Imagem da matéria: Corretora argentina anuncia sidechain da rede Ethereum e wallet focada em Web3
Foto: Divulgação

O que não te mata te fortalece. À medida que o inverno cripto chega com força, algumas empresas do setor estão focadas em apenas sobreviver, mas outras estão trabalhando duro para crescer.

A exchange latino-americana Ripio diz que está expandindo seus negócios e aumentando a interação com entusiastas de criptomoedas – iniciantes e especialistas.

Publicidade

Para isso, está focada em várias iniciativas, incluindo o lançamento de um livro, uma wallet focada em Web3 e metaverso, além de sua própria sidechain: Ripio Chain.

A Ripio é uma das plataformas de criptomoedas mais importantes da região da América Latina. Fundada na Argentina em 2013, a exchange cresceu para atender mais de 3 milhões de usuários na Argentina, Brasil, Colômbia, México e Uruguai – e em breve na Espanha.

Durante uma conferência realizada no Centro Cultural Konex na Argentina, o CBO da Ripio Juan Jose Mendez revelou que a empresa estava trabalhando para tornar mais fácil para os usuários negociar criptomoedas e tokens associados ao metaverso e outros aplicativos Web3.

Uma nova carteira Web3 “adiciona-se à plataforma de carteiras da Ripio. Como ferramenta, permite acessar rapidamente o metaverso”, disse Mendez, acrescentando: “O objetivo do produto é acelerar a entrada em um novo estágio na economia cripto, incluindo os populares colecionáveis ​​digitais ou NFTs, jogos play-to-earn, protocolos DeFi, mercados de arte digital e outros.”

Publicidade

A carteira terá funcionalidade multi-chain, funcionará como uma extensão do navegador da Web, e co-gerenciará chaves privadas para evitar contratempos caso um usuário perca o controle ou o conhecimento de suas chaves.

A carteira “Portal” da Ripio já está funcionando de forma beta, em circuito fechado, para usuários na Argentina.

Ripio Chain

Durante o evento ETH Barcelona, focado no Ethereum, Sebastian Serrano, CEO e cofundador da Ripio, explicou que o crescimento da exchange também levou sua equipe a trabalhar no desenvolvimento de uma solução para facilitar as transações internas e promover o crescimento do ecossistema Ripio.

Para isso, Serrano anunciou que estava trabalhando na Ripio Chain, uma sidechain do Ethereum.

“Será uma sidechain”, disse Serrano. “Já temos uma rede de teste ao vivo – é baseada na tecnologia Polygon.”

Serrano não entrou em detalhes, mas disse que inicialmente usará um algoritmo de consenso de prova de autoridade (onde as transações são validadas por contas autorizadas) e girará em torno do token nativo da plataforma. Mais tarde, provavelmente passará para um algoritmo de prova de participação, conhecido como “proof of stake” (onde as transações são validadas por aqueles que têm fundos bloqueados em apostas), para maior eficiência.

Além disso, a Ripio irá publicar um livro com conteúdo educacional para introduzir iniciantes no ecossistema de criptomoedas, e a empresa está promovendo vários eventos importantes, como o concurso “Chamada Ripio” que aconteceu durante o festival de jogos BIG Festival, realizado de 7 de julho a 8 de julho no Brasil.

Publicidade

*Traduzido e editado com autorização do Decrypt.co.

Quer negociar mais de 200 ativos digitais na maior exchange da América Latina? Conheça o Mercado Bitcoin! Com 3,8 milhões de clientes, a plataforma do MB já movimentou mais de R$ 50 bilhões em trade in. Crie sua conta grátis!

VOCÊ PODE GOSTAR
moeda de bitcoin com bandeira dos EUA

Executivo da Bitwise afirma que mercado cripto está “subestimando” mudanças na política dos EUA

Clareza regulatória poderia trazer uma multidão de consultores financeiros no valor de US$ 20 trilhões para o setor cripto
Imagem da matéria: Standard Chartered diz que Bitcoin pode atingir US$ 100 mil antes das eleições nos EUA

Standard Chartered diz que Bitcoin pode atingir US$ 100 mil antes das eleições nos EUA

Para o banco americano, o Bitcoin pode bater nova máxima já esta fim de semana e caso de bons dados de emprego, enquanto para o fim do ano a projeção é de US$ 150 mil
Imagem de Glaidson Acácio dos Santos, mais conhecido como Faraó do Bitcoin

Gilmar Mendes mantém prisão de Glaidson Acácio dos Santos, criador da GAS Consultoria

A defesa do ‘Faraó do Bitcoin’ alegou problemas psiquiátricos e uso de medicamento controlado, além de questionar a jurisdição acerca da competência para os processos
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin tem forte alta com ETFs nos EUA batendo recordes de aportes

Manhã Cripto: Bitcoin tem forte alta com ETFs nos EUA batendo recordes de aportes

ETFs de Bitcoin à vista dos EUA registraram entradas de US$ 886,75 milhões, o que é o segundo maior fluxo diário desses produtos