miniaturas de pessoas minerando bitcoin em meio a pedras e folhagens
(Foto: Shutterstock)

A dificuldade de mineração na rede do Bitcoin teve um aumento de 3,55% como resultado do último recálculo, resultando na atualização do indicador para seu máximo em 64,68 T. Trata-se do quinto aumento seguido, e isso signfica que mais e mais mineradores se interessaram em validar a rede do Bitcoin, um fato que aumenta a segurança da blockchain.

A dificuldade de mineração é a unidade de medida no processo de mineração — o número que representa o poder computacional necessário para minerar um único BTC. É atualizado aproximadamente a cada duas semanas, ficando mais difícil à medida que mais mineradores entram na rede e mais fácil quando eles saem.

Publicidade

O hashrate médio atual é de 458,77 EH/s (hexahashes — equivalente a mil petahashes). O hashrate médio para o período desde a alteração de valor anterior foi de 479 EH/s, enquanto o intervalo entre os blocos é de pouco mais de 9,5 minutos.

De acordo com analistas da Glassnode, a média móvel suavizada de 7 dias atingiu um pico de 475,9 EH/s em 5 de novembro. Depois disso, foi corrigida para cerca de 454,9 EH/s. O índice hashrate mostra que o preço do hash caiu de US$ 83,1 por PH por dia para US$ 80,6, explica uma publicação do site ihodl.

De acordo com o ranking de mineradoras por volume de Bitcoin da CoinGecko divulgado no início deste mês, a Marathon Digital Holdings lidera a classificação com reservas de 13.726 BTC, seguida pela Hut 8 Mining, acrescenta.

(Fonte: BTC.com)

Uma maior dificuldade significa que máquinas mais avançadas, mais computadores e mais energia podem ser necessárias para produzir a mesma quantidade de Bitcoin.

Publicidade

E se o preço do Bitcoin não estiver subindo em um ritmo comparável à dificuldade de mineração, isso pode tornar a mineração um negócio menos lucrativo. Mas o recente rali levou o Bitcoin ao maior patamar em 18 meses, sendo negociado atualmente em US$ 37 mil, e o Ethereum acima de US$ 2 mil. 

Por outro lado, a taxa de hash recorde sinaliza maior segurança da rede do Bitcoin antes do halving, comenta o site Cryptoslate. Significa também mais poder de computação robusto dedicado ao processamento de transações de BTC.

VOCÊ PODE GOSTAR
Números e letrs douradas sob um placa formam símolo do Real brasileiro

5 vantagens da tokenização de ativos do mundo real (RWA) | Opinião

Para o autor, a custódia de RWA tokenzados é um elemento crucial para a democratização do acesso aos investimentos
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin e Ethereum abrem em queda e BlackRock supera Grayscale em número de BTC sob custódia

Manhã Cripto: Bitcoin e Ethereum abrem em queda e BlackRock supera Grayscale em número de BTC sob custódia

ETF de Bitcoin da BlackRock agora detém mais BTC do que sua rival, a tradicional Grayscale Bitcoin Trust
Moedas de bitcoin sob mesa escura com sigal ETF

ETFs de Bitcoin à vista já controlam mais de 1 milhão de BTC

Mais da metade dos US$ 70,5 bilhões em fundos está praticamente dividida entre Grayscale e BlackRock
Imagem da matéria: Bitcoin entra em onda de alta e atinge o seu maior preço desde o halving

Bitcoin entra em onda de alta e atinge o seu maior preço desde o halving

Dados do CoinGecko mostram que o Bitcoin subiu cerca de 3% no último dia e no período de uma semana valorizou em 9%