Imagem da matéria: El Salvador tem prejuízo de US$ 33 milhões com queda no preço do bitcoin
(Foto: Presidencia de la República de El Salvador)

A aposta em bitcoin (BTC) por El Salvador não parece estar compensando.

O valor dos 2.301 BTC adquiridos pelo país latino-americano caiu US$ 33 milhões à medida que o preço do bitcoin atingiu, esta semana, seu menor preço desde dezembro de 2020.

Publicidade

Presidente Nayib Bukele gastou um total de US$ 103 milhões em bitcoin, segundo dados compilados pela agência de notícias Bloomberg, após El Salvador ter transformado o token em uma moeda corrente em 2021. Atualmente, o caixa em bitcoin de El Salvador vale apenas US$ 70 milhões.

Aparentemente, sem se deixar abalar pela recente queda de mercado, na segunda-feira (9), Bukele anunciou que havia adquirido mais 500 BTC, tuitando que El Salvador estava “comprando na queda”. Essa aquisição equivale a US$ 15,3 milhões.

Falta de transparência

El Salvador se tornou o primeiro país a tornar o bitcoin em moeda corrente em 7 de setembro de 2021. No mesmo mês, El Salvador havia adquirido 150 BTC; em outubro, mais 420 BTC. 

Bukele é alvo de críticas por sua falta de transparência em como El Salvador gerencia suas alocações em bitcoin, quem controla as chaves privadas e o uso do dinheiro público para o projeto de bitcoin do presidente.

Apesar dos alertas de autoridades americanas, do setor bancário e do Fundo Monetário Internacional (ou FMI) — além de protestos contra a adesão ao bitcoin pelos próprios cidadãos —, Bukele não suspendeu seus planos. Recentemente, divulgou sua proposta para uma “Cidade de Bitcoin”.

Publicidade
 

Desde a alta recorde de US$ 68.789 por moeda em novembro de 2021, o bitcoin perdeu 55,4% de seu valor, sendo negociado nesta sexta-feira (13) a US$ 30,6 mil, segundo dados do CoinMarketCap.

*Traduzido por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Importação de criptomoedas no Brasil dobra e chega a R$ 14 bilhões no 1º bimestre

Importação de criptomoedas no Brasil dobra e chega a R$ 14 bilhões no 1º bimestre

Dados do Banco Central mostram que a importação de criptoativos saltou de US$ 1,4 bilhão no primeiro bimestre de 2023, para US$ 2,9 bilhões no início deste ano
moeda de bitcoin com bandeira dos EUA no fundo

Proprietários de criptomoedas são uma força na eleição dos EUA de 2024, diz estudo

Quase um em cada cinco eleitores possui criptomoedas, o que os torna um eleitorado potencialmente poderoso em novembro, segundo a Galaxy Digital
logo da uniswap com gráficos ao fundo

A semana no Cripto Twitter: Uniswap na mira da SEC e a febre do Bitcoin Runes

O drama jurídico manteve os usuários cripto nervosos esta semana, enquanto a estreia das memecoins em Bitcoin trouxe alguma empolgação
Imagem da matéria: Banco do Brasil e BTG estão entre os maiores detentores do ETF de Bitcoin da BlackRock

Banco do Brasil e BTG estão entre os maiores detentores do ETF de Bitcoin da BlackRock

Segundo Eric Balchunas, da Bloomberg, as 30 instituições são responsáveis por apenas 0,2% de tudo que o ETF da BlackRock tem