Imagem da matéria: "Desculpe, nós fugimos", diz pirâmide financeira ao sumir com bilhões em Bitcoin
Foto: Shutterstock

A PlusToken, uma pirâmide financeira travestida de arbitragem de bitcoin que operava na Ásia, abandonou milhares de clientes sem seus investimentos ao sumir com bilhões de dólares em Bitcoin deixando a seguinte mensagem assinada em uma transação de BTC: “Desculpa, fomos embora”.

Segundo o site 8BTC, o projeto quebrou no início de julho de 2019, depois que a polícia chinesa prendeu um membro do esquema que havia fugido para Vanuatu, um país formado por ilhas no sul do Oceano Pacífico.

Publicidade

Identificado como um dos maiores esquemas de Ponzi no mercado das criptomoedas, o PlusToken conseguiu mais de 200.000 BTC, 800.000 ETH e 26 milhões de EOS, num total de cerca de 3 bilhões de dólares.

De acordo com informações do Peckshield, empresa de segurança especializada em rastrear transações de criptomoedas, a PlusToken contava com três endereços de carteiras de BTC, com milhares de unidades em cada:

Com o monitoramento das carteiras, a Peckshield conseguiu identificar movimentações em direção a algumas exchanges desde o início de julho de 2019. Nos últimos dias, 5.775 BTC foram movidos em lotes relativamente pequenos (cerca de 50-200 BTC por lote) em muitos endereços diferentes (facilitando o envio desses fundos para as exchange).

O PeckShield também descobriu na quarta-feira (14) que outra carteira conectada ao PlusToken estava ativa – cerca de 23.000 BTC foram transferidos para quatro novos endereços, com 4.922 BTC, 5.000 BTC, 6.000 BTC e 7.000 BTC sendo movidos.

Publicidade

Esse, inclusive, foi citado como um dos motivos para a recente queda de preço do bitcoin, assumindo que os fundos estariam sendo liquidados em grandes quantidades nas exchanges.

Em uma das transações da carteira, foi assinada a seguinte frase: “Desculpa, nós fugimos” (Sorry, we have run).

No twitter, players do mercado pedem às empresas de segurança para ficarem de olho se os autores do esquema continuarão transferindo mais fundos para exchanges ou plataformas de OTC a fim de liquidar as criptomoedas abtidas através do golpe.

Esquema com Bitcoin

De acordo com o site oficial e alguns outros usados para a divulgação, a promessa era de retorno mensal entre 6% e 18% conquistados através de uma suposta arbitragem em bitcoin mais bônus por indicações de dez níveis. Ou seja, para cada pessoa que o investidor recrutado, a pessoa ganharia uma porcentagem extra.

“O robô inteligente irá identificar e capturar a diferença de preço e volume dos ativos digitais em cada plataforma de negociação. Cerca de 6 a 18% da alocação de lucro mensal irá para sua carteira”, diz um dos anúncios, que continua:

Publicidade

“A arbitragem inteligente usa diferenças de preços em cada plataforma de negociação de criptomoedas para gerar lucros. Por exemplo: compre BTC na KRAKEN e venda a BTC na BINANCE quando o preço na BINANCE for US$ 6600 na KRAKEN for US$ 6400.”

No site oficial ainda é possível ver planos expansão traçados até junho 2022, o que era provavelmente uma armadilha para atrair ainda mais clientes ao passar uma imagem de empresa saudável.


Compre Bitcoin na Coinext 

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Questões sociais são desafio para debate do Bitcoin, diz autor de livro da Editora Portal do Bitcoin

Questões sociais são desafio para debate do Bitcoin, diz autor de livro da Editora Portal do Bitcoin

“Parte técnica você descreve como funciona e acabou. Nas vacas sagradas leva um bom tanto de desconstrução de conceitos”, diz Breno Brito
trader segura moeda de bitcoin em frente a grafico em computador

Bolsa de Chicago planeja lançar negociação de Bitcoin à vista, diz jornal

O objetivo é capitalizar a crescente demanda este ano entre os gestores de Wall Street para ganhar exposição ao setor de criptomoedas
Imagem da matéria: '101 Perguntas sobre Bitcoin': Editora Portal do Bitcoin lança livro sobre a criptomoeda mais famosa do mundo

‘101 Perguntas sobre Bitcoin’: Editora Portal do Bitcoin lança livro sobre a criptomoeda mais famosa do mundo

A obra discorre os princípios técnicos da moeda até suas implicações socioeconômicas no contexto atual, de modo a proporcionar um entendimento profundo ao público geral
Michaël van de Poppe em vídeo no Youtube

“É hora de investir em altcoins como Ethereum além do Bitcoin”, diz Michaël van de Poppe

Citando o Ethereum com uma das opções, o analista diz que o mercado de altcoins já passou por correção e que a tendência agora é de alta