Imagem da matéria: Coinbase vai obrigar que alguns clientes revelem para quem estão enviando criptomoedas
Foto: Shutterstock

Coinbase, a maior exchange dos Estados Unidos, vai obrigar que clientes de alguns países passem a fornecer informações sobre o destino das criptomoedas retiradas da plataforma.

Os clientes do Canadá, Singapura e Japão estão entre os atingidos pela nova obrigação que começa a valer no início de abril.

Publicidade

De acordo com o CoinDesk, a corretora vai pedir que investidores desses países informem o nome, endereço e, no caso do Japão, a carteira do destinatário que receberá as criptomoedas sacadas da plataforma.

Segundo o e-mail que a empresa está enviando para os clientes dessas regiões, essa nova regra está sendo impostas para cumprir os regulamentos locais.

“Embora sempre defendamos o que achamos que as leis deveriam ser, devemos respeitar as leis existentes se quisermos oferecer o conjunto de serviços da Coinbase aos clientes naquele país”, disse um porta-voz da Coinbase ao CoinDesk.

Por outro lado, a corretora informa que essas medidas não serão aplicadas a toda a sua base de clientes, se limitando apenas aos três países citados anteriormente.

Publicidade

No Canadá, será obrigatório informar o nome e o endereço do destinatário em saques superiores a mil dólares canadenses em criptomoedas enviadas para uma entidade financeira ou outra exchange, explica o FAQ da corretora.

Já na Singapura, informar o nome e o país do destinatário será obrigada para todos os saques, sem um limite de valor. No Japão, todas as transferências de criptoativos para destinatários fora do país devem incluir o nome, endereço e carteira do destinatário — medida que visa cumprir as regras estabelecidas pela Japan Cryptocurrency Trading Association (JVCEA).  

Comunidade cripto critica novas regras

As novas obrigações desagradaram uma parte significativa da comunidade, que acredita que o posicionamento da Coinbase vai contra os fundamentos de privacidade das criptomoedas.

“Então qual é o sentido de cripto/blockchain estar fora do sistema financeiro e tudo mais… Talvez seja melhor enviar dinheiro fiduciário. Os loucos por cripto podem não perceber, mas o mercado está ficando extremamente regulamentado”, escreveu um usuário da Singapura ao compartilhar no Twitter o e-mail recebido da Coinbase.

Publicidade

“Basicamente, essa será a morte para as exchanges centralizadas. DeFi e DEX irão prosperar e as pessoas logo começarão a perceber que as criptomoedas não são isentas de impostos e regulamentações”, acrescentou o usuário @knozaki.

Portal do Bitcoin Summit

O primeiro evento do Portal do Bitcoin será gratuito e online! Jogos NFT, movimentações em Brasília, como receber investimentos na sua startup de criptomoedas e muito mais. Inscreva-se aqui: https://portaldobitcoin.uol.com.br/summit/

VOCÊ PODE GOSTAR
Bitcoin em gráfico de alta com seta azul apontado para o alto

Traders esperam que Bitcoin supere a máxima de US$ 74 mil em breve

“Esperamos um impulso de alta aqui que pode nos levar de volta às máximas de US$ 74 mil”, disse a QCP Capital sobre o momento do Bitcoin
Fachada da GameStop em Tyler no Texas

GameStop e AMC desabam com fim da euforia do retorno de Roaring Kitty

As ações memes da GameStop e AMC caíram drasticamente após a abertura dos mercados dos EUA na quinta-feira, recuando pelo menos 15%
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Ethereum (ETH) decola 20% com expectativa para aprovação de ETFs nos EUA

Manhã Cripto: Ethereum (ETH) decola 20% com expectativa para aprovação de ETFs nos EUA

A animação dos investidores fez aumentar em 219% o volume de negociação do Ethereum nas últimas 24 horas
CEO do MB Reinlado Rabelo em evento da CVM na USP

“A Bolsa é sim lugar de startups”, diz CEO do Mercado Bitcoin em evento da CVM

Reinaldo Rabelo participou do evento do “Tecnologia e Democratização dos Mercados de Capitais no Brasil”