Imagem da matéria: Dono da GAS Consultoria virou alvo número 1 da Polícia Federal, diz reportagem da Globo
Glaidson Acácio dos Santos, fundador da Gas Consultoria. (Foto: Reprodução)

A Rede Globo exibiu no domingo (22) no Fantástico uma reportagem sobre as empresas que atuam em Cabo Frio (RJ) e são investigadas pelo crime de pirâmide financeira. O destaque foi a GAS Consultoria e seu dono, Glaidson Acácio dos Santos, que nega a prática de atividade ilícita.

“Glaidson é um dos personagens na mira da Polícia Federal”, diz a reportagem, que descobriu que até 2014 ele trabalhava como garçom e recebia um salário de R$ 869. Ele também é alvo de investigação do Ministério Público Federal e da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Publicidade

Atualmente, como mostrou o Fantástico, ele mora em uma casa avaliada em R$ 9 milhões, supostamente comprada com a fortuna que acumulou com a empresa. No local, conforme mostrou a matéria, há seguranças e carros de luxo.

Casa e carros de luxo. (Imagem: Reprodução/Fantástico)

No mesmo condomínio onde fica a residência dele também mora outro suspeito de pirâmide, Nilson Alves, que acumulou uma fortuna de R$ 100 milhões, apurou a reportagem. Em março deste ano, ele sofreu uma tentativa de homicídio e ficou cego e paraplégico por causa dos ferimentos feitos por arma de fogo. Roberto Ferreira, seu sócio, assumiu os negócios, disse o Fantástico.

Outras imagens reveladas no programa mostram uma festa de aniversário em fevereiro deste ano. No palco, Glaidson e a esposa e sócia, Mirelis Yoseline Diaz Zerpa, dançam com o cantor sertanejo João Gabriel. Segundo a reportagem, o cantor carioca classificou o show como “normal”. 

Procurada para comentar o assunto, a economista Myrian Lund resumiu como funciona uma pirâmide financeira: “No momento que parar a entrada de dinheiro, aquilo acabou. Se você recebeu, ótimo; se não recebeu, não vai ter mais nada de volta”.

Publicidade

Na semana passada, outra reportagem do Fantástico citou que Cabo Frio ganhou o apelido de ‘Novo Egito’, pois virou um “paraíso dos golpistas”.

GAS Consultoria

A GAS Consultoria promete rendimento fixo de 10% ao mês em cima de aportes financeiros, supostamente atrelados a criptomoedas. Segundo a reportagem, a GAS Consultoria é a empresa com maior número de investidores na região de Cabo Frio. Por conta disso, virou alvo da Comissão de Valores Mobiliários e Ministério Público.

Em nota na semana passada, a empresa disse que seu negócio é sério, diferente dos esquemas de pirâmides financeiras da região de Cabo Frio. Disse também que possui nove anos de atuação no mercado, o que não bate com a data em que Glaidson ainda trabalhava como garçom.

Ao Fantástico, a empresa disse que “não compactua com ilegalidades e preza pela licitude de todas as suas operações, estando à disposição das autoridades para qualquer esclarecimento”.

Publicidade

O casal investigado é praticamente invisível na internet e não publica fotos em redes sociais. Glaidson, no entanto, está por dentro de esquemas de cripto. Ele é um dos principais credores do Grupo Bitcoin Banco, tendo perdido R$ 19 milhões no esquema criado por Claudio Oliveira, conhecido como falso Rei do Bitcoin.

VOCÊ PODE GOSTAR
Policial algemando suspeito durante a noite

Médico perde R$ 500 mil em criptomoedas após encontro por aplicativo e sequestro; suspeitos são presos

Os sequestradores que aplicaram o famoso ‘golpe do amor’ foram presos rapidamente pela PM de SP; Polícia Civil investiga o paradeiro dos ativos
Sede da Braiscompany em Campina Grande, Paraíba

TRF anula contrato e Braiscompany é condenada a pagar R$ 50 mil a cliente

O contrato de serviço de cessão temporária de criptoativos foi anulado pela 17ª Vara Cível de Brasília
logo do bitcoin em cima de livro

Goiânia recebe lançamento do livro “101 Perguntas Sobre Bitcoin”

A obra da Editora Portal do Bitcoin escrita pelo engenheiro Breno Brito serve como um guia para compreensão da criptomoeda mais popular do mundo; veja como participar
Banco Central se reunirá hoje com Facebook para debater proibição do WhatsApp Pay

“Inserimos com o Drex o conceito de tokenização nos sistemas dos bancos”, diz Campos Neto

O presidente do BC participa do Emerging Tech Summit, evento do Valor Capital Group em São Paulo