Empresário ELon Musk com uma jaqueta preta na frente de um painel da Tesla
Foto: Divulgação/Nvidia

Um cidadão americano abriu nesta quinta-feira (16) um processo em uma corte federal dos EUA acusando o empresário Elon Musk e suas empresas SpaceX e Tesla de fraude por terem promovido a criptomoeda Dogecoin (DOGE). A informação foi publicada pelo portal Bloomberg.

O processo foi aberto por Keith Johnson, que pede ao todo US$ 258 bilhões de reparação. Na ação, afirma que Musk e as empresas fizeram um esquema de pirâmide com a Dogecoin.

Publicidade

O valor pedido pela ação é quase seis vezes maior do que os US$ 44 bilhões que o bilionário se mostra disposto a desembolsar em meio ao turbulento processo de compra do Twitter.

Conforme aponta a reportagem, Johnson quer representar todas as pessoas que tiveram perdas financeiras com DOGE de abril de 2019 até o momento. Além da indenização, pede que Musk e as empresas sejam proibidas de promover a criptomoeda.

“Os acusados, de forma falsa e enganosa, disseram que Dogecoin era um investimento legítimo quando na verdade não tinha valor algum”, afirma Johnson no processo.

Elon Musk e Dogecoin

Musk é muito associado ao mundo das criptomoedas por ter feito a sua empresa Tesla comprar Bitcoins – trata-se de uma empresa de capital aberto, o que expõe todos os acioanistas aos riscos.

Publicidade

Mas o empresário disse que deixaria o BTC de lado até que ficasse comprovado que o processo de mineração não afeta o meio-ambiente.

Foi depois disso que Musk passou a ser o maior entusiasta da Dogecoin. Com grande frequência fez publicações falando diretamente do token ou postando uma imagem ou meme. Toda vez que isso ocorria, o preço disparava.

O passo mais decisivo foi quando a Tesla passou a aceitar Dogecoin como meios de pagamentos para itens como uma fivela e um quadriciclo.

Há algumas semanas, Musk anunciou que, assim como a Tesla, a SpaceX em breve aceitará DOGE como pagamento por seus produtos. Ele também havia sugerido a ideia de, quando adquirir o Twitter, acrescentará dogecoin como um método de pagamento à plataforma.

Publicidade

90% de queda

Em maio de 2021, quando o preço da Dogecoin (DOGE) se aproximava de uma alta recorde de US$ 0,72, a devota base de fãs do ativo esperava que a aparição de Elon Musk no programa americano “Saturday Night Live” (SNL) faria o valor da criptomoeda meme “chegar à Lua”.

Porém, desde então, o preço do ativo despencou de volta à Terra. Nesta segunda-feira (13), DOGE está avaliada em US$ 0,05— uma queda de mais de 90% desde a véspera da aparição de Musk no SNL.

Quando apresentou o programa de comédia no dia 8 de maio de 2021, Musk realizou uma série de monólogos e esquetes que faziam referência à dogecoin com tom de zombaria.

VOCÊ PODE GOSTAR
Celular com o logo da CVM e notebook aberto no site da Comissãod e Valores Mobiliários

CVM reconhece ativo de blockchain como token de pagamento

Dynasty Global AG recebeu na última semana a classificação do D¥N como um token de pagamento pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).
várias criptomoedas stablecoins sob uma mesa

Menos de 10% das transações com stablecoins são de usuários reais, diz Visa

Dados da Visa mostram que mais de 90% das transações com stablecoins foram feitas por robôs ou traders de grande escala
Arte digital mostra mãos operando um celular que projeta moedas

Como declarar tokens de utilidade no Imposto de Renda 2024?

Entenda como declarar os utility tokens, ativos que dão acesso a serviços específicos
Imagem da matéria: Joe Biden promete vetar resolução que visa frear política anticripto da SEC

Joe Biden promete vetar resolução que visa frear política anticripto da SEC

A Casa Branca disse que vetaria uma resolução aprovada hoje pela Câmara dos EUA “para impedir a tomada de poder regulatório da SEC”