Detetive
Foto: Shutterstock

Apenas dois dias após ZachXBT – um detetive blockchain altamente respeitado – ter sua identidade revelada e receber um processo de difamação relacionado a uma de suas investigações anteriores, ele teve uma boa notícia. A comunidade se movimentou e nesta segunda-feira (19) já doou mais de US$ 1 milhão para ajudar a financiar sua defesa legal.

ZachXBT postou um endereço de carteira digital no Twitter, ao lado de comentários descrevendo o processo movido por Jeffrey Huang, um empresário de tecnologia, como preocupante e um “história de David e Golias.”

Publicidade

Também conhecido como Machi Big Brother online, Huang está processando a ZachXBT por um artigo publicado há um ano, no qual o dtetive o acusa de desviar milhões de dólares em Ethereum da Formosa Financial, uma extinta plataforma de gerenciamento de tesouraria de criptomoedas cofundada por Huang. As alegações da ZachXBT foram apoiadas por dados on-chain.

“O meu entendimento é que Machi é muito rico. Eu não sou”, disse ZachXBT. “Ele está usando seu dinheiro para tentar me silenciar.”

ZachXBT disse que sua defesa legal poderia facilmente custar-lhe mais de US$ 1 milhão e, em dois dias, a carteira postada pela ZachXBT acumulou ativos digitais além dessa meta, consistindo em grande parte de stablecoins, de acordo com a Nansen Portfolio.

Até o momento, a carteira contém mais de US$ 650 mil em stablecoin USDC, quase US$ 274 mil da stablecoin Tether e vários outros tokens, como Ethereum (US$ 284 mil) e Polygon (US$ 90 mil).

Publicidade

Usuários de várias exchanges cripto estão se envolvendo no esforço. A carteira da ZachXBT recebeu fundos de carteiras ligadas a exchanges como Binance, Bitfinex, Bybit, Coinbase, Kraken, OKX, Uniswap e 1inch, de acordo com dados do Nansen.

Enquanto milhares de doações valem menos de US$ 100, várias transações estão na faixa de US$ 10 mil a US$ 50 mil, à medida que membros de toda a indústria cripto entram na lista de doadores.

Isso inclui uma doação feita pelo CEO da Binance, Changpeng “CZ” Zhao, que disse à ZachXBT para “continuar a luta” e “manter a indústria transparente.” Essa jogada ocorre no mesmo momento em que a Binance e o próprio CZ lutam contra vários processos apresentado pela Comissão de Valores Mobiliários dos EUA, a SEC. 

Justin Sun, fundador da Tron, também doou US$ 10 mil da stablecoin True USD para ZachXBT, destacando o papel do detetive na educação da comunidade de criptomoedas, de acordo com a tradução de um tweet.

Publicidade

Investigações on-chain

Durante anos, o ZachXBT teve um olhar cético para vários projetos cripto e eventos on-chain, descobrindo maus atores, alertando sobre possíveis golpes e mergulhando de cabeça em hacks para compartilhar as explorações com as pessoas no Twitter.

Ele emergiu como uma das principais vozes da indústria cripto, cultivando um senso de mística em torno de sua identidade. Mas no processo de Huang, o nome e o local de residência de ZachXBT foram revelados, destacando a identidade do detetive.

ZachXBT prometeu na sexta-feira que os fundos restantes doados para sua defesa legal seriam devolvidos aos contribuintes em uma base proporcional, refletindo o quanto cada indivíduo contribuiu em comparação com o todo.

E, à medida que o processo contra ele se desenvolve, a comunidade parece pronta para apoiá-lo, doando parte de seus ativos digitais para alguém que dedicou seu tempo para causar um impacto positivo no setor e nunca havia pedido nada em troca desse esforço.

*Traduzido por Gustavo Martins com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Fundador do Telegram diz que manterá seus tokens do Notcoin até multiplicarem por 100

Fundador do Telegram diz que manterá seus tokens do Notcoin até multiplicarem por 100

Pavel Durov detém 1% do maior token de jogo deste ano, doado pelos jogadores. E ele não está vendendo seus Notcoin – não agora, pelo menos
Cartão de crédito com moeda de bitcoin

Mastercard lança sistema para transações com criptomoedas em parceria com MB e outras corretoras

Sistema simplifica transações de criptomoedas ao permitir que os usuários enviem e recebam fundos usando pseudônimos
Imagem da matéria: Descentralização é o futuro, mas vem com custos mais altos, afirma especialista

Descentralização é o futuro, mas vem com custos mais altos, afirma especialista

O executivo Leo Kahn destacou no Ethereum Rio 2024 que apesar dos custos, indústria cripto deve incentivar ao máximo a descentralização
Imagem da matéria: MB e Rappi se unem para celebrar data histórica para Bitcoin com entrega de pizzas a clientes da exchange

MB e Rappi se unem para celebrar data histórica para Bitcoin com entrega de pizzas a clientes da exchange

A plataforma de ativos digitais também promove campanha para recompensar trades realizados até 4 de junho