Imagem da matéria: Empresa desenvolve caça militar pilotado por Inteligência Artificial para a Força Aérea dos EUA
O avião autônomo XQ-58 Valkyrie (Kratos Defence)

No que pode ser outro sinal da adoção crescente da Inteligência Artificial (AI, na sigla em inglês) – ou o surgimento da Skynet – os fornecedores da indústria militar dos EUA estão usando cada vez mais AI nos campos de batalha. Uma dessas empresas é a Kratos Defense, criadora do jato de combate não tripulado XQ-58A, também conhecido como Valkyrie.

O Valkyrie é um caça furtivo experimental que voou pela primeira vez sem nenhum humano a bordo em 2019. O XQ-58A teve seu mais recente voo bem-sucedido no mês passado, voando em formação com outros aviões da Força Aérea dos EUA.

Publicidade

“O XQ-58 pode ser empregado como arma em um ambiente hostil, permitindo que o piloto [humano] permaneça mais longe da ameaça, em uma posição menos vulnerável”, Steve Fendley, presidente da Divisão de Sistemas Não Tripulados da Kratos, disse ao Decrypt.

Leia também: Militares dos EUA treinam Inteligência Artificial para combater em guerras e guardar segredos de Estado

Lançada inicialmente em 1994 como Wireless Facilities Incorporated para fornecer serviços de telecomunicações, a empresa sediada em San Diego mudou sua marca para Kratos Defense em 2007. Ela mudou seu foco para fornecer serviços ao governo dos EUA, especificamente ao Departamento de Defesa (DoD, em inglês).

Em junho, a Kratos Defense contratou o desenvolvedor de inteligência artificial Shield AI para integrar um piloto de AI no Valkryie para aprimorar as capacidades do caça e desenvolver opções de AI inteligentes e, esperançosamente para os contribuintes americanos, acessíveis, para as forças armadas dos EUA.

Fendley não disse que tipo de protocolos de segurança o Departamento de Defesa exige, mas afirmou que a Kratos segue os padrões do DoD para suas aeronaves e que existem vários níveis de medidas de segurança do governo dos EUA em vigor para interfaces físicas e digitais.

Publicidade

“O Valkyrie está mudando o paradigma da tecnologia tática”, disse Fendley. “Esperamos que o XQ-58 desempenhe um papel de liderança para os ramos militares dos EUA, e nossos programas atuais e esforços internos estão abrindo caminho para isso.”

Um Veículo Aéreo Não Tripulado ou UAV refere-se a um veículo aéreo ou drone que não requer um piloto a bordo. Por outro lado, um Uncrewed Aircraft System ou UAS refere-se a um sistema inteiro que suporta e controla o UAV de forma independente, incluindo estações de controle de solo, software e sistemas de comunicação.

O Valkyrie ao lado de um jato tradicional F-16 (Kratos Defense)

“As tecnologias envolvidas em cada uma dessas áreas estão evoluindo rapidamente”, disse Fendley. “No entanto, o foco real está na combinação certa de missões operacionais específicas, aproveitando o estado atual das múltiplas tecnologias para validar e demonstrar o aumento substancial na capacidade ofensiva e defensiva que esses sistemas fornecem ao combatente.”

Fendley diz que o DoD tem vários programas focados na implementação de IA e sistemas não tripulados e em prepará-los para uso operacional, acrescentando que o trabalho continuará aumentando.

Publicidade

Nesta semana, a Agência de Projetos de Pesquisa Avançada de Defesa (DARPA) anunciou o lançamento de um Desafio AI Cyber de dois anos que visa alavancar as mentes mais brilhantes em AI para identificar e corrigir vulnerabilidades nesse campo. Enquanto isso, o Departamento de Defesa dos EUA disse que os militares também estão realizando testes para alavancar a AI generativa. Trata-se de um tipo de inteligência artificial que pode criar novos conteúdos – como texto, imagens ou música – usando prompts.

Fendley diz que os próximos passos para Kratos incluem refinar o equilíbrio entre missões tripuladas e não tripuladas, enfatizando os benefícios de custo de sistemas, incluindo seus projetos Valkyrie, Mako e Tactical Firejet.

“Nosso foco sempre foi a acessibilidade e sermos os primeiros no mercado com tecnologias inovadoras como o XQ-58 – a baixo custo – com produtos, sistemas e tecnologias reais, em vez de decks de slides ou renderizações”, disse Fendley. “Acreditamos que isso nos prepara para o sucesso no ambiente orçamentário de hoje e nos eventos mundiais, que exigem que ajamos rapidamente e fiquemos de olho no orçamento.”

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Nvidia supera Microsoft e se torna a empresa mais valiosa do mundo

Nvidia supera Microsoft e se torna a empresa mais valiosa do mundo

A capitalização de mercado da Nvidia atinge US$ 3,34 trilhões, impulsionada por seu intenso foco em inteligência artificial e pesquisa ampliada em robótica
Fotos dos equipementos de mineração de criptomoedas operados com furto de eletricidade em Canela, RS

Polícia Civil do RS fecha fazenda de mineração de criptomoedas que lucrava R$ 400 mil por mês

Além de crime de furto de energia, casal preso responderá por porte ilegal de arma e lavagem de dinheiro
Ilustração mostra mãos robótica segurando moeda de Bitcoin

Manhã Cripto: Tokens ligados à inteligência artificial ofuscam Bitcoin com ganhos de até 26% no dia

Fetch.ai e SingularityNET surpreendem com ganhos entre 24% e 26% nas últimas 24 horas
Imagem da matéria: Bitcoin e Ethereum sobem após dado de inflação e antes de decisão de juros nos EUA

Bitcoin e Ethereum sobem após dado de inflação e antes de decisão de juros nos EUA

As principais criptomoedas, como o Bitcoin, sobem nesta quarta após o indicador de inflação dos EUA mostrar que os preços subiram menos que o previsto em maio