Imagem da matéria: Criadores da SafeMoon são presos nos EUA; criptomoeda cai 30%
Safemoon Foto: Shutterstock

O Departamento de Justiça dos EUA divulgou nesta quarta-feira (1º) uma acusação contra os executivos da SafeMoon, Braden John Karony, Kyle Nagy e Thomas Smith, de conspiração para cometer fraude de valores mobiliários, conspiração para cometer fraude eletrônica e lavagem de dinheiro.

Os promotores disseram que Karony foi preso em Provo, Utah, e Smith foi preso em Bethlehem, New Hampshire, enquanto Nagy continua foragido.

Publicidade

A notícia chega no mesmo dia em que a Comissão de Valores Mobiliários do país (SEC) apresentou acusações civis contra a SafeMoon e seus executivos por um “esquema fraudulento massivo” que custou bilhões aos investidores.

Com a notícia da prisão dos líderes do projeto, a Safemoon (SFM) caiu 30% nas últimas 24 horas, para US$ 0,00013816, de acordo com a CoinGecko.

A fraude da SafeMoon

A SafeMoon foi lançada em março de 2021 e atraiu investidores por doar metade dos rendimentos de sua taxa de transação de 10% aos detentores de tokens. No auge, o preço da SafeMoon atingiu US$ 0,00338272, em janeiro de 2022.

De acordo com a acusação, os réus “mentiram aos investidores da SFM sobre se o uso de liquidez ‘bloqueada’ era inacessível aos réus, bem como a sua detenção pessoal e negociação de SFM”.

Publicidade

Leia também: Youtuber revela como os criadores da SafeMoon roubavam dinheiro dos investidores

Embora a SafeMoon tenha crescido para uma capitalização de mercado de mais de US$ 8 bilhões, o DOJ alega que seus executivos “desviaram fraudulentamente e se apropriaram indevidamente de milhões de dólares em liquidez SFM supostamente ‘bloqueada’ para seu benefício pessoal”. Os promotores federais dizem que esses benefícios incluíam “a compra de veículos de luxo, imóveis e investimentos pessoais”.

Entre as compras de luxo estava um “carro esportivo Porsche 911 personalizado de US$ 860 mil” para Smith, disseram os promotores na acusação.

“Como alegado, os réus enganaram deliberadamente os investidores e desviaram milhões de dólares para alimentar o seu esquema ganancioso e enriquecer através da compra de um carro esportivo Porsche personalizado, outros veículos de luxo e imóveis”, afirmou o procurador dos EUA, Breon Peace, num comunicado de imprensa.

O DOJ prosseguiu dizendo que os executivos da SafeMoon usaram “roteamento de transações complexas e contas de câmbio centralizadas pseudônimas” para mascarar suas atividades.

Publicidade

Se condenados, os três réus podem pegar até 25 anos de prisão. Karony, Nagy e Smith não emitiram declarações públicas sobre as acusações.

As investigações da SEC e do DOJ sobre a SafeMoon estão em andamento. Os investidores são alertados para terem cuidado ao investir na criptomoeda.

*Traduzido com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
javier milei presidente da argentina

Milei é criticado por propor regulação cripto: “Sofrerá as consequências de não entender o Bitcoin”

“Javier Milei cometeu grande erro. Ele nunca reservou um tempo para entender o Bitcoin e irá sofrer as consequências”, disse Max Keiser
Imagem da matéria: Confira 3 criptomoedas que podem disparar com o halving do Bitcoin

Confira 3 criptomoedas que podem disparar com o halving do Bitcoin

O halving pode atrair a atenção dos investidores para projetos alternativos criados no ecossistema do Bitcoin
Criptomoedas formam círculo com bitcoin no centro

Alta do Bitcoin torna criptomoedas o investimento mais buscado no Brasil em março

As criptomoedas superaram os CDBs e fundos de ações e multimercado no ranking do buscador de investimentos Yubb
Celular com o logo da OpenSea e imagens NFT

CEO do OpenSea fala sobre o futuro do mercado de NFTs mais popular do mercado

Devin Finzer falou sobre Bitcoin Ordinals, o lançamento de um token e o suporte para NFTs ERC721-C, um passo em direção ao OpenSea 2.0