Imagem da matéria: Atlas Quantum não tem 5 mil bitcoins presos e falsificou vídeo, diz HitBTC
Foto: Shutterstock

*Atualização: Reportagem foi atualizada após novas declarações da HitBTC, onde a empresa alega que a Atlas falsificou o vídeo onde mostrava possuir quase 5 mil BTCs na exchange.

A exchange HitBTC negou nesta quarta-feira (02) que a Atlas Quantum tenha 5 mil bitcoins presos na plataforma e posteriormente, veio a público dizer que o vídeo produzido pela empresa brasileira foi forjado. A exchange também afirmou que a equipe da Atlas não fez nenhum pedido oficial de assistência à plataforma.

Publicidade

Ao receber o questionamento do usuário Sandro Salgado sobre se era verdade que a corretora estava retendo fundos por problemas de KYC, a empresa respondeu pela rede social:

“Não podemos confirmar as reivindicações recentemente publicadas pela Atlas Quantum sobre a HitBTC, visto que não temos contas bloqueadas com saldo igual ou semelhante. Além disso, ainda não recebemos nenhum pedido oficial de assistência da equipe da Atlas Quantum”.

Outro usuário, chamado VDR the great, fez uma pergunta similar e postou o vídeo do Youtube no qual a Atlas Quantum grava o acesso a contas de três exchanges diferentes, entre elas a HitBTC.

A resposta foi parecida: “Não confirmamos as reivindicações da Atlas Quantum. Nós não bloqueamos nenhuma conta com fundos iguais ou similares aos mostrados no vídeo deles”.

Publicidade

Horas após a primeira declaração, a HitBTC voltou no twitter para desmentir o vídeo da Atlas, mostrando duas fotos para comprovar que a empresa brasileira teria falsificado o vídeo.

Na primeira foto, a HitBTC mostra três inconsistências no vídeo, que não condizem com a realidade da plataforma, segundo a própria exchange.

A primeira é que os números referente ao saldo estão muito próximo do ícone de depósito. O segundo erro, é que não deveria haver uma vírgula de separação da casa do milhar. Por fim, os saldos das criptomoedas não estão alinhados corretamente.

Imagem compartilhada pela HitBTC das inconsistências apresentadas no vídeo da Atlas

Como comparação, a HitBTC publicou uma segunda foto de como é a interface original da plataforma.

Imagem compartilhada pela HitBTC de como é a plataforma

Em vídeo publicado no dia 18 de setembro, para comprovar a existência dos fundos da empresa, a Atlas Quantum mostrou um saldo somado de 4808 BTC e 1474 BTC em USDT (stablecoin lastreada em dólar), equivalente a mais de US$ 54 milhões na cotação atual, em três contas da empresa na exchange HitBTC.

Publicidade

Além dessas contas, a Atlas mostrou mais seis contas divididas entre Poloniex e Gate.io, com 10200 BTC e 3086 BTC em USDT.

Questionada, a empresa não se manifestou até a publicação desta reportagem.

Atlas Quantum em crise

Embora não esteja pagando os clientes, a Atlas comprou na semana passada a AnubisTrade, uma empresa que afirmava ter então 253 Bitcoin sob custódia. Após a venda a Anubis também começou a atrasar os pagamentos.

O anúncio foi feito pela página da empresa no Facebook e confirmado por Matheus Grijó, o dono da Anubis e desenvolvedor do robô de trading.

A situação da empresa vai de mal a pior: em uma recente audiência na Câmara dos Deputados, Emília Campos, ex-diretora de compliance da Atlas, afirmou que havia sido demitida por fazer perguntas demais.

Também presente, o CEO Rodrigo Marques sofreu nas mãos do deputado federal Aureo Ribeiro e não conseguiu explicar os atrasos dos pagamentos mesmo depois de ser questionado quatro vezes.

Publicidade
VOCÊ PODE GOSTAR
Moeda do Bitcoin envolta por raios (Lightning Network)

Lightning Labs está trazendo stablecoins para a blockchain do Bitcoin

“Ideia é ter dólares criptografados e stablecoins na blockchain do Bitcoin”, explicou Elizabeth Stark, CEO da Lightning Labs
Imagem da matéria: Herdeiro paga R$ 2,2 milhões em Bitcoin para resgatar vítima de sequestro em Petrópolis, mas é enganado

Herdeiro paga R$ 2,2 milhões em Bitcoin para resgatar vítima de sequestro em Petrópolis, mas é enganado

Ao todo, vítima gastou quase R$ 5 milhões nos pagamentos: além do envio de Bitcoin, foram 40 depósitos bancários
Imagem da matéria: '101 Perguntas sobre Bitcoin': Editora Portal do Bitcoin lança livro sobre a criptomoeda mais famosa do mundo

‘101 Perguntas sobre Bitcoin’: Editora Portal do Bitcoin lança livro sobre a criptomoeda mais famosa do mundo

A obra discorre os princípios técnicos da moeda até suas implicações socioeconômicas no contexto atual, de modo a proporcionar um entendimento profundo ao público geral
Pizza em uma mão moeda de bitcoin na outra

Bitcoin Pizza Day: Corretoras comemoram data histórica do Bitcoin com promoções; confira

Semana tem pizza grátis, cashback, joguinho e descontos em comemoração à primeira transação comercial com o Bitcoin realizada há 14 anos