Imagem da matéria: Ex-CEO da Binance.US entra para o Conselho da gestora brasileira Hashdex
Brian Brooks (Foto: Divulgação)

A gestora brasileira de fundos de investimento Hashdex anunciou nesta quinta-feira (20) a chegada de Brian Brooks para ser membro do Conselho Administrativo da companhia. O executivo ficou famoso no setor cripto por uma passagem conturbada de apenas três meses pela Binance U.S, a divisão norte-americana da maior corretora de criptomoedas do mundo. 

Leia também: Gestora brasileira toca sino de abertura da bolsa de NY seis meses após lançar fundo cripto nos EUA

Publicidade

Segundo comunicado, o Conselho agora passa de quatro para cinco membros e Brooks chega com a missão de diminuir o vão entre o mercado cripto e o sistema financeiro tradicional. 

“Os criptoativos estão mudando a economia de quase todos os setores em todo o mundo, permitindo que os indivíduos tenham uma participação acionária nas redes das quais participam”, disse Brooks no comunicado. 

Entre outros produtos, a Hashdex é responsável pelo HASH11, o maior ETF de cripto negociado na B3 (principal bolsa de valores do Brasil), com 210 mil cotistas e R$ 2,1 bilhões sob gestão. O produto tem em sua cesta ativos como Bitcoin, Ethereum, Litecoin, Chainlink, Bitcoin Cash, Stellar, Polkadot, Uniswap e Ethereum Classic. 

“Diferenças estratégicas”

O executivo foi CEO da Binance U.S entre maio e agosto de 2021. Ao sair, disse apenas que tinha “diferenças quanto à direção estratégica” da empresa.

Publicidade

Antes, atuou como chefe do jurídico global da Coinbase, maior corretora dos Estados Unidos e que tem capital aberto, entre setembro de 2018 e março de 2020. Ao sair da Binance, passou um tempo como diretor executivo da empresa de mineração Bitfury.

Além disso, ficou dez meses como chefe do Gabinete do Controlador da Moeda americana (OCC – Office of the Comptroller of the Currency), em cargo no qual foi indicado pelo então presidente Donald Trump. Seu período atuando no governo foi entre maio de 2020 e janeiro de 2021. 

Depois da empresa de mineração Bitfury, tornou-se sócio da firma de investimentos Valor Capital Group. Foi por indicação da empresa, que possui investimento em uma série de empresas do setor cripto, incluindo a Hashdex, que Brooks se tornou conselheiro da empresa brasileira. 

“A vasta experiência de Brian como líder em regulação financeira e na indústria cripto, ajudará a Hashdex a cumprir nossa missão de oferecer aos investidores acesso simples e seguro ao ecossistema cripto em desenvolvimento”, afirmou Marcelo Sampaio, Co-Fundador e CEO da Hashdex.

Publicidade

“Sua habilidade comprovada em impulsionar políticas públicas inovadoras e ponderadas é muito necessária neste momento, e estamos entusiasmados em tê-lo como parceiro e conselheiro.”

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Gnosis (GNO) dispara 20% após lançamento de plano para reviver o token

Gnosis (GNO) dispara 20% após lançamento de plano para reviver o token

Um programa de crescimento com aporte milionário de fundo cripto está sendo votado neste momento pelos usuários do GNO
Imagem da matéria: 8 ETFs de Ethereum à vista são aprovados pela SEC nos EUA

8 ETFs de Ethereum à vista são aprovados pela SEC nos EUA

Expectativa agora é que Ethereum possa renovar sua máxima histórica de novembro de 2021 e passar com folga a marca dos US$ 5 mil
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin e Ethereum abrem em queda e BlackRock supera Grayscale em número de BTC sob custódia

Manhã Cripto: Bitcoin e Ethereum abrem em queda e BlackRock supera Grayscale em número de BTC sob custódia

ETF de Bitcoin da BlackRock agora detém mais BTC do que sua rival, a tradicional Grayscale Bitcoin Trust
dupla de homens sendo presa

Irmãos são presos por roubo de R$ 130 milhões em ataque de 12 segundos na rede Ethereum

O procurador americano Damian Williams disse que “este suposto esquema era novo e nunca havia sido acusado antes”