Imagem da matéria: Empresa global de RP distribui fake news sobre o Banco Central do Brasil e o real digital
Banco Central do Brasil. (Foto: Agência Brasil)

A plataforma global de publicação de press releases PR NewsWire divulgou nesta quarta-feira (3) uma informação falsa de que o Banco Central teria fechado uma parceria com a empresa americana Kaj Labs para viabilizar o real digital.

O Portal do Bitcoin entrou em contato com o Banco Central, que disse a informação é falsa.

Publicidade

Alguns sinais demonstram a estranheza que envolve a Kaj Labs: é baseada em Seattle, mas o telefone de contato tem código de área da Califórnia e o número sequer existe. Além disso, o e-mail de contato é um número e tem um servidor genérico (email4pr).

O site da empresa não informa um meio de contato, mas é possível achar o perfil de seu fundador no Linkedin: Joel Kasr.

A reportagem do Portal do Bitcoin entrou em contato com a PR NewsWire para saber mais informações sobre a empresa e se existe algum método de checagem das informações que são publicadas na plataforma. Não houve retorno até a publicação deste texto.

No texto divulgado, a empresa afirma que sua rede, chamada litosphera, seria utilizada pelo Banco Central do Brasil para tokenizar títulos e métodos de pagamento e aplicaria a tecnologia do blockchain no sistema.

O golpe é feito por alguém que conhece a realidade do Brasil: grande parte do texto fala sobre como o PIX revolucionou os meios de pagamento e cita o presidente do BC, Roberto Campos Neto.

Publicidade

Plataformas para legitimar golpe

Os conteúdos da PR Newswire chegam a quase 10 mil sites pelo mundo, segundo informa a companhia, sendo quase metade nos Estados Unidos.

Os golpes no universo de criptomoedas envolvendo grandes plataformas de divulgação de press releases têm sido comuns. Em setembro deste ano a Globe NewsWire divulgou um release, que foi publicado por veículos de imprensa, que a gigante do varejo Walmart iria passar a aceitar Litecoin como meio de pagamento. Tratava-se de uma mentira.

A notícia chegou a ser tuítada pelo perfil oficial da Litecoin e mais tarde foi apagada. A própria agência de notícias Reuters também chegou a divulgar a informação.

Também por meio da Globe NewsWire foi feito o golpe do CryptoEats no Reino Unido. Conforme mostra reportagem da Vice, uma falsa empresa com o nome CryptoEats ficou algumas semanas promovendo seu lançamento por meio de influenciadores em redes sociais e pela imprensa tradicional.

Publicidade

Os golpistas lançaram o token, liquidaram e sumiram. O press release foi divulgado pela Globe Newswire e publicado pelo portal Yahoo Finanças do Reino Unido. O texto dizia que o fundador da startup se chamava Wade Phillips e que a companhia já havia estabelecido uma parceria com o McDonald’s. Tudo era mentira, para dar legitimidade ao golpe.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: "Jogo do Tigrinho" deve ser liberado pelo governo do Brasil; veja regras

“Jogo do Tigrinho” deve ser liberado pelo governo do Brasil; veja regras

A liberação do “Jogo do Tigrinho” deve ser feita por meio de portaria que será emitida pelo Ministério da Fazenda
Closem em mãos de um homem que usa algemas

Suspeito de desviar R$ 30 milhões da Gerdau e converter em Bitcoin é preso por esquema com Nego Di

Em 2020, a metalúrgica Gerdau foi vítima de um roubo de R$ 30 milhões por meio de transferências de contas do banco Santander
Ronaldinho Gaúcho em vídeo promovendo Olymp Trade

CVM aplica multa de R$ 680 mil em corretora promovida por Ronaldinho Gaúcho

Promovida pelo ex-craque da Seleção, Ronaldinho Gaúcho, a Olymp Trade prometia retornos de até 92%
mão segura celular com logo do whatsapp

WhatsApp pirata pode estar minerando criptomoedas no seu celular sem você saber

Conhecidos como WhatsApp GB, Aero e Plus, as cópias não autorizadas do app oficial da Meta podem abrir portas para vazamento de mensagens, fotos e áudios, dizem especialistas