Imagem da matéria: Time de futebol europeu vai pagar jogadores com criptomoedas
(Foto: Gibutd/Divulgação)

O Gibraltar United F.C., time da primeira divisão da liga nacional local, anunciou, de acordo com o jornal inglês The Guardian, que vai passar a pagar jogadores em criptomoedas. O clube vai remunerar todos os atletas desta maneira a partir da próxima temporada, que começa em agosto.

Por meio do dono da equipe, Pablo Dana, um investidor na moeda criptografada Quantocoin, o clube conseguiu um patrocínio para possibilitar os pagamentos. Em primeiro lugar, de acordo com Dana, a ideia é deixar o clube “mais transparente” e facilitar a vida de alguns jogadores estrangeiros. Atletas de outros países têm dificuldades para abrir contas bancárias fora de suas terras natais.

Publicidade

Além disso, a pagar jogadores em cripto vai evitar os “escândalos de corrupção que assolam o futebol”, disse o dirigente. Não são raros os casos em que jogadores são pagos “por fora”, usando esquemas para evitar pagar impostos. Até mesmo os melhores do mundo foram pegos sonegando impostos, como Cristino Ronaldo, Messi e Neymar.

País é bom ambiente para criptomoedas

Gibraltar, segundo o dono do clube, “foi o primeiro lugar que regulamentou empresas de apostas há 20 anos, quando todos viam isso como algo horrível”. A investida do país em criptomoedas não é recente. Por isso, seria é um dos Estados mais avançados do mundo em termos de regulação financeira.

Em janeiro deste ano, o uso de blockchain em negócios foi regulamentado. Também está sendo preparada uma legislação para lidar com os ICOs. Também foi aberto um ramo da bolsa de valores dedicado exclusivamente a moedas cripto. Seis delas foram oferecidas na abertura: BTC, ETH, RKT, LTC, BCH and ETC.

Enquanto isso, no futebol Gibraltar não tem tanto destaque. A liga local foi reconhecida pela UEFA apenas em 2013. A maior conquista do país foi a vitória do Lincoln Red Imps sobre o Celtic, da Irlanda. A partida terminou 1 a 0 e foi válida pela Liga dos Campeões de 2016.

Publicidade

No entanto, não é a primeira vez em que um clube esportivo faz algum tipo de transação em bitcoin. Na Turquia, o Harunustaspor contratou o jogador Faruk Kiroglu e pagou uma parte em dinheiro e outra em bitcoin.

Outros exemplos de uso de criptomoedas no esporte estão ligados a sites de apostas, plataformas de jogos e promoções. O Arsenal, por exemplo, foi a primeira grande equipe mundial a assinar um contrato de patrocínio com uma empresa do ramo cripto. Em janeiro, o time inglês passou a ser apoiado pela CashBet.


Compre Bitcoin no Celular

A BitcoinTrade é a melhor plataforma para operar criptomoedas do Brasil.
Compre Bitcoin, Ethereum e Litecoin com segurança e liquidez, diretamente pelo app.
Baixe agora e aproveite, acesse: www.bitcointrade.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Moedas de bitcoin sob bandeira da Argentina

Argentina sanciona lei que permite aumento de capital de empresas com criptomoedas

Javier Milei também nomeou um especialista em blockchain para liderar Agência Federal de Segurança Cibernética
Imagem da matéria: Diretor da Binance no Brasil faz reunião com Banco Central para tratar sobre “supervisão”

Diretor da Binance no Brasil faz reunião com Banco Central para tratar sobre “supervisão”

Sobrinho do Ministro da Economia, Guilherme Haddad Nazar irá se encontrar o diretor de fiscalização e a diretora de supervisão de conduta do BC
Ilustração de bandeira do Brasil dentro moeda de Bitcoin

Brasil é o 6º país com maior adoção de criptomoedas do mundo

Ranking global de adoção de criptomoedas é liderado pelos Emirados Árabes, com 25%; Brasil aparece em 6º, com 17,5%
moeda de bitcoin ao lado de celular com logo da mt gox

36% do Bitcoin da Mt. Gox já foi distribuído aos credores, diz analista

Com operação feita ontem, a Mt. Gox já distribuiu mais de um terço dos 141.686 BTC que deve aos credores