Imagem da matéria: Golpe tenta enganar mineradores de criptomoedas ao simular falhas em GPUs novas
Foto: Shutterstock

A ADM, uma das maiores fabricantes de placas de vídeo do mundo, alertou seus clientes essa semana para um golpe que tem como alvo principal os mineradores de criptomoedas. As informações são site especializado Tom’s Hardware.

Segundo a publicação, a empresa diz que alguns lojistas na China estão simulando falhas inexistentes em GPUs recém-compradas para fazer os mineradores devolvê-las.

Publicidade

No esquema, os golpistas se passam pela ADM para enviar e-mails que simulam um recall das placas de vídeo Radeon RX 580. O texto lista uma série de supostos defeitos de fabricação do equipamento e pede que o cliente devolva o produto ao lojista. 

Na devolução, o cliente era convencido a aceitar em troca uma placa gráfica da linha GeForce da Nvidia. Apesar de ser tão boa quanto a Radeon RX 580 para rodar jogos, as placas GTX 1050 Ti e GTX 1060 3GB não compartilham da mesma eficiência para minerar criptomoedas.

O golpe mirava principalmente os clientes menos experientes. Em seguida, os lojistas revendiam as GPUs para outros mineradores como forma de aumentar os lucros.

A ADM descobriu nesta semana o esquema e publicou uma nota afirmando que irá tomar medidas legais contra os lojistas, conforme divulgou o portal chinês Expreview.

Publicidade

A empresa esclareceu também que apesar das placas gráficas Radeon RX 580 não serem mais fabricadas, todos os supostos defeitos são falsos.

Cresce demanda por GPUs para mineração

A escassez de GPUs no mercado continua alta à medida que aumenta o número de pessoas querendo minerar criptomoedas, uma atividade cada vez mais lucrativa.

A placa gráfica Radeon RX 580 que protagonizou o esquema na China é uma das melhores opções do mercado na relação preço/desempenho. Segundo o portal Tom’s Hardware, a verdadeira razão por trás do golpe é o crescente interesse pela mineração de Ethereum. 

A fabricante Nvidia, por exemplo, lucrou US$ 300 milhões no ano passado graças aos mineradores da criptomoeda. Por outro lado, o uso das GPUs para esse fim está causando uma guerra entre gamers e mineradores e desde então, diversas fabricantes começaram a lançar produtos específicos o mercado cripto. 

Publicidade

A Bitmain, hoje a maior mineradora de bitcoin do mundo, anunciou nesta sexta-feira (16) que em breve vai lançar uma nova ASIC — equipamento exclusivo para a mineração de criptomoedas — chamada AntMiner E9. O produto será dedicado aos mineradores de ether e é uma continuação da linha AntMiner E3, lançada em 2018.

VOCÊ PODE GOSTAR
Bob Burnquist

Bob Burnquist e sua cruzada para empoderar os artistas por meio da Web3

O skatista é membro ativo de duas DAOs e participou do Ethereum Rio para falar sobre como as comunidades estão se tornando um novo meio de conexão para os artistas
hackers em frente a computadores

Exchange de criptomoedas Rain perde US$ 14,8 milhões em ataque hacker

A exchange disse que já tomou as medidas necessárias e que todas as sua atividades estão funcionando normalmente, inclusive saques
busto de homem engravatado simulando gesto de pare

CVM proíbe corretora de criptomoedas e forex de captar clientes no Brasil

O órgão determinou, sob multa diária de R$ 1 mil, a imediata suspensão de qualquer oferta pública de valores mobiliários pela Xpoken
Imagem da matéria: Como um trader cripto ganhou mais de US$ 100 mil com apenas dois tuítes

Como um trader cripto ganhou mais de US$ 100 mil com apenas dois tuítes

“Somente em criptomoeda.” A memecoin Pacmoon recompensou um usuário com um grande airdrop – que foi maior do que o esperado graças ao erro de um amigo