Imagem da matéria: Fundos de criptomoedas do Brasil captam R$17 milhões em semana de saques no resto do mundo
Foto: Shutterstock

Os fundos de investimento com exposição a criptomoedas tiveram saídas de US$ 15,8 milhões em recursos na última semana, encerrando uma sequência de 11 semanas positivas para o setor, segundo dados publicados pela CoinShares na segunda-feira (18).

Apesar do desempenho negativo, no acumulado do ano os fundos cripto totalizam entradas de US$ 1,87 trilhão, enquanto no mês de dezembro também o resultado é positivo, de US$ 55,6 milhões.

Publicidade

Enquanto isso, de acordo com a CoinShares, a atividade de trade permaneceu bem acima da média do ano, totalizando US$ 3,6 bilhões na semana, contra uma média acumulada em 2023 de US$ 1,6 bilhão.

Brasil contraria tendência e fica no verde

Apesar do resultado total negativo na semana, o Brasil contrariou o mercado global e registrou US$ 3,5 milhões (R$ 17 mi) em entradas de recursos nos fundos cripto. Essa captação fez o Brasil registrar o terceiro melhor desempenho entre os países acompanhados pela CoinShares.

A maior entrada na semana ficou com a Suíça, com US$ 9,1 milhões, seguida pelo Canadá, com US$ 6,9 milhões.

Do lado negativo, as saídas concentraram-se principalmente nos Estados Unidos, cujos fundos diminuíram em US$ 18 milhões, enquanto a Alemanha viu seus fundos perderem US$ 10 milhões.

Publicidade

“Os fluxos regionais mistos sugerem que esta situação esteve mais relacionada com a realização de lucros do que com uma mudança no sentimento em relação à classe de ativos”, disse a CoinShares em nota.

Fluxo de recursos para fundos de criptomoedas dividido por país (Fonte: Bloomberg e Coinshares)

Bitcoin lidera retiradas

Entre as criptomoedas, os produtos baseados em Bitcoin (BTC) foram os que mais sofreram, registrando saídas de US$ 33 milhões na semana passada, enquanto os fundos operando posições vendidas (short) em Bitcoin apresentaram saídas menores, de US$ 300 mil.

Por outro lado, as altcoins foram no sentido oposto, com a entrada de US$ 21 milhões em fundos, condizendo com o desempenho de algumas criptos na semana passada. Os destaques ficaram com Solana, Cardano, XRP e Chainlink, com entradas de US$ 10,6 milhões, US$ 3 milhões, US$ 2,7 milhões e US$ 2 milhões, respectivamente.

Fluxo de recursos para fundos cripto separado por criptomoeda (Fonte: CoinShares e Bloomberg)
You May Also Like
Imagem da matéria: Saiba quais serão os próximos passos do Banco Central para regular o setor cripto

Saiba quais serão os próximos passos do Banco Central para regular o setor cripto

Banco Central deve realizar uma nova consulta em breve e a expectativa ainda é que a regulação final do setor cripto seja publicada em 2024
Imagem da matéria: Mercado Bitcoin se junta ao MIT em webinar sobre Drex e economia digital

Mercado Bitcoin se junta ao MIT em webinar sobre Drex e economia digital

Mercado Bitcoin participará do webinar “Drex: o futuro da economia digital no Brasil”, organizado em parceria com o MIT Technology Review Brasil
Imagem da matéria: Milionários de Solana esperam ROI de 4.600% em 2024 com este token obrigatório

Milionários de Solana esperam ROI de 4.600% em 2024 com este token obrigatório

Pullix é uma plataforma de negociação híbrida que integra segurança, alta liquidez e comissão zero nas transações
Imagem da matéria: Token Pandora volta a subir, mas um padrão rival do Ethereum está chegando

Token Pandora volta a subir, mas um padrão rival do Ethereum está chegando

O Pandora, um token híbrido Ethereum e NFT usando o padrão ERC-404 está se recuperando, mas há um novo concorrente “semifungível”