Imagem da matéria: CVM proíbe trader brasileiro de forex Marcelo Ferreira de atuar no mercado financeiro
Trader de Forex Marcelo Ferreira foi punido pela CVM (Imagem: Reprodução/Instagram)

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) emitiu na quinta-feira (17) um alerta de atuação irregular no mercado brasileiro de Marcelo Ferreira, autointitulado ‘especialista em forex, especulador e educador financeiro’, determinando a imediata suspensão de ofertas públicas e captação de clientes.

“Determinar a imediata suspensão da veiculação de qualquer oferta pública de serviços de intermediação de valores mobiliários, de forma direta ou indireta, inclusive por meio da utilização de páginas na internet, aplicativos ou redes sociais”, diz um trecho do relatório da Superintendência de Relações com Mercado e Intermediários (SMI), departamento da CVM.

Publicidade

De acordo com a autarquia, Ferreira atua como agente autônomo de investimentos sem autorização ao prospectar clientes para abertura de contas em corretora de valores mobiliários estrangeira, principalmente por meio da página www.marceloferreirafx.com.

“A prospecção de clientes para investimento em valores mobiliários é atividade privativa das instituições integrantes do sistema de distribuição de valores mobiliários e dos agentes autônomos de investimentos”, explica a SMI.

Acerca da atuação irregular, o alerta diz que “depende de autorização desta Comissão, na forma prevista na Lei 6.385/76 e na Resolução CVM 16”, e que Ferreira “não detém autorização desta Comissão de Valores Mobiliários para atuar como agente autônomo de investimentos”.

Caso não cumpra a decisão, o advertido — “e todos aqueles que possam vir a ser identificados por atuar ou colaborar para a prática” — será imposta uma multa cominatória diária no valor de R$ 1 mil, ressaltou a SMI.

Publicidade

Trader Marcelo Ferreira

Em sua página na internet, Marcelo Ferreira se apresenta como “trader profissional há mais de 21 anos que formou mais de 80 mil alunos”. No Instagram, o trader possui 230 mil seguidores. No Youtube, onde transmite vídeos como influencer de finanças, Ferreira também tem muitos assinantes no canal.

Seus vídeos e produtos são baseados em uma técnica que ele diz ter inventado chamada ‘Fimathe’ que, segundo ele, simplifica a leitura de gráficos. Essa “técnica” é vendida como curso ou mentoria.

Procurado por meio do Instagram para comentar o assunto, Ferreira não retornou até o fechamento deste texto. O Portal do Bitcoinperguntou se ele cumpriria a medida da CVM, quais produtos ele comercializa e se ele mantém sob custódia dinheiro de terceiros.

VOCÊ PODE GOSTAR
Celular com logo do Pix sob bandeira do Brasil

Pix: Um catalisador para o futuro das finanças descentralizadas no Brasil? | Opinião

Para o autor, o Pix, combinado com os princípios das finanças descentralizadas e conceitos de dinheiro programável, poderia abrir caminho para uma nova era de inovação financeira
Ilustração mostra mapa do Brasil com pontos ligados em blockchain

Banco Central, UFRJ, Polkadot e Ripple se unem para aprofundar pesquisas sobre interoperabilidade entre blockchains e DREX

A Federação Nacional de Associações dos Servidores do Banco Central (Fenasbac) antecipa…
Antônio Ais posa para foto ao lado de carro

Criador da Braiscompany, Antônio Neto Ais é solto na Argentina

O benefício de prisão domiciliar valerá até que o processo de extradição para Brasil seja resolvido
Moedas de Bitcoin sobre mesa espelhada

Estudo mostra que 61% dos investidores brasileiros não pretendem vender Bitcoin

Pesquisa realizada pela Bitget releva otimismo pós-halving do Bitcoin