Imagem da matéria: Ex-CNN Leandro Narloch lucrou R$ 1 milhão com Bitcoin mas perdeu na Atlas Quantum: “Pirâmide”
Leandro Narloch no Flowpodcast (Foto: Youtube/Divulgação)

O jornalista Leandro Narloch, ex-CNN, contou na terça-feira (23) suas vitórias e derrotas no mercado de criptomoedas durante a edição 208 do Flow Podcast, apresentado pelos youtubers Monark e Igor 3k.

Segundo ele, depois de lucrar R$ 1 milhão com a valorização do Bitcoin (BTC) e Ethereum (ETH), comprados em 2014, ele resolveu apostar de novo no BTC três anos depois. No entanto, depois de um tempo, acabou perdendo boa parte na Atlas Quantum, que ele não hesitou em chamar de “pirâmide”.

Publicidade

“Eu peguei uma grana e comprei. E daí deu muito certo. Mas depois perdi porque eu estava naquela Atlas Quantum, que foi uma pirâmide”, disse.

Ele tentou explicar o caso do sumiço dos bitcoins que a empresa alegou. Na ocasião, após uma gama de pedidos de saque — gerados pela desconfiança de um suposto robô de arbitragem —, o CEO da Atlas, Rodrigo Marques, disse que os bitcoins estavam presos em corretoras no exterior.

“Não sei se é mentira; até hoje eu não sei o que aconteceu”, disse Narloch. “Era muito dinheiro ali, os caras tinham propaganda no Jornal Nacional”, acrescentou.

Bitcoin x Real

No decorrer da conversa, Monark falou sobre a valorização do Bitcoin em meio à epidemia do coronavírus. Narloch, então, mostrou sua visão sobre a criptomoeda.

Publicidade

“As pessoas falam que é um investimento arriscado que não é uma reserva de valor… É verdade, ele é muito volátil. Mas, porra, você investe em Real!”, disse às gargalhadas.

Monark, que no mês passado revelou que perdeu R$ 300 mil com ações, completou: “Pois é, você investe na Bolsa pô”.

As criptos de Leandro Narloch

Enquanto estudava na Inglaterra, em 2014, Narloch disse que leu uma reportagem sobre o ETH e se interessou pela criptomoeda.

Como ele já possuía 2 BTCs, de um deles tirou 30% e comprou 600 ETHs, que custava na época cerca de R$ 1. Depois disso, esqueceu o negócio.

Publicidade

Segundo ele, um tempo depois lembrou das criptomoedas e resolveu consultar.

“Quando eu vi, aqueles R$ 600 reais tinham virado R$ 20 mil”, contou, acrescentando que na hora não sabia como lidar com a situação.

Com calma depois, resolveu investir metade do valor em Bitcoin e deixar o restante no mesmo lugar. Conforme detalhou, o resultado foi mais surpreende.

“Daí eu ganhei R$ 1 milhão com negócio cara; foi bizarro. Vendi cada um a 600 dólares, foi muito louco”, disse, deixando os apresentadores boquiabertos.

Jornalista teve dados vazados

Leandro Narloch foi uma das pessoas que teve seus dados na Atlas Quantum vazados há cerca de dois anos.

Na ocasião um hacker invadiu o sistema da empresa e vazou tanto as informações sobre Bitcoins quanto de identidade de 264 mil clientes. O jornalista na época tinha 21 BTCs na plataforma.

De acordo com uma lista de saques obtida pelo Portal do Bitcoin no ano passado, Narloch tentou realizar saques de 5,5 BTC e 0,4 BTC ainda em outubro daquele ano. Mas não conseguiu. Naquela época, a Atlas já apresentava problemas e os dois saques foram cancelados.

Publicidade

O fim da Atlas

No mês passado, completou um ano do que seria o início do fim da Atlas, com a proibição da Comissão de Valores Mobiliários (CVM). 

O que foi vendido como uma oportunidade de fazer muita grana, na verdade nunca passou de um castelo de cartas desmoronando.
Relembre os momentos mais marcantes da crise da empresa clicando aqui.

VOCÊ PODE GOSTAR
Policial algemando suspeito durante a noite

Médico perde R$ 500 mil em criptomoedas após encontro por aplicativo e sequestro; suspeitos são presos

Os sequestradores que aplicaram o famoso ‘golpe do amor’ foram presos rapidamente pela PM de SP; Polícia Civil investiga o paradeiro dos ativos
Policiais federais fotografados de costas

PF e Receita Federal caçam grupo suspeito de lavagem de dinheiro com criptomoedas

Policiais federais e auditores-fiscais se mobilizaram em quatro estados para cumprir mandados de prisão, busca e apreensão em um esquema de importações ilegais
logo do bitcoin em cima de livro

Goiânia recebe lançamento do livro “101 Perguntas Sobre Bitcoin”

A obra da Editora Portal do Bitcoin escrita pelo engenheiro Breno Brito serve como um guia para compreensão da criptomoeda mais popular do mundo; veja como participar
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin ensaia recuperação e Trump diz apoiar a mineração de BTC nos Estados Unidos

Manhã Cripto: Bitcoin ensaia recuperação e Trump diz apoiar a mineração de BTC nos Estados Unidos

Donald Trump disse, após um evento de campanha com mineradores de Bitcoin, que ele quer “todo o Bitcoin restante feito nos EUA”