Imagem da matéria: Desenvolvedor do Tornado Cash preso na Holanda poderá aguardar julgamento em casa
Shutterstock

Um tribunal na Holanda decidiu que Alexey Pertsev, desenvolvedor do Tornado Cash que foi preso em agosto pelas autoridades holandesas por supostamente facilitar lavagem de dinheiro pelo aplicativo, terá permissão para voltar para casa na próxima semana, enquanto aguarda julgamento.

O Decrypt confirmou a informação com pessoas familiarizadas com o assunto. Espera-se que Pertsev seja solto em 26 de abril sem ter que pagar nenhuma garantia financeira.

Publicidade

No entanto, ele será obrigado a ter dispositivos de monitoramento eletrônico instalados em sua residência.

“Hoje, Alex lutou por sua própria liberdade pessoal, falando por si mesmo, defendendo sua posição como um desenvolvedor de criptomoedas”, disse a fundadora do grupo educacional CryptoCanal, com sede em Amsterdã, Eléonore Blanc, que esteve presente na audiência desta quinta (20) no tribunal de ‘s-Hertogenbosch.

“O juiz ouviu Alex e, sob certas condições, a partir da próxima semana, ele poderá ficar em casa até o julgamento”, acrescentou Blanc, descrevendo Pertsev como “um seguidor dos fundamentos cypherpunk de criptografia, privacidade, descentralização e propriedade.”

https://twitter.com/blockblanc/status/1648998168527360001

Pertsev, nascido na Rússia, foi preso em 10 de agosto de 2022 pelo Serviço Holandês de Informações e Investigações Fiscais (FIOD, na sigla em inglês), agência responsável por investigar crimes financeiros na Holanda.

Ele foi acusado de facilitar a lavagem de dinheiro ao misturar criptomoedas por meio do Tornado Cash, um serviço de mixing de ativos digitais, e foi mantido sob custódia desde então sem julgamento.

Publicidade

Pouco antes disso, as autoridades dos EUA sancionaram o Tornado Cash, alegando que ele estava ligado aos hackers estatais norte-coreanos Lazarus Group e ajudou na lavagem de até US$ 7 bilhões desde 2019.

Anteriormente, o promotor público holandês havia alegado que Pertsev oferecia risco de fuga e poderia adulterar as evidências se liberado, mas não forneceu detalhes específicos para apoiar as alegações.

A audiência de hoje não trouxe “novas revelações”, segundo o desenvolvedor do Bitcoin Sjors Provoost, que também estava no tribunal.

“Pertsev afirma que fez tudo o que pôde para evitar o abuso criminoso dentro das restrições de um sistema descentralizado”, escreveu Provoost em um tópico no Twitter. “O promotor espera que os contratos inteligentes evitem depósitos de produtos criminais, o que é essencialmente uma proibição.”

Publicidade

Uma nova audiência de investigação no caso de Alex Pertsev será realizada em 24 de maio.

Contraste

Críticos da prisão apoiam o desenvolvedor através da hashtag #FreeAlex e #FreeAlexPertsev, alegando que seu único crime foi escrever códigos para um aplicativo de privacidade, sem ter nenhuma ligação direta com as operações ilegais praticadas nesta ferramenta.

O entusiasta de Ethereum Evan Van Ness, traçou um paralelo entre a prisão de Alex com a soltura de Sam Bankman-Fried, CEO da FTX — enquanto utilizava a hashtag.

“SBF segue em uma casa multimilionária em dólares com seus entes queridos, felizmente usando a internet todos os dias. Alex segue apodrecendo na prisão”.

https://twitter.com/evan_van_ness/status/1648768929987440640?s=20

*Traduzido por Vini Barbosa com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Sigla ETF ao lado de moeda dourada de Ethereum

Ethereum pode atingir US$ 6,5 mil até o final do ano com impulso de ETFs, prevê analista

A empresa de análise Steno Research prevê a entrada líquida de US$ 15 a US$ 20 bilhões em ETFs de Ethereum
Moeda prateada de Ethereum (ETH) em frente a um gŕafico de preço com candles em queda

Fundos de investimento em Ethereum sofrem maior saída de capital em dois anos

Com as saídas dos ETPs de Ethereum, os fundos de criptomoedas chegaram à terceira semana consecutiva de fluxo negativo acumulando perdas de US$ 30 milhões