Estudantes em frente ao computador
Shutterstock

A Escola de Economia de São Paulo (FGV EESP) vai começar a receber inscrições para a 3ª edição do Desafio de Dados (Datathon) a partir da próxima quinta-feira (1). A iniciativa, que premia em até R$ 8 mil reais os vencedores, tem como objetivo fomentar estudos e atividades envolvendo criptomoedas e promover a integração de alunos de graduação de todo o Brasil.

O Datathon é uma competição on-line em que cada equipe é desafiada a trabalhar em problemas do mundo real em temas relacionados às criptomoedas que serão fornecidos no dia de abertura do evento. “Haverá um comitê que analisará as soluções enviadas pelos grupos e selecionará as equipes vencedoras”, diz a nota da organização.

Publicidade

Nesta terceira edição, o desafio começa no dia 10 de outubro. Segundo informações do evento, a iniciativa tem apoio da Ripple, University Blockchain Research Initiative (UBRI), Hashdex, QR Asset, GV Code, USP-UBRI e Portal do Bitcoin.

Regulamento

Para se inscrever no Datathon, as equipes devem ser compostas por no mínimo três e máximo cinco integrantes, “todos regularmente matriculados em algum curso de graduação no Brasil”. Segundo a organização, serão selecionadas no máximo 20 equipes participantes.

“Em caso do número de equipes inscritas superar o número de vagas, além do critério de qualificação dos membros, dar-se-á preferência pela diversidade regional e pela participação de minorias tipicamente pouco representadas no ecossistema de criptomoedas (como gênero feminino, por exemplo)”, diz a nota da EESP.

As equipes vencedoras receberão um total de R$ 15 mil, distribuídos da seguinte forma: R$ 8 mil, R$ 5 mil e R$ 2 mil, respectivamente para o 1º, 2º e 3º lugar, além de um certificado.

Publicidade

Além disso,  serão ofertadas vagas gratuitas para os cursos Blockchain (45h) e Criptofinanças (45h), do Mestrado Profissional em Finanças e Economia da FGV EESP, com início das aulas previsto para o 1o e 3o trimestres de 2023, respectivamente. As vagas, porém, serão distribuídas de acordo com suas disponibilidades. Clique aqui para mais informações e ler o regulamento.

Evento: Datathon

Inscrições: de 01/09 a 11/10

Início: 14/10

Local: On-line, via Zoom

Edições anteriores do desafio FGV

Na segunda edição do desafio, que ocorreu no ano passado com encerramento em dezembro, quem levou o prêmio máximo de R$ 8 mil foi a equipe FGV Crypto com o projeto “Estratégia de investimento não-direcional utilizando opções de criptoativos”.

O projeto foi baseado em um modelo de compra e venda de criptomoedas que minimiza o problema da volatilidade.

Na primeira edição, que ocorreu entre agosto e  setembro de 2020, os times finalistas foram: EvolvingChain; Pirates.py; Grupão. Eles desenvolveram suas soluções em temas como previsão, detecção de atividades ilícitas, lei do preço único e pump and dump. 

Esse é o melhor momento da história para investir em cripto! E agora, você pode ter acesso a um curso exclusivo com os maiores especialistas em cripto para aprender os fundamentos e as técnicas que te ajudam a navegar nas altas e baixas do mercado. Inscreva-se aqui

Talvez você queira ler
Arte digital mostra mãos operando um celular que projeta moedas

Lei que regula criação de moedas sociais em cidades brasileiras avança na Câmara

PL prevê que as moedas sociais sejam emitidas apenas de forma digital e usem tecnologia blockchain para evitar fraudes
Imagem da matéria: Rede de segunda camada do Ethereum, Blast já tem R$ 1,8 bilhão aplicados por usuários

Rede de segunda camada do Ethereum, Blast já tem R$ 1,8 bilhão aplicados por usuários

A ideia do Blast é que os usuários depositem criptomoedas, principalmente Ethereum (ETH) e stablecoins, para obter retornos com staking
Imagem da matéria: Hacker exige controle total sobre exchange; em troca, promete dobrar salário de funcionários

Hacker exige controle total sobre exchange; em troca, promete dobrar salário de funcionários

O hacker que roubou US$ 47 milhões da KyberSwap disse que se as demandas forem cumpridas, irá comprar a empresa por um “valor justo” e dobrar o salário de todos
Binance

Justiça proíbe Binance de acessar R$ 430 milhões bloqueados em disputa com Capitual

Disputa entre Binance e Capitual já dura mais de um ano; Justiça já alterou quatro vezes a decisão sobre bloqueio dos R$ 430 milhões