Imagem da matéria: Executivo de criptomoedas cai em golpe de phishing e tem coleção NFT roubada
Kevin Rose, CEO da Proof (Reprodução Decrypt/Wikimedia)

O mundo das criptomoedas às vezes ainda se parece muito com o Velho Oeste, especialmente quando até mesmo experientes criadores e colecionadores de Tokens Não Fungíveis (NFTs) são vítimas de ataques que normalmente atingem traders menos experientes. Foi o que aconteceu novamente na quarta-feira (25) com Kevin Rose, fundador da Proof, a criadora da popular coleção NFT Moonbirds. Ele avisou que sua carteira Ethereum foi hackeada e que ativos valiosos foram roubados.

Um total de 40 NFTs foram aparentemente retirados de sua carteira krovault.eth, incluindo cerca de 25 Chromie Squiggles do projeto Art Blocks, bem como um valioso NFT Autoglyphs do criador original dos CryptoPunks, a Larva Labs. Rose confirmou o roubo através de um tweet logo após a especulação começar a circular no Twitter.

Publicidade

“Fui hackeado, fiquem atentos aos detalhes”, tuitou. “Por favor, evite comprar Squiggles até que os sinalizemos (acabei de perder 25) + alguns outros NFTs (um Autoglyphs).”

Os dados da carteira pública exibidos no mercado OpenSea mostram que Rose aparentemente começou a transferir alguns de seus NFTs mais valiosos para fora da krovault.eth logo após o fim do ataque, incluindo CryptoPunks e trabalhos do artista XCOPY.

Desde então, os bens roubados foram sinalizados pela OpenSea, o que significa que atualmente não podem ser vendidos nesse mercado específico. No entanto, isso não limita a capacidade de transferir os NFTs ou tentar vendê-los através de outra plataforma.

O hacker roubou pelo menos US$ 1 milhão em NFTs, com base no preço mínimo atual (ou o NFT mais barato listado) das coleções mais notáveis, embora alguns dos NFTs individuais possam ser avaliados a preços muito maiores do que o preço mínimo.

Publicidade

O preço mínimo de NFTs da coleção Chromie Squiggles é atualmente de 13,3 ETH, por exemplo, ou cerca de US$ 20.715 cada. Rose perdeu 25 deles no ataque. Comprar um Autoglyphs atualmente custaria 315 ETH a um comprador no OpenSea, ou cerca de US$ 491 mil.

Como o nome indica, a carteira krovault.eth de Rose deve ser usada por ele como um cofre para bloquear seus ativos de alto valor —provavelmente uma carteira “fria” ou de hardware. É descrito como tal em seu perfil OpenSea, que exibe a frase, “carteira bloqueada.” Rose pode ter conectado a carteira ao OpenSea e ter sido vítima de um ataque.

Ataque de phishing

Em uma thread post-mortem compartilhada esta tarde, o VP de Engenharia da Proof, Arran Schlosberg, escreveu que Rose foi “vítima de um ataque phishing para assinar uma assinatura maliciosa que dava permissão ao hacker de transferir um grande número de tokens de alto valor.”

“Este ataque foi um clássico de engenharia social, enganando [Rose] em uma falsa sensação de segurança”, continuou ele. “O aspecto técnico do hack foi limitado à elaboração de assinaturas aceitas pelo contrato de mercado da OpenSea.”

Publicidade

Schlosberg acrescentou que os próprios ativos da Proof não foram afetados e que Rose e a equipe estão em contato com as equipes antifraude da OpenSea e da fabricante de carteiras de hardware, a Ledger, e “estão considerando todos os caminhos, inclusive legais.”

O Decrypt procurou Rose para mais detalhes logo após o ataque, mas ele não respondeu.

O detetive de blockchain pseudônimo, ZachXBT, twittou que a mesma carteira que roubou os NFTs de Rose aparentemente roubou 75 ETH (cerca de US$ 121 mil) de outra vítima um pouco mais cedo na quarta-feira. Eles escreveram que o hacker converteu o ETH roubado em Bitcoin e, em seguida, o enviou através de um serviço de misturador de criptomoedas para esconder o caminho dos valores transferidos.

*Traduzido por Gustavo Martins com autorização do Decrypt.

Já pensou em inserir o seu negócio na nova economia digital? Se você tem um projeto, você pode tokenizar. Clique aqui, inscreva-se no programa Tokenize Sua Ideia e entre para o universo da Web 3.0!

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Reserva de Bitcoin de mineradores bate mínima em três anos com vendas antes do halving

Reserva de Bitcoin de mineradores bate mínima em três anos com vendas antes do halving

Diferente do que aconteceu antes do halving de 2020, desta vez os mineradores aproveitaram a recente disparada do Bitcoin para vender parte de suas reservas
Imagem da matéria: Veja quem são as 22 pessoas mais ricas do setor de criptomoedas em 2024

Veja quem são as 22 pessoas mais ricas do setor de criptomoedas em 2024

Conheça as pessoas mais ricas do mercado cripto que apareceram na lista de bilionários da Forbes de 2024
moedas de bitcoin e ethereum sobre mesa envernizada

Manhã Cripto: Bitcoin recua para US$ 70 mil e Ethereum desacelera após maior salto em mais de um mês

Traders de criptomoedas pisam no freio nesta terça-feira (9) depois do rali do Ethereum durante a madrugada
Imagem da matéria: Ex-ministro do Petróleo da Venezuela é preso por corrupção com uso de criptomoedas

Ex-ministro do Petróleo da Venezuela é preso por corrupção com uso de criptomoedas

O ex-ministro Tareck El Aissami foi preso por participar de esquema que desviou US$ 15 bilhões da venda de petróleo usando criptoativos