Imagem da matéria: Dificuldade de mineração do Bitcoin cai 7,8%, maior recuo desde o colapso da FTX
Shutterstock

Os mineradores de Bitcoin têm enfrentado dificuldades ultimamente, embora dados anteriores mostrem que isso pode ser um sinal de alta para o preço do Bitcoin.

Desde seu pico no final de maio, o hashrate total do Bitcoin diminuiu de 658 exahashes por segundo (EH/s) para 556 EH/s em 28 de junho, de acordo com o Hashrate Index. O hashrate mede o poder computacional usado pelos mineradores para proteger a rede do Bitcoin e, por extensão, é uma medida de quão competitivo é minerar.

Publicidade

Em resposta, a rede do Bitcoin ajustou automaticamente sua dificuldade de mineração de blocos, que caiu 7,8% neste fim de semana, de 83,68 terahashes por segundo (TH/s) para 79,50 TH/s.

Quedas desse tamanho são poucas e raras na história do Bitcoin. Na verdade, a última vez que ocorreu um recuo no hashrate e na dificuldade da rede dessa magnitude foi após o colapso da FTX em dezembro de 2022 — um período em que várias grandes empresas de mineração não pagaram suas dívidas e o preço do Bitcoin atingiu um fundo após um ano de mercado em baixa.

“A capitulação dos mineradores ainda está em andamento”, o CEO da CryptoQuant, Ki Young Ju, publicou no X na terça-feira (9). “Historicamente, ela termina quando o valor médio diário minerado é de 40% da média anual; agora está em 72%.”

A capitulação dos mineradores de Bitcoin

Em um relatório da semana passada, a CryptoQuant observou que a “capitulação dos mineradores” foi associada, no passado, a um nível mais baixo nos preços do Bitcoin. Isso significa que uma observação cuidadosa da saúde das mineradoras pode ser fundamental para os traders que buscam entrar no mercado no momento certo.

Publicidade

Como os mineradores obtêm sua receita em BTC, sua renda depende em grande parte do preço de mercado do próprio Bitcoin. Dessa forma, o recuo substancial do preço do Bitcoin desde março prejudicou a renda do setor de mineração em geral.

O principal problema para os mineradores, no entanto, foi o halving do Bitcoin em abril.

“As reservas das mineradoras de Bitcoin diminuíram em cerca de 20 mil BTC desde junho”, disse Vincent Maliepaard, diretor de marketing da IntoTheBlock, ao Decrypt. “O halving do Bitcoin há dois meses pode ser um fator por trás da recente venda de mineradores, já que as margens diminuíram desde então.”

Nos últimos três meses, o preço do hash do Bitcoin — uma medida da lucratividade do setor de mineração por unidade de trabalho de mineração realizado — despencou para os níveis mais baixos de todos os tempos.

De acordo com a Compass Mining, os períodos de baixa lucratividade geralmente continuam por 6 a 12 meses após um halving. Esses períodos são um bom momento para as empresas de mineração atualizarem suas frotas de computadores para usar o hardware de mineração mais eficiente disponível.

Publicidade

“As grandes mineradoras públicas ainda estão comprando ativamente os equipamentos de última geração para aumentar a eficiência da frota, as economias de escala, a margem bruta e, por fim, o preço de suas ações”, disse CJ Burnett, diretor de receita da Compass Mining.

*Traduzido por Gustavo Martins com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Fundos de Bitcoin registram 5ª maior captação semanal da história

Fundos de Bitcoin registram 5ª maior captação semanal da história

Mais de US$ 1,4 bilhão foram investidos em fundos de criptomoedas nos últimos sete dias, o triplo da semana anterior
Jerome Powell, presidente do Fed, mostrado em tela de computador

O que o discurso do presidente do Federal Reserve hoje significa para o Bitcoin?

“Acreditamos que o fundo do poço ficou para trás ou muito próximo e recomendamos aumentar a exposição à medida que o Bitcoin ganha impulso”, disse um analista
Imagem da matéria: EUA tentam recuperar R$ 13 mi que golpistas enviaram à Binance para cometer lavagem de dinheiro

EUA tentam recuperar R$ 13 mi que golpistas enviaram à Binance para cometer lavagem de dinheiro

Esquema usando o golpe de “abate de porcos” lavou US$ 2,5 milhões em USDT, da Tether, em duas contas na Binance
Criador do Twitter e da Square, Jack Dorsey em palestra no TED

Bitcoin pode um dia substituir o dólar americano, diz criador do Twitter

Em um sofisticado retiro na Toscana, Jack Dorsey compartilhou sua visão sobre a ascensão do Bitcoin à supremacia global