Imagem da matéria: Ex-funcionários da Braiscompany são presos pela Polícia Federal 
Antônio Neto Ais e Fabrícia Campos, casal que criou a Braiscompany (Foto: Reprodução/Instagram)

Três ex-funcionários da Braiscompany, a pirâmide financeira que lesou milhares de investidores na Paraíba, foram presos na sexta-feira (23) pela Polícia Federal. 

A prisão foi executada pela delegacia de Foz do Iguaçu, no Paraná, região de fronteira do Brasil com Argentina e Paraguai, após o serviço de inteligência da PF localizar os alvos.

Publicidade

Segundo o G1, as autoridades confirmaram que os três ex-funcionários da Braiscompany eram foragidos da Operação Halving, que foi deflagrada em fevereiro deste ano para derrubar o esquema fraudulento de criptomoedas da Brais.

Segundo o advogado Artêmio Picanço, os alvos presos foram Victor Hugo, Sabrina Lima e Arthur Lima, ex-funcionários que mantinham uma relação mais próxima com a liderança da empresa.

Apesar das prisões de ontem, os dois principais líderes da Braiscompany, Antônio Neto Ais e Fabrícia Campos, seguem foragidos da PF e alvos de alerta vermelho da Interpol.

CPI das Pirâmides Financeiras convoca Brais

O deputado Aureo Ribeiro (Solidariedade/RJ), presidente da CPI das Pirâmides Financeiras instaurada na Câmara para investigar os esquemas que usam criptomoedas para enganar investidores brasileiros, pediu na última segunda-feira (19) a convocação dos líderes da Braiscompany para prestar depoimentos na comissão.

Publicidade

Ribeiro solicitou que Neto Ais seja convocado “para prestar esclarecimentos acerca das suspeitas de envolvimento em fraudes com investimentos em criptomoedas envolvendo a empresa”.

Já o deputado Júnior Mano (PL/CE), membro da comissão, foi mais incisivo. Seu requerimento foi para que Neto Ais e Fabrícia Campos sejam convocados na condição de investigados. 

“A presença dos mesmos é indispensável para que se possa investigar a fundo as práticas fraudulentas da empresa, bem como identificar outros envolvidos e adotar as medidas necessárias para reparar os prejuízos causados aos investidores e à sociedade como um todo”, afirmou Mano. 

O deputado pediu que fossem tomadas “todas as providências cabíveis” para a convocação de Antônio e Fabrícia. Ambos os requerimentos serão voltados pelos demais membros da CPI na próxima reunião do grupo, marcada para terça-feira (27).

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Bitso lança carteira Web3 para facilitar conexão com aplicativos DeFi

Bitso lança carteira Web3 para facilitar conexão com aplicativos DeFi

Bitso Web3 Wallet suporta Ethereum, Polygon, Arbitrum, Base e Optimism e permite acesso a mais de 2 mil tokens
Moeda de Ethereum na frente de gráfico

Ethereum pode surpreender positivamente nos próximos meses, diz Coinbase

Subindo menos que outras criptomoedas em 2024, o Ethereum pode se recuperar e superar seus pares nos próximos meses, avalia a Coinbase
Hacker com capuz sorri no escuro

“Fizemos besteira”: Gala Games confirma hack de de R$ 1,2 bilhão

Um invasor usou um exploit para cunhar e roubar 5 bilhões de tokens da Gala Games (GALA)
Imagem da matéria: Volume de negociação de 'Notcoin' ultrapassa US$ 1 bilhão no maior airdrop de jogos de 2024

Volume de negociação de ‘Notcoin’ ultrapassa US$ 1 bilhão no maior airdrop de jogos de 2024

Jogo Notcoin, baseado no Telegram, lançou mais de 80 bilhões de tokens para cerca de 35 milhões de jogadores em um airdrop