Imagem da matéria: Golpistas lançam falsa criptomoeda da empresa-mãe do The Sandbox
Foto: Shutterstock

Nos últimos dias começou a circular no mercado a $ANIMOCA, criptomoeda que finge ser uma criação oficial da Animoca Brands, uma grande empresa de jogos blockchain por trás de títulos como The Sandbox.

O token chamado Animoca Brands Metaverse foi lançado na blockchain do Ethereum na terça-feira (15) com um fornecimento de 1 trilhão de tokens e uma liquidez inicial de 50 ETH (cerca de R$ 780 mil), depositado pelos próprios criadores da moeda no seu pool na Uniswap V2.

Publicidade

Se passando como a criptomoeda oficial da Animoca, o projeto foi capaz de crescer no curto intervalo de tempo, atingindo um recorde de preço de US$ 0,0000032, segundo dados do Dex Tools.

Com a entrada de novos investidores, o valor de mercado da moeda atingiu R$ 16,5 milhões e sua liquidez na Uniswap saltou para R$ 7,3 milhões. Ou seja, os golpistas conseguiram fazer o depósito inicial de 50 ETH se tornar 470 ETH por meio do token fraudulento.

Mas tudo desmoronou na manhã desta quinta-feira (17), quando a Animoca Brands veio a público esclarecer que não havia lançado nenhuma criptomoeda e que aquela que estava em circulação, não passava de um farsa.

“Instamos enfaticamente o público a ficar longe desse token fraudulento e de quaisquer atividades relacionadas, incluindo mídias sociais e aplicativos de mensagens. Não interaja com este token ou com os golpistas por trás dele de forma alguma e, se você já recebeu ou comprou alguns desses tokens, considere mudar para uma nova carteira imediatamente para reduzir o risco de ser alvo de fraudes futuras”, aconselhou a empresa.

Publicidade

A mensagem ainda ressalta que a Animoca Brands nunca entrará em contato direto com qualquer indivíduo para vender tokens, e que os novos produtos da empresa são sempre divulgados de forma oficial.

Por fim, a Animoca Brands confirmou que vai tomar as medidas legais contra os operadores do token falso por violação de direitos autorais, falsificação de identidade e representação enganosa.

“Faça sua pesquisa e evite o efeito lemming [ir na onda dos outros]: só porque outros caíram em um golpe não significa que você deva ser enganado também”, concluiu a nota.

Após alerta, golpistas fogem com dinheiro

Assim que a Animoca Brands desmascarou o token fraudulento, os golpistas não perderam tempo e aplicaram um rug pull (puxão de tapete) — golpe no qual desenvolvedores vendem o projeto como algo legítimo, mas após faturar com ele, somem do mapa deixando o resto dos investidores no prejuízo.

Publicidade

Os especialistas da empresa de segurança blockchain PeckShield detectaram que o Animoca Brands Metaverse removeu toda a sua liquidez na Uniswap, e recomendaram que os investidores tomem cuidado ao interagir com o token.  

Não é possível precisar qual foi o lucro real dos golpistas, mas pode ter ficado em torno de R$ 7,3 milhões levando em conta que era esse o valor no pool de liquidez da moeda antes de ser esvaziada.  

VOCÊ PODE GOSTAR
Estátua da justiça e martelo de juiz à frente de bandeira do Canadá

Canadá multa Binance em R$ 22,5 milhões por violar as leis de combate à lavagem de dinheiro 

Agência do governo menciona falta de registro e ausência de relatório de transações enquanto corretora operou no país
Bitcoin em gráfico de alta com seta azul apontado para o alto

Traders esperam que Bitcoin supere a máxima de US$ 74 mil em breve

“Esperamos um impulso de alta aqui que pode nos levar de volta às máximas de US$ 74 mil”, disse a QCP Capital sobre o momento do Bitcoin
Imagem da matéria: O que é o Notcoin? Conheça o jogo baseado em Telegram, o token NOT e os planos futuros

O que é o Notcoin? Conheça o jogo baseado em Telegram, o token NOT e os planos futuros

Notcoin é um jogo baseado no Telegram que nos últimos meses acumulou um total de 35 milhões de jogadores
Imagem da matéria: BNDES planeja lançar em agosto o piloto da Rede Blockchain Brasil

BNDES planeja lançar em agosto o piloto da Rede Blockchain Brasil

Blockchain deve chegar com casos de uso: diploma digital pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa e uma cadeia de custódia de provas