Imagem da matéria: Correlação do Bitcoin com S&P 500 é a mais alta desde outubro de 2020
(Foto: Shutterstock)

O Bitcoin, a maior criptomoeda do mundo muitas vezes descrita como ‘ouro digital’ agora parece estar imitando outros ativos: as ações.

De acordo com dados obtidos e divulgados na terça-feira (22) pela Arcane Research, fornecedora de informações sobre o mercado cripto, a correlação do bitcoin com o índice S&P 500 atingiu seu maior nível desde outubro de 2020. Foi aproximadamente quando o bitcoin começou sua ascensão após uma queda de vários anos e ultrapassou os US$ 20 mil e foi além.

Publicidade

Parecia que o bitcoin havia se dissociado dos mercados tradicionais em meio à invasão da Rússia à Ucrânia.

Conforme os índices NASDAQ e S&P 500 caíram 6% no mês, o bitcoin e o ether subiram quase 18% durante o mesmo período. Na semana final de fevereiro, a correlação do bitcoin com o S&P havia caído de 0,564 para 0,461.

No entanto, a correlação de 90 dias entre o bitcoin e o índice voltou para 0,49 em 18 de março. Um score 0 indica que não há correlação enquanto um score 1 indica uma correlação perfeita.

“A correlação do bitcoin com o S&P 500 só ficou alta durante cinco dias na História do BTC, mostrando que o atual sistema de correlação é sem igual”, de acordo com o relatório do Arcane.

Isso corrobora a análise do Bank of America, publicada em fevereiro, de que o bitcoin é negociado mais como um ativo de risco, e tem feito isso desde julho de 2021. Por outro lado, sua correlação com o ouro continuou próxima de zero durante esse período. Nesse sentido, o banco não espera que as movimentações de preço do bitcoin mudem até que sua volatilidade diminua.

Publicidade

No entanto, Michael Saylor, uma “baleia” bilionária de bitcoin e CEO da MicroStrategy, continua devoto à sua tese de “ouro digital”.

“O bitcoin é o ouro aprimorado — ouro digital — e também é uma propriedade aprimorada — propriedade digital. Pessoas que estão negociando [bitcoin] agora sem ter estudado sobre ele por centenas de horas o negociam como um ativo de risco… Mas aqueles que reservaram um tempo para entendê-lo, o compreendem como um ativo livre de risco”, disse ele à CNN Business na quarta (23).

Na verdade, tanto a correlação com ações como a premissa de ouro digital podem ser invalidadas. Alguns analistas agora argumentam que ações são um ativo “livre de riscos” ou uma proteção contra a inflação.

*Traduzido por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

Portal do Bitcoin Summit

O primeiro evento do Portal do Bitcoin será gratuito e online! Jogos NFT, movimentações em Brasília, como receber investimentos na sua startup de criptomoedas e muito mais. Inscreva-se aqui: https://portaldobitcoin.uol.com.br/summit/

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: FIT21: Conheça o projeto de lei que promete transformar a regulação das criptomoedas nos EUA

FIT21: Conheça o projeto de lei que promete transformar a regulação das criptomoedas nos EUA

Aprovado na Câmara esta semana, o projeto FIT21 visa regular o setor de criptomoedas dando segurança para consumidores e estimulando empreendedores
Sob um banco de madeira três criptomoedas ao lado de um celular com logo do Nubank

Nubank libera envio e recebimento de criptomoedas de carteiras externas

Já estão disponíveis para essas transações Bitcoin, Ethereum e Solana; outras moedas e redes serão adicionadas em breve
hackers em frente a computadores

Exchange de criptomoedas Rain perde US$ 14,8 milhões em ataque hacker

A exchange disse que já tomou as medidas necessárias e que todas as sua atividades estão funcionando normalmente, inclusive saques
Foco em uma moeda dourada de Ethereum (ETH)

Aprovação do ETF de Ethereum pode acontecer antes do esperado, diz Coinbase

Maior exchange de criptomoedas dos EUA, a Coinbase está confiante de que a SEC aprovará ETFs de Ethereum à vista muito em breve, apesar do pessimismo mais amplo