Raiva
Shutterstock

(Esta reportagem foi atualizada com o recuo da empresa sobre a cobrança da taxa)

A corretora de criptomoedas Bitstamp, com sede em Luxemburgo, na Europa, anunciou nesta quarta-feira (6) que desistiu de cobrar mensalmente uma taxa de 10 euros de clientes com contas inativas a partir do dia 1º de agosto, como havia anunciado inicialmente.

Publicidade

“Ouvimos a resposta de nossos clientes sobre a Taxa de Inatividade. Levamos em consideração as preocupações de todos e decidimos cancelar essa taxa”, informou JB Graftieaux, CEO da Bitstamp.

“O objetivo da Bitstamp sempre foi ser uma plataforma de negociação segura e confiável que fornece serviços líderes do setor, e não pretendemos nos desviar do nosso caminho”, complementou.

Mais cedo, a Bistamp havia anunciado que a nova taxa serviria para cobrir custos da plataforma e iria afetar apenas os clientes que não negociaram nos últimos 12 meses e que mantiveram saldo abaixo de 200 euros no período.

Os clientes ativos quanto os que mantêm saldo acima de 200 euros não seriam cobrados, qualquer que fossem o saldo; a nova taxa também não afetaria os clientes da empresa nos Estados Unidos.

“A maioria dos clientes da Bitstamp não é afetada pela Taxa de Inatividade. Ninguém gosta de taxas (nós também não!), mas manter contas inativas nos livros é um custo, e para que possamos continuar prestando ótimos serviços a todos os nossos clientes, tomamos a difícil decisão de implementar a Taxa de Inatividade”, dizia o comunicado da sexta-feira (01).

Publicidade

Receita em queda

Um levantamento feito pelo site The Block mostra que os volumes nas exchanges caíram de US$ 2,2 trilhões em maio de 2021 para aproximadamente US$ 622 bilhões em junho. Portanto, a receita da maioria das exchanges caiu com o inverno cripto, pois elas dependem fortemente dessas taxas de negociação, que formam a principal fonte de renda.

Um ponto a observar é que muitas exchanges que dizem ter milhões de clientes provavelmente têm uma minoria de traders que negociam diariamente. Por isso, grandes exchanges como Coinbase e Binance, por exemplo, criam outros produtos para gerar receita.

A Coinbase, por exemplo, comenta o The Block, está testando um novo serviço de assinatura chamado Coinbase One, enquanto outras exchanges como Kraken se expandiram para staking, comenta o site.

VOCÊ PODE GOSTAR
Fachada do MPDFT - Facebook

PM que atraía colegas de farda para pirâmide com criptomoedas é alvo do MP do DF

O policial militar e um grupo suspeito de pessoas e empresas teriam aplicado um golpe de R$ 4 milhões; alvos do MPDFT são do DF e GO
Imagem da matéria: Arthur Inc lança uma nova operação  de mineração de Bitcoin nos Estados Unidos

Arthur Inc lança uma nova operação de mineração de Bitcoin nos Estados Unidos

Área de 6.800 m² possui capacidade energética 15MW, equivalente ao abastecimento energético de oito shoppings center de grande porte
Ilustração de moeda NOT dourada com logotipo do jogo Notcoin do Telegram

Notcoin faz última chamada para jogadores resgatarem seus tokens NOT

Prazo para sacar ou colocar tokens NOT em staking termina neste domingo (16) à medida que o hype dos jogos cripto do Telegram aumenta
Imagem da matéria: MB lança campanha comemorativa de 11 anos com ‘cakeback’ e oferece chance de ganhar dois ETH

MB lança campanha comemorativa de 11 anos com ‘cakeback’ e oferece chance de ganhar dois ETH

Os incentivos serão válidos para clientes antigos e novos entrantes da plataforma; campanha seguirá ativa por todo o mês de junho de 2024