Drake comemora premiação Billboard Awards em Las Vegas em 2017
Drake faz apostas esportivas com Bitcoin há algum tempo (Foto: Shutterstock)

“O Bitcoin é certamente pelo menos ouro digital, vai devorar o ouro. O Bitcoin tem todas as grandes características do ouro mas não tem nenhum de seus defeitos”. O comentário foi feito pelo cofundador da MicroStrategy, Michael Saylor, em uma entrevista à CNBC Television na segunda-feira (11) que foi compartilhada por ninguém menos que Drake.

O rapper canadense postou um trecho da entrevista de Saylor no Stories do seu perfil no Instagram (@champagnepapi), que possui 146 milhões de seguidores.

Publicidade

Vale lembrar que Drake é apostador assíduo em jogos de roleta e esportes e geralmente usa BTC para fazer essas apostas.

Drake compartilha no Instagram entrevista de Michael Saylor (Imagem: Reprodução/Instagram)
Drake compartilha no Instagram entrevista de Michael Saylor (Imagem: Reprodução/Instagram)

Os defeitos do ouro

O comentário de Michael Saylor ocorreu no mesmo dia em que sua empresa de software MicroStrategy anunciou a compra de mais 12 mil BTCs, adquiridos no início da semana por um total de US$ 821 milhões (R$ 4 bilhões). 

A compra deixa claro que a preferência de Saylor por Bitcoin em vez de ouro não é nenhuma novidade. Para o empresário, alguns dos defeitos do metal precioso é sua portabilidade, descrevendo que o ouro não pode ser facilmente transferido, ao contrário do BTC. “Se você pudesse teleportar ouro de Nova York a Tóquio em alguns minutos, as pessoas gostariam”, comentou.

Saylor também acredita que o mercado do Bitcoin vai crescer entre os investidores com maior apetite ao risco e prevê que a maior criptomoeda do mundo comece a aparecer em outros fundos, como o da BlackRock, que planeja incluir ETFs de Bitcoin à vista em seu fundo global.

Publicidade

Após as últimas aquisições, a MicroStrategy se estabeleceu com uma reserva de BTC maior do que a da gestora BlackRock, que administra 197.943 BTC através do seu ETF de Bitcoin à vista.

Atualmente, a MicroStrategy é proprietária de 205.000 BTCs no valor de quase US$ 15 bilhões ao preço atual por token de US$ 72.000.

Bitcoin, 8º ativo mais valioso do mundo

O Bitcoin ultrapassou a prata e se tornou o oitavo ativo mais valioso do mundo em capitalização de mercado.

O Bitcoin assumiu a nova posição no início da semana, quando superou a faixa dos US$ 71.799. Com um market cap de US$ 1.411 trilhão, o Bitcoin supera a prata, que possui um valor de mercado de US$ 1.382 trilhão, segundo o indexador Companies Market Cap. 

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Corretoras batem recorde de negociações enquanto suas reservas de Bitcoin despencam

Corretoras batem recorde de negociações enquanto suas reservas de Bitcoin despencam

A alta das criptomoedas em março resultou em um recorde de negociações e queda drástica das reservas de Bitcoin das corretoras
Ilustração de moeda gigante de Bitcoin observada por investidores e prestes a ser cortada ao meio

CEO da Morgan Creek Capital prevê Bitcoin a US$ 150 mil após o halving

Para o CEO da Morgan Creek Capital Management, o FOMO (medo de ficar de fora) deve ser um dos fatores que vão alavancar o preço BTC após o halving
Casa à beira de rio no Butão

Governo de Butão vai intensificar mineração de Bitcoin no Himalaia com investimento de R$ 2,5 bi

O governo do país asiático vai apostar em hardwares de ponta para compensar os efeitos do halving do Bitcoin que acontece este mês
Brad Garlinghouse, CEO da Ripple , posa para foto

Mercado de criptomoedas vai valer US$ 5 trilhões até final do ano, prevê CEO da Ripple

Brad Garlinghouse justifica seu otimismo pelo halving do Bitcoin e um possível impulso regulatório positivo do mercado cripto nos EUA