Imagem da matéria: Fundos de criptomoedas batem recorde em entrada de recursos semanal: R$ 12 bilhões
Shutterstock

Na última semana, os fundos de investimento de criptomoedas testemunharam um influxo recorde de US$ 2,45 bilhões (R$ 12,1 bilhões), elevando o total de ativos sob gestão (AuM) para US$ 67 bilhões, o nível mais alto desde dezembro de 2021. Os números são da CoinShares, que divulga semanalmente os dados.

Comandando esse crescimento, os Estados Unidos lideraram com quase a totalidade dos influxos, totalizando US$ 2,4 bilhões, indicando um crescente interesse em ETFs cripto.

Publicidade

Por sua vez, o Brasil continuou a trilhar um caminho ascendente, captando US$ 1,3 milhão na semana. Mas outros países viram um influxo de renda nos fundos muito maior: US$ 16,7 milhões na Suíça, US$ 13,3 milhões na Alemanha e US$ 3,1 milhões na Austrália.

No lado negativo da balança estão Suécia e Canadá, que registraram, respectivamente, saídas de US$ 26,3 milhões e US$ 100 mil.

BlackRock segue na liderança

O influxo massivo de recursos em fundos de criptoativos foi liderado por destacados players do mercado. O iShares, da BlackRock, teve um aporte de US$ 1,61 bilhão na semana. Já o ETF da Fidelity teve entradas de US$ 648,6 milhões.

Enquanto isso, o êxodo em massa do antigo produto da Grayscale continua: US$ 623,3 milhões retirados do Investments LLC. Os investidores estão migrando desse produto para os ETFs de Bitcoin à vista, lançados em janeiro desse ano.

Publicidade

Engasgo na Solana é refletido

Na análise por tipo de ativos, a novidade vem no saldo negativo dos fundos que aplicam exclusivamente em Solana. A saída de US$ 1,6 milhão desses produtos tem como uma das explicações os problemas que deixaram a blockchain Solana parada por cinco horas no dia 6 de fevereiro.

VOCÊ PODE GOSTAR
silhueta de executivo triste em frente a computador

Trader que lucrou milhões com manipulação de preços vai a julgamento; caso pode impactar setor DeFi

Trader que lucrou US$ 100 milhões manipulando preços na exchange descentralizada Mango Markets começa a ser julgado hoje nos EUA
Mineração

Mineradores de Bitcoin disputam mercado com Inteligência Artificial antes do halving, diz Bernstein

Um novo relatório da empresa de investimento destaca o aumento da concorrência entre dois setores que exigem energia e poder de processamento
Imagem da matéria: Clientes brasileiros da FTX vivem expectativa de pagamento e medo de novos golpes

Clientes brasileiros da FTX vivem expectativa de pagamento e medo de novos golpes

Grupo de brasileiros se unem no Telegram para tentar entender comunicações da massa falida da FTX em meio ao receio de novos golpes
Imagem da matéria: Banco do Brasil e BTG estão entre os maiores detentores do ETF de Bitcoin da BlackRock

Banco do Brasil e BTG estão entre os maiores detentores do ETF de Bitcoin da BlackRock

Segundo Eric Balchunas, da Bloomberg, as 30 instituições são responsáveis por apenas 0,2% de tudo que o ETF da BlackRock tem