Imagem da matéria: Corretora NovaDax tem problemas na plataforma por causa do volume de acessos
Foto: Shutterstock

A NovaDAX, corretora brasileira de criptomoedas ligada a um grupo chinês, comunicou nesta sexta-feira (16) que sua plataforma está instável por causa do número de acessos.

“Caro cliente, devido ao alto número de acessos estamos enfrentando instabilidade em nossas plataformas”, disse a exchange em e-mail enviado aos clientes.

Publicidade

Na mensagem, a corretora também disse que já identificou o problema e está “atuando para restaurar a estabilidade o mais breve possível”.

No grupo do Telegram da NovaDAX, usuários comentaram a situação. “Vender está normal, para sacar o meu deu erro”, disse um deles.

Outro investidor escreveu que, por causa da instabilidade, “não está conseguindo vender Dogecoin (DOGE)”. Nas últimas 24 horas, a criptomoeda baseada em meme de cachorro valorizou mais de 200% e se tornou a 5ª maior do mercado.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Wormhole diz pagar mais de 999% na semana em staking de novo token

Wormhole diz pagar mais de 999% na semana em staking de novo token

Token W, lançado esta semana, está chamando atenção ao render mais de 999% em staking na plataforma Kamino
Ilustração de correntes ilustradas com pequenos zeros e uns

Degen Chain: a rede de camada 3 que está chamando atenção com a febre das memecoins

Novidade no mercado, a Degen foi construída na Base, uma rede de camada 2 do Ethereum, e já tem tido uma forte alta no número de transações
Imagem da matéria: Entenda os planos do governo para mudar a tributação de criptomoedas no Brasil

Entenda os planos do governo para mudar a tributação de criptomoedas no Brasil

Caso a lei seja aprovada, os ganhos com criptomoedas serão tributados por meio do sistema de alíquota de renda variável
Imagem da matéria: Investidor transforma R$ 20 mil em R$ 178 milhões ao segurar Bitcoin por 12 anos

Investidor transforma R$ 20 mil em R$ 178 milhões ao segurar Bitcoin por 12 anos

Quando o investidor adquiriu 500 BTC em julho de 2012, a quantia valia R$ 20 mil; hoje, ultrapassa R$ 178 milhões