve e a expectativa ainda é que a regulação final do setor cripto seja publicada em 2024
Fundador da FTX fora do Tribunal de Manhattan EUA

Surge primeira foto de Sam Bankman-Fried na prisão; veja

Foto teria sido tirada em 17 de dezembro e Sam Bankman-Fried parece estar mais magro do que em período do julgamento de seu caso
bitcoin, fogo, traders, shorts

Alta do Bitcoin faz traders que apostavam na queda perder R$ 1,3 bilhão em liquidações

Os contratos em aberto do Bitcoin já ultrapassaram US$ 25 bilhões, de acordo com dados do Coinglass
Imagem da matéria: El Salvador lucra 40% com investimento em Bitcoin, mas presidente diz que não irá vender

El Salvador lucra 40% com investimento em Bitcoin, mas presidente diz que não irá vender

A estimativa é que El Salvador possua hoje 2.848 bitcoins, cerca de US$ 173 milhões nos preços atuais