Imagem da matéria: Correlação do Bitcoin com S&P 500 e Nasdaq atinge maior nível desde julho de 2020
Foto: Shutterstock

Historicamente, o bitcoin (BTC) manteve uma correlação relativamente baixa a classes de ativos tradicionais, incluindo índices acionários e commodities, como o ouro.

No entanto, nas últimas semanas, a correlação da principal criptomoeda a dois grandes índices (o S&P 500 e Nasdaq) está aumentando.

Publicidade

Na segunda-feira (10), atingiu seu nível mais alto de correlação desde julho de 2020: 0,61 e 0,58, respectivamente, de acordo com um novo relatório da fornecedora de dados do mercado de criptoativos Kaiko.

Geralmente, o coeficiente de correlação é apresentado por um número entre -1 e 1.

Quanto mais próximo de -1, mais forte é a correlação negativa (o preço do bitcoin e das ações tende a mover em direções opostas).

Quanto mais próximo de 1, mais forte é a correlação positiva (as duas variáveis tendem a se mover na mesma direção, ou seja, o bitcoin está próximo das ações).

Correlação do bitcoin com ativos tradicionais (Imagem: Kaiko)

Bitcoin, ações e o Federal Reserve

Pode haver motivos diferentes para a alta correlação. Kaiko aponta explicitamente aos eventos da última semana minutos após a divulgação da reunião de dezembro do Federal Reserve dos EUA.

Publicidade

O banco central está considerando aumentar as taxas de juros até março.

“A reunião de dezembro do Federal Reserve teve um forte impacto nos mercados financeiros globais, conforme traders reagiram rapidamente à possibilidade do apertamento monetário”, afirmou Kaiko.

O S&P 500 caiu 2,63% desde o início do ano, enquanto o índice da Nasdaq, focado em tecnologia, perdeu 5,62% de seu valor.

Ao mesmo tempo, o bitcoin, que caiu rapidamente abaixo de US$ 40 mil nessa segunda-feira, caiu 9,79% desde o início do ano, sendo negociado a US$ 41,5 mil, segundo dados do site CoinGecko.

De acordo com o relatório, durante a volatilidade recente, “o bitcoin se comportou bastante como um ativo de risco”, mesmo que sua correlação com o ouro, descrito pela Kaiko como uma proteção entre investidores, continue negativo desde setembro de 2021.

No entanto, ainda veremos se essa tendência de correlação irá continuar.

*Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Baleias estão mais famintas do que nunca por Bitcoin; Veja por quê

Baleias estão mais famintas do que nunca por Bitcoin; Veja por quê

“Atualmente a demanda de Bitcoin por esse grupo de investidores é a maior de todos os tempos”, diz estudo da CryptoQuant
moeda de bitcoin e logo da grayscale ao fundo

ETF de Bitcoin da Grayscale já perdeu 50% de suas reservas de BTC desde janeiro

No mesmo período, os ETFs de Bitcoin da BlackRock e Fidelity ganharam até 32% de participação de mercado
BTC bitcoin na frente de nota de dólar de 1 milhão

Preço do Bitcoin aumenta com otimismo de Biden sobre queda de juros do Fed ainda este ano

“Mantenho minha previsão de que, antes do final do ano, haverá um corte nas taxas”, disse o presidente dos Estados Unidos
Equipamento de mineração com CPU em uma mesa de escritório com sinal luminoso do Bitcoin atrás

Dificuldade de mineração do Bitcoin bate recorde em último ajuste antes do halving

Recorde significa que mineradores estão correndo para garantir a recompensa de 6,25 BTC por bloco antes do halving